Supernatural (8×08) – Hunteri Heroici


That was hilarious! Se você não teve infância, esse episódio de Supernatural não foi feito para você. Pica-Pau, Coyote, Pernalonga… Meus vícios infantis foram citados com perfeição em um tema voltado para crianças e isso rendeu algumas risadas, ainda mais quando a estrela da temática da vez é Castiel. Querendo mudar de vida (quem nunca?), o anjo do senhor não quer mais saber do céu ou do Paraíso e resolve investir na carreira de caçador. Se ele pode, eu também quero. Só que eu não sei cheirar cadáveres, mas posso fazer massagem nos três, sem problemas.

Brincadeiras a parte, não tem como analisar este episódio, pois ele foi sem pé, nem cabeça e não teve profundidade em nada. Só foi mais uma trama aleatória que não condiz com o plot central da oitava temporada da série. O começo foi dominado por um banho de sangue e já me preparei para a bizarrice do caso semanal por conta daquele coração esquisito batendo. Só depois, bem no meio da trama, é que descobrimos que os personagens vivem dentro de desenhos animados, aqueles que os mais velhos – como eu – não cansam de assistir e adoram as reprises.

supernatural - castiel

Sério! Sinto muita falta de perder minhas tardes com Looney Tunes e o Bip! Bip! do Papa-Léguas em sua eterna fuga e enganação com o Coiote, mas me conformo com as reprises do Pica-Pau e sua risada inconveniente. Queria ser como o passarinho e resolver tudo na dinamite. Ri demais com Dean explicando os motivos dos desenhos serem demais e Castiel não entender. Assim como aconteceu depois quando o anjo descobre o que tem de hilário neles e fica com aquela expressão abobalhada. Eu amo o Castiel! (L)

Vamos falar da chateação. Eu fico triste quando Supernatural dá algo bacana e depois tira. Confesso que vi a promo deste episódio no mesmo dia em que assisti ao anterior e fiquei animada, porém, magoada por saber que não veríamos a bagunça causada pela repartição da tábua de Deus e a participação de Kevin para prolongar aquele clímax perfeito da trama de duas semanas atrás. Também não reclamarei deste, pois gostei, mas teve qualidade inferior. E, claro, se não fosse por Castiel, a trama seria dispensável como as anteriores.

Como era de se esperar, o burburinho do purgatório acabou para Dean, mas não para Castiel. Os amigos continuam na eterna DR, algo que o Winchester mais velho adora gastar energia. Mas, Castiel vai para o céu ou não? Às vezes, o jeitão inconveniente de Dean me irrita, mas sempre tem um motivo para ele ser tão chatinho de vez em quando. A insistência de pedir para que o anjo tomasse seu rumo foi bem inconveniente. Por outro lado, a misteriosa Naomi mostra suas garras bem devagar e eu quero saber muito o que ela reserva para Castiel. Coisa boa não deve ser e, de certo, deve estar ligada à tábua, por se tratar dos portões do inferno.

supernatural - castiel e deanAo agir como caçador, Castiel salvou o episódio inteiro. Dean já não tem mais o que fazer, pois a história dele foi concluída, mas o anjo quis se aventurar em coisas novas enquanto foge da sua penitência no andar de cima. Adorei a maneira dele cheirando o cadáver, se achando supereficiente por ser anjo e se esquecer da parte mais legal da dissolução dos casos que é o raciocínio. Ele na casa da esposa do homem morto, logo na abertura do episódio, foi demais. Nem como bad cop o anjo conseguiu ser convincente, mas gerou uma boa gargalhada por tentar ser malévolo. Bem, sou suspeita para falar do Misha, pois o cara é troll mesmo, seja como o personagem ou na vida real.

supernatural - sam ameliaA única coisa que ficou meio fora da trama foi o passado de Sam. Eu não entendi porque colocaram flashbacks dele com Amelia com foco no sogrão nada simpático. Foi a parte mais deslocada do episódio. Como o purgatório não tem mais nada para revelar, agora resta descobrir mais sobre Sam e a sonolência que ele gera ao relembrar do novo amor.

Pelo menos, eu consegui arrancar os cabelos ao saber que Don está vivo e fica a dúvida se ele chegou a visitar a esposa com Sam ao lado dela. Contudo, a pergunta que ficou com relação a essa storyline é como Amelia lidou com a partida de Sam. Eu não aguento mais esperar por isso e a sensação só piorou devido ao diálogo dela com o pai, sobre se sentir feliz, melhor e pronta para investir no relacionamento. Sem contar o papo de dar uma chance, algo que Sam e Dean não são muito bons, pois adoram fugir pelas bordas sem explicação. Quero só ver no que isso vai dar!

No final das contas, eu entendi porque o plot de Sam veio à tona em meio a um episódio tirado do Cartoon Network. Temos que parar de correr do passado e enfrentá-lo. Castiel, nos últimos minutos da prorrogação, decidiu ir ao céu, mas foi impedido pela Matrix chamada Naomi. Sam precisa resolver suas pendências com Amelia, pois fazem oito episódios que a mulher não aparece “de verdade” e eu acho meio surreal ela não ter ligado e nem cobrado nada. Até porque os flashbacks mostram que o relacionamento dos dois foi bem intenso.

Será que Sam volta para falar com ela? Ele bem gosta de dar explicações, mais que Dean, e não me espantaria se do nada ele acordasse com um estalido para revê-la.

supernatural - deanNão tenho nada para falar sobre Dean, pois é a vez dele ficar um pouco apagadinho. Mas vê-lo sem cobrar nada de Castiel depois de ter conhecido o verdadeiro término da sua estadia no purgatório me fez feliz, pois imaginei que ele seria hostil como foi com Sam. Isso só demonstra que o elo entre eles é forte e primordial. De uma forma celestial, ambos se compreendem. O Winchester ao oferecer conselhos ao anjo e descobrir a verdade sobre o fato dele não querer ir para o céu fortaleceu a amizade que, sem dúvidas, receberá um chacoalhão drástico. Ainda sinto cheiro de traição.

No geral, a trama foi feita para entreter, nada mais que isso. Gostei de terem citado Garth novamente e saber que ele está cuidando de Kevin e da Sra. Tran. Mas eu queria mais da ação vista no episódio anterior, pois dá para fazer isso sem correr muito com os detalhes. Pelo visto, teremos cinco episódios de casos e um que vale a pena ver por conta do desenrolar do plot que realmente importa. Isso é triste, mas não deixa de ser uma meia verdade.

That’s all folks!  *musiquinha da Warner Bros. de fundo*

6,8

Audiência: rolling in the deep para os Winchester, pois a queda foi significativa com relação à semana passada. A média atingiu e oscilou 0.8/2 e apenas 2.00 milhões de hunters foram para a “desenholândia”.

2 thoughts on “Supernatural (8×08) – Hunteri Heroici

  1. eu gostei do episódio, principalmente do Castiel, muito ri com ele! espero que volte aparecer nos próximos episódios! adorei a cena dele com o gato😄

    • Castiel foi ÓTEMO! Nesse episódio. Ele é ótimo de qualquer jeito, sou suspeita pra falar. Com o gato foi sensacional, fatão!😀

      Beijosss!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s