Nikita (2×04) – Partners


Ah Nikita, você realmente não sabe diminuir o ritmo né? Não que eu esteja por reclamar porém suas rivais podem ficar com inveja e lhe jogar toneladas de energias negativas provocando assim o seu cancelamento. Bom, acho que estou perdendo a cabeça uma vez que já estou a acreditar em energias negativas porém estou completamente sã quando digo-lhes que Nikita apresentou mais um ótimo episódio, cheio de referência e promessas. Podemos pedir algo mais? Sim, que os americanos parem de farrear às sextas-feiras e comecem a assistir a série ou será que isso é muito para o raciocínio deles acompanhar?

Como o próprio título sugere, o episódio é centrado em algumas parcerias. Algumas são mais antigas e foras esquecidas ao tempo enquanto outras ainda apresentam a dor da ruptura e as conseqüências da mesma. Parcerias são instáveis, isso é um fato que nunca poderá ser negado e em Nikita as parcerias se tornam rivalidade até que estas sejam condenadas ao limbo e acabam por não significar mais absolutamente nada.

O episódio centra-se na busca por Kelly, antiga espiã da Division que ficara presa na Turquia durante quatro anos porém agora conseguira escapar. Kelly era uma antiga parceira de Nikita e esta se vê na obrigação de ajudá-la a escapar da Turquia. Quem também está atrás da moça é a Division, a agência manda Alex e Roan para apagar a antiga agente e capturar Nikita. Amanda ainda utiliza seu poder de influência a Alex para que esta lhe faça o que lhe é ordenado.

Há diversos planos que envolvem Alex a serem abordados neste episódio, um deles envolve um interessante jogo de palavras entre Percy e Amanda, este que se encontra cada vez mais formidável em sua cela, envolvendo o futuro de Alex e os planos que Amanda tem para o futuro da mesma. Achei super interessante a idéia que querer expor Alex para que esta tome conta de todo império conquistado pela Zetrov e, conseqüentemente, controlar toda a Gogol, é realmente uma estratégia muito bem elaborada pela chefe da Division e da maneira como esta consegue manipular Alex em relação a sua vingança é bem possível que os planos se concretizem.

Porém a Gogol agora já descobriu sobre a presença de Alexandra Udinov no mundo e seu líder, Serguei, a deseja morta a quaisquer custos. Acontece que após assassinar Kochenko, Ari Tasarov recebe a difícil missão de identificar a identidade do assassino e acaba descobrindo sobre Alex e sobre seu passado.

E o primeiro ataque da Gogol contra a vida de Alex acontece neste mesmo episódio, acontece que Kelly fugiu sobre os comandos da agência russa e tinha como missão roubar a Black Box que se encontra sobre os cuidados de Nikita porém sua missão muda a partir do momento que a agência descobre a real identidade de Alex. Temos então a primeira batalha de um embate épico, Division a iniciar uma guerra contra Gogol por proteger a herdeira da Zetrov e ajudá-la em seus feitos e no meio dessa guerra encontra-se Nikita e Michael, que buscam fazer alguma diferencia sendo a minoria.

Não é preciso dizer que a temporada está prometendo ser ainda mais explosiva do que imaginávamos e tem todos os elementos necessários para que esse feito seja realizado. Fora um ótimo episódio, soube mesclar a trama semanal com a trama principal de uma maneira surpreendente, dando um ritmo mais dinâmico ao episódio e evoluindo as grandes tramas da temporada. Bom, não preciso ficar a perder um pouco de tempo em pequenos detalhes, acredito que basta dizer que fora mais um excelente episódio de Nikita e vocês irão entender exatamente as razões disso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s