Chicago Fire (1×09) – It Ain’t Easy


27267O grande número de personagens que compõe a trama de Chicago Fire começam a trazer um efeito não tão positivo para a série. Em It Ain’t Easy ficou evidente a falta de foco do roteiro e a falta de profundidade de alguns personagens. Acontece que, com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, nada é nos apresentado de uma forma significativa. As coisas não estão ruins, mas também estão por ter dificuldades para empolgar. Passei todo o episódio esperando por um momento chave e, infelizmente, este não apareceu.

Fico feliz pelo roteiro ter relembrado de Ernie e ter trazido sua trama novamente, mas tudo aconteceu de uma forma um tanto simplista. O roteiro poderia ter trabalhado esta trama de uma forma que nos empolgasse mais em relação à mesma, uma vez que esta é a mais interessante que a série está por apresentar no momento. A presença do Tio Ray já indica sobre a culpa do rapaz e a inocência de Ernie, mas estou interessado em ver os meios que Boden irá utilizar para provar isto.

Já a trama envolvendo Vargas correu bem por boa parte do episódio, porém pecou quando colocou o personagem em uma desnecessária tentativa de suicídio. Se a vontade era inserir os bons diálogos que Casey protagonizou, era fácil encontrar outra maneira menos forçada de fazer tal. Por sinal, esta fora uma trama que se prejudicou pelo fato de que pouco sabemos sobre Vargas, nem sei se este possui família ou não, e esta falta de conhecimento torna ainda difícil compreender as atitudes do rapaz.

Outra trama que está por surgir, mas que também sofre pela falta de conhecimento que temos em relação aos seus protagonistas, é a de Cruz e a sua tentativa de salvar o seu irmão da gangue. Sem ter informações melhores ou conhecer um pouco mais sobre Cruz, fica complicado se importar com o que está por acontecer. O final foi interessante, mas não tenho a mínima idéia do que Cruz pode fazer como retaliação.26916

Do resto foram tramas banais a acontecer, Peter Mills não sai da cozinha, Gabby continua por tentar levar Casey para sua cama e Kelly pega todo o rabo de saia que cruza o seu caminho, e sua trama continua por nos levar a lugar algum. Ou seja, nada de grandioso, apenas pequenas tramas que servem para dar uma utilidade aos personagens.

O problema de Chicago Fire é que a série se mostra bem limitada em diversos sentidos, um legitimo procedual sem ter algo que se destaque. Isto não é precisamente ruim para a série, mas quem estiver em busca de algo mais complexo ou singular ficará bem desapontado com a série. Potencial há, só é preciso saber explorar.

6,8

Audiências: A série alcançou o seu mínimo, apresentando apenas 1.4 na demo e 4.7 milhões de telespectadores.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s