Nikita (2×02) – Falling Ash


Operação Falling Ash fora uma missão realizada pela Division aos comandos da Oversight. Seu intuito era a total extinção de um suplemento intitulado P9 capaz de criar e controlar assassinos sem que este saiba do que está por acontecer, a missão também tinha como alvo o assassinato de todos os envolvidos no projeto que é considerado um dos mais falhos da Oversight.

Porém em uma introdução completamente diferente do habitual podemos descobrir que não há projetos falhos da Oversight ou da Division, há apenas projetos que não foram totalmente aproveitados ou concluídos porém seus propósito sempre foram alcançados. Nikita retorna essa semana apresentando mais um bom episódio, mantendo uma linha de roteiro bem planejada e introduzindo-nos seus futuros planos. Apesar de Falling Ash apresentar uma dinâmica menor do que o seu antecessor este prova que a série, apesar de tantas reviravoltas em sua temporada anterior, ainda é capaz de surpreender-nos com suas novas reviravoltas e seus interessantes cliffhangers.

O episódio também trouxe o retorno de Owen que em sua última apresentação estava bem mais perturbado e incompreensível. A presença de Owen sempre é favorável a série, este sempre traz uma nova dinâmica diversificada e sua química com Nikita apenas favorece a cena entre ambos. O personagem continua com seus planos de vingança contra a Division pela morte de Emily e seu caminho cruza novamente com o de Nikita ao buscar uma solução para o regime de medicamentos que o mantém lúcido e estável.

Acontece que ambos os personagens buscam por Joseph Mars, criador do P9 que recentemente utilizou do complemento em uma falha tentativa de assassinar um senador americano. Michael fora o supervisor desta missão que matará diversos de inocentes e este acredita que o nome de Mars estava incluso na lista de óbitos porém Owen aparece com a notícia de que fora responsável pelo salvamento de Joseph sob ordens de Percy. Pergunto-me o que mais Percy escondera da Oversight e dos arquivos da Division, está óbvio através de sua tranqüilidade que há algo planejado para que sua fuga seja realizada, o big boss da agência não iria se arriscar tanto sem ter um plano de seguro e acredito que o seu retorno a poder será um dos grandes trunfos dessa temporada.

Devido à necessidade que a Division tem dos conhecimentos de Percy a permanência deste vivo é essencial para que haja alguma chance da agência recuperar a Black Box que está sob o pode de Nikita e Michael. Amanda continua subordinando Alex ao lhe entregar pistas e dicas para que a sua vingança pessoal possa ser realizada, desta vez lhe entrega informações essências sob as pessoas mais importantes que circulam seu alvo. Muitos reclamam da mudança de personalidade de Alex, que esta está egoísta e chata e eu discordo completamente disso, o roteiro fez um trabalho impecável para construir essa nova personalidade da personagem, esta se decepcionou com todas as coisas que aconteceram em sua vida e perdeu toda a confiança nas pessoas e está apenas procurando uma maneira de conquistar seus objetivos por si mesma pois a única pessoa que ela pode confiar neste mundo se encontra refletida em um espelho qualquer. Porém está óbvio que esta ainda possui alguma relação com Nikita, Alex mudou porém alguns sentimentos não são fáceis de se extinguir e mesmo quando tem sua antiga parceira em sua mira não consegue lhe tirar a vida, suas feridas ainda não iniciaram um processo de cicatrização tornando-a, ainda, incapaz de matar Nikita.

Continuando com a missão Nikita, Michael e Owen partem em busca de Joseph Mars e acabar de vez com todo o P9. Com as informações dadas por Alicia, uma segunda vitima do P9, Nikita se infiltra na clinica onde está por acontecer a implantação do suplemento porém o disfarce desta é logo descoberto e é necessário a ajuda de Michael e Owen para que a missão seja completada. Quem também ajudou, mesmo que contra sua própria vontade, fora Birkhoff, este ainda tenta fugir dos problemas que Michael e Nikita estão enfrentando porém percebe que não há outra saída a não ser contribuir com suas habilidades nessa batalha suicida. Descobrimos também uma possível localização das três Black Boxes restante, há possibilidades de estas se encontrarem em Johanesburgo, Tóquio e Rio de Janeiro. Será que teremos Nikita a fazer uma visita as favelas cariocas e ao Copacabana Palace durante esta temporada? Acredito que isso pode se um sonho bem possível…

A missão completa-se dando resultados positivos a todos mas quem mais se vangloriou fora Owen, este conseguirá o que vinha a buscar com Joseph Mars, um cura para o regime, e mostra a Nikita e Michael que eles não estão sozinhos nesta guerra. Porém ao final do episódio descobrimos que nem Owen está sozinho nesta batalha, o ex-guardião contou com a ajuda da Gogol para que seus objetivos pudessem ser alcançados e a agência rival da Division também está em busca das Black Boxes e visa a destruição das mesmas sem se importar com quem terá que ser sacrificado nesse processo.

Sem muito destaque ao relacionamento entre Alex e Nikita, Falling Ash cumpre seu objetivo e nos apresenta uma boa trama, o retorno de Owen é satisfatório e trama que cerca o mesmo possui muito potencial. Nikita permanece percorrendo uma tortuosa estrada, cheia de devaneios e surpresas em seu caminho e estou adorando pegar um carona nesta emocionante viagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s