Sons of Anarchy (5×04/05) – Stolen Huffy/Orca Shrugged


Interessantissima a escolha do primeiro plano de “Stolen Huffy”: as crianças felizes, andando de bicicleta enquanto admiram os integrantes de SAMCRO.  Admiração dessas crianças é instintiva e inexplicavel. Curiosamente, no momento em que a inocência infantil sai do primeiro plano a rotina caótica e triste dos Sons toma o controle, demonstrando que não há nada o que invejar em qualquer um dos personagens.

Mesmo que o Jax pareça um caveleiro heróico vestido de preto enquanto cavalga a sua moto, ele acaba de perder o melhor amigo em um atentado que poderia ter lhe custado à vida facilmente. Esse fato me levou a pensar no momento exato  em que a rotina dos personagens se tornou tão destrutiva assim, a resposta me veio rapidamente: ela sempre foi assim. Desde os primórdios da série que os personagens lutam para sobreviver, comtendo erros que virão lhes atormentar mais tarde. Mesmo no primeiro episódio da distante primeira temporada, em que os corpos aparecem incinerados no galpão, a espiral vem de muito antes dos acontecimentos mostrados da série e só irá teminar no momento em que todos estiverem mortos.

É por conta dessa conclusão que esse primeiro plano de “Stolen Huffy” ganha relevância. Jax já foi um desses garotos encantados com SAMCRO que vêem as motos com um resquicio de romantismo e isso fica claro no momento em que o protagonista deixa foto de infância no bolso de Ope (note como é um foto em que os dois estão montados na bicicleta). Esse era o momento em que SAMCRO fazia sentido, como ilusão romantica,  no seu dia-a-dia o clube é inexplicavel. Nem mesmo todo o dialogo de familia que Jax coloca é o suficiente, pois há sangue entre familiares também. Isso tudo leva a responder a pergunta de Gemma “o que está acontcendo conosco?”. A resposta é que o que está acontecendo é o que sempre aconteceu, é só a espiral girando, repetindo histórias com diferentes vitimas.

Ope foi vitima da violencia enquanto Tara é vtima do seu processo de transformação. Note como ela segura a mão trucidada antes de espancar a sócia de Nero, como quem procura se agarrar a outro momento, outra vida. Tara é uma das personagens mais interessantes da série e mantém esse titulo de forma muito consistente.

Falando em vitimas, a forma com que “Orca Shrugged” começa deixa claro a repetição de histórias. A narração em off de Jax, tão utilizada nas primeiras temporadas, demonstram muito do Jt que ainda há no protagonista. A forma com que Jax tenta trazer Caracara devolta a vida é um exemplo da inocencia que vitima o personagem. Não creio que essa união com Nero tenha como dar certo, levando em conta o retrospecto das tentativas de Jax em retirar os Sons da  vida de crimes. Outro ponto que me leva a crer que nada disso irá dar certo é a óbvia paixão entre Nero e Gemma.

Algo que me agradou muito em “Orca Shrugged”  é forma com que os pequenos elementos foram apresentados com sutileza, quase timidez, para explodirem para o expectador. Um exemplo foi a cena em que a esposa do sheriffe leva o tiro que a fará perder o bebê. Note como a gravidez foi apresentada com muita calma, com um beijo na barriga, para tornar compreensivel e justificável toda a cruzada que se iniciará da lei contra SAMCROW.

Com momentos pontuais, que evoluem as tramas principais, “Stolen Huffy” e “Orca Shrugged” entretem sem ter qualquer ar de gratuidade. Ainda assim esse segundo consegue se sobressair por reinserir o prefeito Hale no contexto da série (demonstrando todo o poder politico que o MC ainda possui dentro de Charming) e pela excelente participação Walton Goggins, que é hilária. É importante relembrar o potêncial cômico de Sons.

O resultado é que o crescendo de qualidade de Sons of Anarchy continua.

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s