Sons Of Anarchy (5×09/10) – Andare Pescare/ Crucifixed


Foi assim que Som Of Anarchy, do seu jeito, questiona sobre o quão guiados pelos instintos os personagens ainda são.

Interessante como “Andare Pescare” começa com uma cena ente Jax e Abel: essa cena relembra que cuidar da família é um dos discursos mais usados pelos personagens em Sons, juntamente com a sobrevivência  que são dois dos instintos mais básicos humanos. Os personagens pautam suas ações por eles, enquanto tentam conviver com a existência maligna de SAMCRO (colocando beneficios e tragédias em uma balança, é possível perceber que o bem estar não justifica a existência dos Sons). É um paradoxo, enquanto os personagens tentam garantir a sobrevivência da família, estar dentro do circulo do clube os deixa em constante perigo. Deixar o clube parece a solução, mas sempre que isso é citado, a idéia soa ridícula. Tara tentou sair na temporada passada e o custo por tamanha ambição foi à mão direita, Jax e os outros só conhecem essa vida e não sairão dela. É o grande paradoxo que mantém Sons Of Anarchy, que é relembrado constantemente nesses dois episódios.

Importante também é o destaque para o Otto dado nesses dois episódios. Dentro da série, Otto é o fantasma do futuro que assombra os integrantes de SAMCRO, ele é um lembrete do que está por acontecer a todos aqueles que continuam no clube, mas, por não conseguir sair, todos continuam tentando ser mais espertos que os seus antecessores, elevando o nível dos problemas. Otto perdeu a família  a liberdade e a visão por SAMCRO (além de ter sido traído pelo amigo), e chegou ao ponto em que nada justifica qualquer lealdade que ele tenha com relação ao clube. Quando o caso RICO foi construído, vi ali um grande rompante de raiva justificada, uma forma do personagem se vingar do clube que tirou tudo que ele já teve. O problema é que a vida de Otto é SAMCRO e se vingar do clube soa estranho e inverossímil  É o paradoxo de SOA agindo, e foi baseado nesse paradoxo que Otto toma a decisão de salvar o clube enquanto machuca um dos que ele considera responsável pela sua queda, no caso o Jax. A forma como foi demonstrada o quão reduzido foi Otto durante os anos é um dos acertos mais contundentes dos episódios, a cena em que Otto se masturba/ chora é incrivel nesse aspecto. Quando Tara se toca enquanto cheira o perfume de Luann temos o vislumbre de que a vida em SAMCRO, complicada como ela é, começa a aflorar os intintos da moça (além da violência que ela abraçou nos últimos 5 anos de série).
Fazer parte de SAMCRO é uma identidade tão forte, que Juice não pensa em sair do clube mesmo quando sente que a vida está por um fio em “Crucifixed”, tudo que ele fez foi ir em direção a grande ameaça (Jax) e conversar com seus olhos lacrimejantes  Mesmo Tara, quando recebe o convite para um trabalho fora de Charming, tem como reação desfazer o sorriso diante o medo do que pode acontecer se ela tentar sair de novo da cidade.

Dentro da temporada, “Andare Pescare” e 5×10 têm em comum pequenas quests que se concluem em seus respectivos episódios, preenchendo o tempo de exibição e contribuindo discretamente com a trama principal. Em. “Andare Pescare” houve a infrutífera busca pelo Frankie, que acabou sendo morto pelo italiano que o protegia, nada de muito imprevísivel na conclusão, pois é muito cedo para o nosso companheiro Clay morrer. Em “Crucifixed” houve a busca pelo detento que matou o Opie, que acabou sendo muito mais interessante que a quest do episódio passado por ser mais um passo da transformação do Jax, que agora descumpre a própria palavra e mata sem remorso quando acha a melhor saída (o que vem acontecendo com mais frequência). Jax não busca mais o caminho pacifico para os problemas, ele é o homem transformado pelo clube.

Sons Of Anarchy consegue ser sensacional nos seus episódios principais e muito boa quando precisa preparar para os próximos. É fato que é cada vez mais difícil falar mal de Sons of Anarchy.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s