Grey’s Anatomy (8×06) – Poker Face


Depois de no último episódio ter ficado um pouco desiludida, este episódio trouxe-nos uma Grey’s mais divertida e interessante. Ainda há aspectos dos quais não gosto, principalmente no que toca à parte amorosa, mas em suma este foi um bom episódio, com óptimos momentos mais a puxar para a comédia. Depois de elogiar vou criticar um pouco, neste episódio temos a volta de Lexie, mas sinceramente a personagem voltou um pouco irritante e o papel reservado para ela, deixou muito a desejar. Outro aspecto que não gostei foi o relacionamento de Cristina e Owen, really? Parece que o casal só sabe fazer sexo, e tudo gira à volta disso, acho que exageraram e já era altura de terem uma conversa e esclarecerem tudo, para finalmente pararem de agir como duas crianças que acabaram de se apaixonar.

Se no episódio passado critiquei a atitude do casal Meredith/Derek, neste episódio já gostei dos desenvolvimentos, já não há a constante frieza no olhar e falar de Derek e já há momentos de carinho entre o casal, fico é ainda à espera de uma conversa franca e directa entre os dois. Neste episódio tivemos um novo rumo para Meredith que depois de sair de neurologia resolveu optar por obstetrícia. Assim como para Marc Sloan, que depois de tanto elogiar Avery parece que finalmente lhe resolveu dar liberdade para assumir as operações, ficando com o papel de cozinheiro, o que nos proporcionou alguns momentos cómicos. Para Cristina para além de uma vida sexual muito activa, ainda conseguiu nos intervalos ser expulsa do bloco operatório por Callie. Gostei bastante do puxão de orelhas de Callie a Cristina, já há muito que não vemos a velha Cristina nascida para reinar no bloco.

Apesar de achar demasiado repetitivos as cenas escaldantes entre Owen e Cristina, ainda consegui divertir-me com a cara de Webber. April também esteve particularmente bem, principalmente quando decide ser o durona e deixar a mascara de bobinha cair. Outra que voltou a ser durona foi Bailey, parece que a Nazi está de volta, mas mesmo assim ainda ouviu de Meredith num momento bastante interessante. Mas para mim o momento mais engraçado do episódio foi quando Karev imita a vozinha irritante de Kepner, foi simplesmente perfeito. Relativamente a casos clínicos tivemos dois interessantes, principalmente o do tumor, juntando um pouco de drama ao episódio, e uma valvoplastia que em termos médicos foi menos interessante. Um bom episódio de Grey’s, a voltar à qualidade inicial desta temporada.

Aspectos positivos:

– Karev a imitar Kepner.
– O vislumbrar da velha Nazi.
– O aproximar do casal Meredith e Derek, acabando com a frieza existente entre os dois.

Aspectos negativos:

– A vida sexual de Cristina e Owen, já enjoa.
– O papel reservado para Lexie.

Artigo inicialmente publicado em Portal de Séries.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s