Partners (1×06) – Temporary Insanity


Vou começar por falar da notícia que não chocou ninguém, mas que colocou muitas pessoas tristes. Estou a falar do cancelamento de Partners. Se tivesse sido cancelada ao seu terceiro episódio, sinceramente eu não me importava, mas agora, seis episódios depois, já me apaixonei por Ali, Joe, Louis e até Wyatt. A série tem começado a explorar o seu potencial, com histórias interessantes, momentos divertidos e com os atores cada vez mais confortáveis com os seus papéis. A este ponto, considero uma injustiça cancelarem Partners, pois a série podia ainda crescer bastante, mas por outro fico satisfeito que acabe tão cedo, para a mágoa não ser tão grande e de ainda não me ter apegado completamente. Se a série tivesse uma maior duração, custar-me-ia mais despedir-me.
Por enquanto vamos aproveitar o possível último episódio da série. Como a retirada da programação da CBS foi tão repentina, não sei se mais tarde serão divulgados os restantes episódios gravados.

Roro, a fantástica assistente, decidiu tirar férias para a ilha de None Of Ya Business. Então, Louis e Joe precisam arranjar um novo secretário substituto e quem melhor que Wyatt? Louis pensou que poderia tê-lo como assistente e que só via coisas boas nisso, enquanto que Joe sempre achava que ia correr mal.

Ambos não podiam estar mais enganados, pois Wyatt revelou-se um ótimo secretário, satisfazendo todas as necessidades de Joe eficazmente e ainda ajudando na organização da papelada, trazendo o almoço aos seus patrões.

O mau disto é que Wyatt conhecia Louis muito bem e queria o seu melhor e assim privou-o de vários luxos. Louis entrou em paranoia com isso e reconsiderou que se calhar não era assim tão boa ideia tê-lo como secretário. A relação deles não me parece das mais verdadeiras, sendo que Louis está sempre a esconder factos de Wyatt e parece não levá-lo a relação a sério, considerando o namorado apenas como um boytoy.

Como Louis não consegue lidar com Wyatt, pede a Joe para o despedir, mas Louis acaba por ficar com um peso na consciência, começando a ver visões engraçadíssimas ao espelho.

Num bonito gesto, Louis acaba por dizer a verdade a Wyatt e a ser honesto com ele pela primeira vez, assim ele volta a ser o secretário dos arquitetos.

Ali teve um pouco menos destaque neste episódio. A noiva de Joe passou pelo stress de organizar uma festa na sua loja e contou com a ajuda de Louis e os seus planos, que obviamente, não acabaram bem. Ao contratar um aspirante a ator, que deu o fora à última da hora, coube a Louis ser o empregado na festa de Ali.

A série não teve tempo de marcar, mas vai deixar saudades. Ainda havia muito que explorar, principalmente Roxanne e os gêmeos creepy que foram bastante engraçados.

Então digo Adeus a Partners e que Sophia Bush e Michael Urie voltem para a televisão bem rápido!

4 thoughts on “Partners (1×06) – Temporary Insanity

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH! UMA TREMENDA SACANAGEM ELA SER CANCELADA =(

    Eps muito bom!!!

    Vou sentir saudades do Wyatt gatão😥
    E completamente do exagero do Louis D:

    Enfim, porrã viu =X

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s