666 Park Avenue (1×07) – Downward Spiral


A crescente melhora que 666 Park Avenue esteve por ter em seus últimos episódios continua por ser uma forte evidência de quão promissora esta série é. Claro, esta se perde em uma imensidão de clichês por boa parte do tempo, mas também tem a capacidade de criar diversos mistérios, de entreter o seu telespectador. Downward Spiral é mais um episódio bom da série, nos deixar algumas perguntas, responder algumas outras e nos abandonar com um cliffhanger obscuro e vibrante, capaz de nos deixar loucos no aguardo pelo próximo episódio.

O episódio já começou por nos contar um pouco mais sobre a história de Nona e, talvez, a origem dos dons de vidência. Acontece que Nona é filha do Drake, ou seja, o nascimento da garota ocorreu dentro das paredes do antigo prédio e creio que esta seja a origem dos dons da garota, uma vez que já temos a certeza de que existe algo sobrenatural em relação ao prédio, e não apenas em relação à Gavin.

Sempre soube que Jane possui alguma ligação com Drake, mas nunca imaginei que esta, assim como Nona, é uma filha do Drake, ao menos é isto que o roteiro está por tentar nos vender, e digo que está funcionando completamente. Todo este mistério que é criado com as revelações que Nona lhe traz, faz Jane desistir da idéia de abandonar o Drake ou abandonar New York. Agora esta só pensa em encontrar algumas respostas em relação a sua própria origem e sobre alguns dos mistérios do Drake.

A união de Jane e Nona fora perfeita, as personagens funcionam bem, possuem uma incrível sincronia e possuem os mesmos objetivos: encontrar explicações sobre os acontecimentos inexplicáveis que acontecem no antigo prédio. O dossiê de Nona sobre todos os acontecimentos macabros do Drake apenas deu o empurrão que Jane precisava para continuar investigando o local em busca de respostas. E estas investigações nos levam novamente a sala do dragão, como costumo chamar, mas desta vez Jane encontra uma maneira de descobrir uma passagem secreta e com o uso do seu colar esta a abre, e ali mesmo é trancada. Este fora o cliffhanger que o episódio nos trouxe, o que há ao final da escada espiral é um grande mistério e não vejo a hora de assistir o próximo episódio em busca de respostas.

Enquanto Jane só pensava nos mistérios do Drake, Henry procurava maneiras de fazer sua namorada querer ficar em New York e acredita que é pedindo a sua mão em casamento que conseguirá fazer Jane retomar sua antiga posição . Mas novamente vemos a obsessão de Jane por Drake atrapalhar os planos de Henry e enquanto Jane procura por respostas, Henry espera solitário no apartamento, apenas esperando o retorno de sua amada para o pedido seja feito.

Outro grande momento do episódio é o duelo entre Gavin e Victor, com Olivia pairando no meio de ambos os personagens. Se havia alguma dúvida sobre o conhecimento de Olivia sobre os dons malignos de Gavin, esta dúvida se esclareceu, Olivia tem total conhecimento sobre o que Gavin é capaz de fazer. Mas parece que Shaw desconhece muitas das artimanhas de seu rival, é facilmente pego no jogo de gato e rato de Olivia e Gavin e o seu futuro não é nada promissor.

O momento mais fraco parte da trama mais fraca da série: o triângulo amoroso de Alexis, Louisse e Brian. Não sei qual a pretensão desta trama e esta se mostra muito desconectada das demais, e não há um atrativo bom o suficiente que nos prenda na mesma. E daí que Alexis é uma psicopata? E quem se importa com o fato de que Brian descobriu que fora a loira fatal que armou o suposto affair de Louisse?

Enfim, a série continua me impressionando em alguns detalhes, me decepcionando em outros, mas cada vez mais estou por reconhecer a qualidade da série e esta não está por merecer a fraca audiência que está por ter. Só sei que estou aqui, aguardando ansiosamente o próximo episódio.

Audiência: Pronto, mais uma boa série que alcançou o seu cancelamento, mas também os números não estavam nada bons. A série alcançou esta semana 1.3 na demo e 4 milhões de telespectadores.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s