Emily Owens M.D. (1×03) – Emily and… The Outbreak


Pronto, o que era paixão por um piloto se tornou uma paixão por pela série em geral. Nestes três episódios iniciais, Emily Owens M.D. soube trazer ao seu telespectador um protagonista interessante e vibrante, uma deliciosa comédia romântica e um drama pastelão, mas o suficiente para nos satisfazer. Não preciso pedir por mais nada, esta Fall Season está por trazer todos os tipos de série que desejei e Emily é presença garantida entre as minhas novatas preferidas.

Neste terceiro episódio acompanhamos Emily e sua tentativa de dar segmento à sua vida e continuidade ao seu trabalho. Já disse que não tem como não se encantar com a personagem? Tudo que Emily faz, seus gestos e suas falas, me agradam, a mente little geek da personagem encontra-se em ebulição e nos traz diversos momentos cômicos e alguns momentos sérios.

A busca da personagem em encontrar os defeitos de Will fora a trama mais bobinha, bonitinha e romântica do episódio. E toda esta busca se torna única quando temos a capacidade de saber o que a garota está pensando, a batalha que esta trava para encontrar defeitos no seu amado, para focar nestes defeitos. Enfim, nada seria igual se não houvesse os pensamentos da garota nítidos ao telespectador, isto, com toda a certeza, muda a dinâmica da série e nos faz conectarmos com a protagonista com uma facilidade incrível.

E não é só com seus sentimentos por Will que Emily tem de lidar neste episódio, há ainda a sua rivalidade com Cassandra, que se encontra cada vez mais evidente. Primeiro, Cassandra consegue tirar uma grande oportunidade das mãos de Emily ao tirar sua atenção com as mesmas piadas que utilizava no colégio, depois temos esta a zombar nossa protagonista pelo fato desta não ter nenhuma habilidade para falar em público e, aparentemente, em colocar uma camisinha em uma banana. Mesmo quando Emily achou que teria vencido a rival, a aproximação de Will e Cassandra se torna óbvia e Emily sente novamente o gostinho da derrota.

Os casos médicos apresentados pelo episódio souberam interagir com a personagem e os seus problemas atuais. Porém o que mais me chama a atenção é a relação de Emily com a Dra. Bandari, a médica se mostra cada vez mais ácida em relação à protagonista, mas todos nós sabemos que tipo de relação está é e não demorará o dia em que Emily se tornará o braço direito da doutora.

Enfim, fora mais um episódio bonitinho, mais um episódio onde nos envolvemos com a protagonista do inicio ao fim, torcendo pelos seus sucessos e temendo os seus erros. É esta conexão da personagem com seu telespectador que torna a série especial e espero que esta não perca a sua essência no decorrer da temporada.

Audiências: A série aparentemente estabilizou a sua audiência, mas os números que está por mostrar não estão por ser positivos, uma vez que fora a pior audiência da The CW na última semana. Emily Owens M.D. conseguiu 0.3 na demo e um milhão de telespectadores.

2 thoughts on “Emily Owens M.D. (1×03) – Emily and… The Outbreak

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s