Homeland (2×11) – In Memoriam


untitledQuando aceitei fazer os reviews de Homeland estava um pouco ciente da dificuldade que iria ser escrever sobre uma série tão complexa e tão detalhista. Toda vez que começo a digitar e a expor minhas idéias em uma review da série fico meio perdido no meio dos meus próprios pensamentos sobre os personagens, sobre as situações, sobre a trama em si e fico por procurar as melhores formas de expô-los. Homeland não é uma série comum, uma série que meia dúzia de palavras são capazes de descrevê-la. Mas mesmo com toda esta dificuldade eu tentei ao máximo e saber que a temporada está por chegar ao seu final mantendo o mesmo nível alucinante na grande maioria dos episódios me faz sentir um enorme prazer por ser responsável por comentar sobre os mesmos.

Bom, vamos acabar com as piegas e falar do episódio em si, que fora um episódio mais do que decisivo para todo o futuro da série. Aliás, esta é um dos elementos que deixaram a maior incógnita do episódio, pois, afinal, quem é que não está por se perguntar qual será o futuro da série agora que a trama principal fora encerrada? Não sei o que se passa na cabeça dos roteiristas de Homeland ao apresentarem eventos tão drásticos e por apresentarem o final de um ciclo para muitos personagens.

O FIM DE SAUL

A guerra silenciosa entre Saul e Estes explodiu e muitos mistérios ainda estão por envolver esta parte da trama, mas já sabemos que a situação não se encontra nada amigável para Saul, que obviamente tentou abocanhar muito mais do que podia comer. Mas será que Estes está tão em cima de Saul apenas por causa deste ser contra a possível morte de Brody? Acredito que deva haver muito mais coisas acontecendo que ainda não nos fora apresentado e fico ansioso para saber o que será do personagem, uma vez que esta é uma das poucas tramas que ficaram em aberto após o final do episódio.

O FIM DE CARRIE

Vou ser sincero, a personagem não esteve tão incrível como na temporada passada, mas ainda assim é a melhor personagem feminina da atualidade. Mas neste episódio Carrie voltou a mostrar os vestígios de sua grandeza e de sua força como personagem.

O fato de que Abu novamente desapareceu a faz exigir o máximo de si mesmo para conseguir descobrir a localidade do terrorista e capturar o mesmo. Carrie consegue apelar para diversas situações na busca de encontrar uma resposta, uma pista de onde o seu alvo se encontra. Carrie busca suspeitos de traição e acaba por cometer erros, interroga Roya e não consegue extrair informações úteis e acumula mais um fracasso em sua carreira, só que não.

Carrie é uma das mais brilhantes personagens que conheço e consegue interpretar as entrelinhas de Roya e usa de seu conhecimento sobre Abu Nazir para adquirir uma nova e importante informação sobre o paradeiro do terrorista, surpreendendo a todos quando se mostra bem sucedida em seu objetivo.

O FIM DE ABU NAZIR

Um dos terroristas mais procurados pelo governo americano finalmente encontra o seu destino: a morte. Apesar de todo o duelo que este teve com Carrie, toda a tensão que estas cenas trouxeram, ainda achei que a morte deste veio de uma forma muito fácil, sem grandes proporções. Isto me fez pensar em duas possibilidades, sendo elas:

Nazir estava mesmo desesperado e não sabia mais o que fazer, alcançou o seu objetivo, porém o resultado disto fora a sua morte. Mas como disse na review anterior, o fato de Abu está por detrás da morte de Walden é um acontecimento que até mesmo a CIA desconhece. Pode até ter sido uma última e pessoal missão, mas não houve platéia e nem o engrandeceu perante os seus seguidores.

Ou pode ser que tudo isto, até mesmo a morte de Abu Nazir, faça parte de um plano maior. Sinceramente, quero acreditar um pouco mais nesta possibilidade, uma vez que a outra limita demais a série. Mas que plano seria este que Abu planejou antes de praticamente cometer suicídio?

 O FIM DE BRODY

610-brody-homeland-in-memoriamBrody conseguiu o efeito de encerar todas as suas tramas em um único episódio. Claro, foram momentos diferentes que exigiram faces diferentes do personagem, mas em todos estes momentos conseguimos reconhecer o quão o personagem cresceu nesta temporada. O primeiro destes momentos fora o finalzinho do episódio passado, com a morte de Walden concretizada e o final de um capítulo de ódio na biografia do personagem.

Um dos meus momentos favoritos do episódio fora quando este recebeu a notícia da morte de Abu Nazir. Um misto de agradecimento, de dor, de luto, de encerramento transpareceu no choro do personagem, um choro que ninguém naquela sala era capaz de reconhecer a origem, porém nós telespectadores conseguimos sentir o que Brody estava por sentir devido ao fato de que sabemos a sua história, sabemos o que Abu significou para o personagem e mesmo que alguns fãs podem não simpatizar com a história do personagem, este ainda fora capaz de sentir a intensidade de seu choro.

E por último, mas não menos importante, tivemos uma conclusão para o casamento de Brody, para sua complicada situação com Jess. Achei toda a cena do rompimento madura, com diálogos fortes, um rompimento digno de duas pessoas que se respeitam e que se amam, mas que não estão mais em condições de ficarem juntos. Sendo assim, Brody ficou livre para se jogar nos braços de Carrie, a única mulher em todo o planeta que é capaz de lhe compreender, de lhe perdoar e de lhe amar pela pessoa que se tornou.

UM NOVO COMEÇO?

Ao final do episódio ficamos com apenas duas tramas pendentes: a briga de Estes contra Saul e Quinn com sua missão de matar Brody. Mas serão estas suficientes para nos apresentar uma boa Season Finale?

Tenho que acreditar que há algo maior planejado, algo que irá nos surpreender nesta Season Finale e que trará a nós uma terceira temporada tão incrível quanto suas antecessoras. Mas agora o que nos resta é ficar na imaginação, uma vez que não façamos idéia do que estará por vir.

9,5

Audiências: A série mantém-se estável e consegue novamente 1.0 na demo e 2.3 milhões de telespectadores.

One thought on “Homeland (2×11) – In Memoriam

  1. OMG OMG!
    Novamente, mais um ótima review, Well *-*

    Concordo com quase tudo, menos quando você diz que a Carrie não está tão incrível quanto na temporada passada =D
    Eu simplesmente amei oq ela fez nessa temporada, ela é uma grande atriz e é capaz de conseguir mais um Emmy (:

    Ai eu não sei oq aconteceu com o final do Abu, mas eu não curti muito, eu queria muito mais, queria ele e a Carrie com diálogos bem fodas e ela dando na cara dele kkkkkkkkkkk ;D
    Mas ainda assim como você, acho que têm diversas coisas envolvidas ai, e o personagem não morreu em vão!

    Saul virou um dos meus preferidos nessa temporada, e eu odeio muitooo o Estes, sempre odiei u.u
    Espero que ele coloque o Estes no seu devido lugar, mesmo que isso seja impossível hahaha😉

    Eu concordo contigo que mesmo eu sendo uma das pessoas que não gostam do Brody, consegui sentir e dei nota 10 pra cena dele com aquele choro cheio de emoções de tudo,que ninguém ali conseguia entender, só nós mesmo haha =D

    Ah, adorei e simplesmente achei fantásticoooo o termino do casal, eles foram adultos e fizeram a coisa certa, sem mimimi e nada de drama, foi lindo demais!!!!

    Ainda estou meio sem saber oq vai ser do season finale, mas isso não importa muito, Homeland me surpreendeu em um ano cheio de dramas, reviravoltas e momentos épicos!!!!!!!!

    Até mais \o/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s