The Walking Dead (3×01) – Seed


Os roteiristas optaram por um longo salto temporal entre os acontecimentos da Season Finale anterior, o que muda a dinamica entre o grupo e resolve alguns dos problemas dos episódios ruins da temporada passada.

Não é novidade pra ninguém que The Walking Dead de qualidade flutuante, sendo muito boa nos momentos de tensão e muito ruim quando tem de focar nos dialogos e calmaria. Toda a procura pela Sofia foi muito arrastada, com episódios chatos e dialogos ruins, em que não era possivel uma identificação ou simpatica com os personagens. No momento em que a briga entre Rick e Shane se formou e o ataque dos sobrevientes se anunciou, a segunda temporada melhorou exponencialmente. Confesso que tenho medo que erros se repitam, “Seed” pareçe uma demonstração do contrrário.

A passagem de tempo foi passada mostrada de forma nada sutil no longo plano da barriga de Lori, pelo menos não houve nenhum dialogo  para reiterar isso. Palavras nesse primeiro momento só estragrariam a tensão muito bem construida dessas primeiras cenas.  Se TWD se mostrou fraca no quesito palavras, porque usa-las quando não é necessário? Sobre a dinamica dos sobreviventes, uma boa escolha foi trazer T-dog, Carl e Carol como membros ativos do grupo (o que nos poupa da choradeira desses personagens).

Com a diferença de tempo, também explica o quão organico o grupo se tornou ao enfrentar os walkers, mostrando a quantidade de perrengues que eles passaram juntos durante tanto tempo, além de demonsrtrar toda a nova liderança não democrática do Rick Malvadão. O resultado é que vinte minutos do episódio passam muito rápido, sem nenhum dos indicios do que a série tem de ruim. Mesmo na fogueira, que poderia ser o momento mais fraco, a nova postura dos personagens faz com que a cena passe sem percalços (mesmo que o negócio de cantar na fogueira tenha sido “glee” demais para mim).

La no minuto 20 é que TWD me relembra o que se mantém ruim: Lori. Se na HQ há alguma identificação com a personagem, pelo fato dela não ter tido um caso com o Shane, na série ela não causa nada de bom para o expectador. Sarah Wayne Callies não ajuda a torna Lori suportável. Os dois piores momentos de todo o Seed são aqueles protagonizados por ela.

Com a chegada da tão falada prisão, os personagens podem evoluir suas relações, o que pode render bons momentos mais para frente (Vide Carol e Daryl, Carl e Beth) para preencher com mais qualidade os momentos em que não há tanta ação. A tão falada Michonne já apareceu e deu cabo de alguns walkers em grande estilo, mas sua relevância para a série ainda não foi revelada.

Foi interessante o cuidado à alguns dos detalhes: Carol errando um tiro (chega da terra do eterno Headshoot), a amputação de Hershel (que aproveita a liberdade da TV fechada), o casaco de Daryl (que é muito parecido com de Clint Eastwood na trilogia dos dólares). Claro que nem tudo são flores, além da já citada Lori, o fato de todos estarem intactos depois de tanto tempo me pareceu bem estranho (Hershel perder a perna já no episódio de retorno me soa apressado), a cena em que os prisioneiros aparecem me rendeu rizadas (sobreviventes sincronizados).

5 thoughts on “The Walking Dead (3×01) – Seed

    • Tinha certeza que não matariam o Hershel assim fácil, mas que eu torci para que ele matasse a Lori, isso eu torci.
      The Walking Dead ta tomando um rumo bem brutal.

  1. OMG!

    Eu adorei essa volta!!!!!

    Os personagens agora estão mais centrados, não tão lerdos em seus planos. Estão mais ligados um ao outro, têm mais química, tudo está fluindo tão bem agora!

    Nem liga para o drama ridículo da Lori, por mim ela já teria fora da série que nem ia fazer falta. =D

    Achei apressado e forçado o Hershel já ser mordido agora!
    Porem foi ótimo a cena do Rick tentando arrancar a perna do Hershel >.<''

    E o final foi ótimo com alguns presos ainda vivos.

    Também adorei o ritmo entre eles nos corredores da prisão, foi foda demais!!!
    Deu muita agonia, ótimo!

    Espero que a série se mantenha assim!

    E oq foi a audiência desse eps!!!!!
    Monstro e fodastica!!! 5.8 demo não é pra qualquer um! =D

    • A série assumiu o esquema de quest de novo, algo no qual ela é realmente boa em fazer. Isso se reflete na audiência, que percebe quando o audivisual ta tomando um rumo legal.
      Esperar que a qualidade se mantenha.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s