How I Met Your Mother (7×20) – Trilogy Time


Depois de tudo aquilo que já vi desta temporada, How I Met Your Mother conseguiu-me por nostálgico. Ora, em termos de história pouco avançamos, claro, mas estas sessões com as trilogias dão sempre azo a memórias, a momentos perdidos que foram, certamente, enterrados nas nossas cabeças e que, só com o estímulo adequado, as memórias nos surgem.

Desde que Ted e Marshall se conheceram, lá bem longe na Universidade, decidiram dedicar uma data especial para reverem os 3 Star Wars e desde então, em nenhum ano se falhou esta tradição. E por entre apostas e futuros que não se realizaram, por entre sonhos que se deixaram ficar assim mesmo e por entre metas que não foram atingidas, chegamos a 2012 e temos um Barney que começa a viver com uma rapariga, um Ted que já teve grandes paixões (Robin, Victoria, Zoey) e em nenhuma delas ele encontrou “a tal” e, com uma vida mais avançada, temos uma Lily e um Marshall que começam já a pensar no que é ser pai e ser mãe e ter um filho, nas suas mãos, para cuidar.

De facto, este tempo para trilogias faz-nos olhar para trás e ver o que para lá foi deixado, o que não foi feito ou até o que ainda não passou do prazo de validade e ainda podemos fazer e esperar, com isso, que a nossa vida mude. O que é certo é que, esta sétima temporada tem como fim o arrumar de histórias e o dar o nó às pontas soltas depois de 7 anos de histórias. Tudo está a caminhar para algo que poderá ser grande e que nos promete surpreender. A ver vamos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s