Gossip Girl (5×04) – Memoirs of an Invisible Dan


Lonely Boy or Only Boy? Whatever, Who Cares?

Quem um dia diria que Gossip Girl ainda seria capaz de nos surpreender? Eu nunca diria tal fato pois acredita que isso nunca ocorreria novamente, sei que a temporada está até agradável porém a fórmula da série se desgastou e seus personagens estão todos descaracterizados e com poucas histórias a salvar. Ainda há coisas interessantes na série e é explorando estas que Gossip Girl apresenta um de seus melhores episódios, muito melhor do que qualquer coisa que fora apresentado durante a terceira e a quarta temporada da série, melhor do que muitos episódios da segunda e surpreendeu como alguns episódios da primeira. Foi reconfortante ver que a série ainda é capaz de ser elogiada, mesmo que sejam remotas as condições da temporada manter a qualidade estou mais alegre em acompanhar a mesma, muito mais alegre.

Lembram-se quando as fofocas da Garota do Blog eram realmente úteis e criavam todo aquele clima de discussão adolescente? É exatamente isso que temos nesse episódio, porém largue um pouco o drama adolescente de lado e acrescenta um drama mais maturo. A série reconheceu seus próprios erros em seu próprio roteiro, fizera uma jogada inteligente de edição e nos colocou diversas tramas a serem exploradas. Porém nada desse triunfo é obra da Garota do Blog e toda a sua promiscuidade e sim do livro de Dan, Insider, que traduz realmente aquilo que sentimos por todos os personagens da série e a maneira com que o série deveria tratar os mesmos, não há como não adorar as descrições precisas do livro do antigo Lonely Boy e seus comentários críticos. Eu sei que desejo uma cópia de Insider para agora e quem sabe assim eu posso esquecer o quão horrível fora as temporadas anteriores.

Como era de se suspeitar o episódio gira em torno do lançamento do livro de Dan e as repercussões do mesmo, podemos dizer que este trouxe a verdade e complicações à vida de todas as pessoas próximas ao rapaz e isto fora excelente. Nem me lembro quando me prendi tanto em um episódio de Gossip Girl, só sei que Memoirs of an Invisible Dan merece ser lembrado como um marco na série, a luz no fim do túnel.

Bom, vamos começar as trágicas reações ao livro de Dan por Serena, a personagem é retratada com Sabrina e é uma charmosa loira que conquista o narrador do livro, Dylan Hunter (Dan), com seu charme e beleza e com o tempo acaba por demonstrar suas falhas e seus diversos erros. Não há como não elogiar a maneira como descreveram Serena no livro apenas queria que a série a descrevesse mais dessa maneira e não só como uma garota rica e bonita que tenta conquistar as coisas com o seu talento, se Serena abraçasse seu lado bitch esta seria uma personagem muito melhor.

Depois temos Chuck que vê seu personagem descrito como um verdadeiro vilão, uma cara sozinho e com um final trágico. Sinceramente, se Chuck houvesse morrido na série como morreu no livro este seria um mártir e não o personagem paspalhão que é atualmente. Digo e afirmo: Chuck deveria ter morrido no seu auge, antes que o roteiro acabasse com o personagem.

Com a ausência de Jenny e Nate no livro… Peraí, vamos rever direito o que escrevi… Com a ausência de Jenny e Nate… Como assim uma pessoa importante como Nate não está no livro? Peraí novamente, como uma pessoa como Nate é importante? Brincadeiras a parte, adorei o fato de Nate não ser citado no livro e sim Eric, retratado como Derek. Ri muito e ainda estou rindo. Poor Nate ignorado até pelo Lonely Boy, que peninha…

E Blair transou com Dan!!! Infelizmente isso não aconteceu na vida real porém no livro aconteceu e eu adorei, lamento muito a série não ter explorado essa possibilidade para os personagens reais. E pelo visto a série está bem longe de cogitar essa possibilidade uma vez que os problemas causados pelo livro de Dan já foram resolvidos pela Queen B e seu príncipe enlatado.

Sobrou até para o Rufus nesse livro do Dan minha gente! Ele praticamente chamou o pai de mordomo interesseiro na cara dura e eu ri muito com isso. Pois vamos ser sincero, para Rufus ser mordomo só falta o uniforme e ter a carteira de trabalho assinado porque trabalhar sem registro é ilegal e Lily já está em condicional.

É Dan, seu sonho se realizou e publicou um livro com um resumo de tudo que o sádico blog da Garota do Blog já havia publicado, porém um resumo muito mais crítico e muito mais sádico. Pena que nenhum de seus amigos realmente aprecia o seu humor Dan e agora você encontra no auge de sua carreira sem ninguém ao seu lado.

Paralelamente as confusões causadas pelo livro de Dan estão algumas tramas mais fracas, como a de Ivy/Charlie e Diana. Não que a trama seja tão desinteressante assim porém essa ficou desfocada no episódio e comprometeu o ritmo do mesmo, mas nada que prejudicou a qualidade. Outra trama que se iniciou neste episódio e mostrou algum potencial é a possível produção que será feita do livro de Dan, espero que isso volte a gerar mais confusões na série e mais drama entre Dan e Serena.

Sim, meus caros, fora um episódio espetacular, tanto em roteiro como em direção (adorei aqueles flash dos livros que eram mostrados com pequenos filmes) porém não podemos nos enganar e achar que toda a temporada terá uma qualidade semelhante ou parecida pois, infelizmente, não terá. Não há como a trama do livro de Dan prolongar por muito tempo e nem mesmo a inimizade de seus amigos será muito duradoura mas foi ótimo assistir a explosão que o lançamento causou e é realmente uma pena que Gossip Girl não faça mais episódios como este freqüentemente.

Artigo originalmente publicado no Portal de Séries.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s