Homeland (2×04) – New Car Smell


I loved you.

Tic tac, tic tac, tic tac, tic tac… Tic tac, tic tac, tic tac, tic tac… BOOM!!!

A bomba explodiu. Toda a ansiedade e a expectativa que estávamos por carregar desde o momento onde o vídeo de Brody fora encontrado explodiu. New Car Smell conseguiu superar minhas expectativas, surpreender-me e me emocionar, fora um episódio que conseguiu ir além do esperado, conseguiu trazer uma trama experiente e novamente mudar nosso campo de visão, alterando a dinâmica da série e o rumo da temporada. Estamos apenas com quatro episódios exibidos e esta temporada já fora capaz de nos deixar ansiosos, emocionados, eletrizados e surpreendidos, não é qualquer série que consegue ser capaz de realizar tais feitos em tão pouco tempo. Junto com Breaking Bad, Homeland é uma das melhores séries da atualidade e este episódio apenas vem para confirmar o que estou por dizer.

Mas antes de comentarmos o incrível, fantástico, espetacular, surpreendente final do episódio, vamos dar uma observada e ver o que de interessante este nos trouxe em seu decorrer.

Começamos o episódio com Saul e Estes, a visualização do vídeo causa a Estes a mesma sensação que causou a todos nós, o choque de perceber a realidade, de perceber que estava errado, deixa o chefe da CIA confuso por alguns minutos e é a inteligência e o planejamento de Saul que manter a situação estável e impede um problema diplomático de maior repercussão.

Então voltamos a estaca zero, porém com um pouco mais de credibilidade agora. Começamos novamente uma investigação contra Brody, instalamos câmeras em sua casa, no hotel onde este está hospedado, grampeamos o seu telefone e buscando razões para agir. Senti como se estivesse por assistir novamente os episódios iniciais da série, toda aquela tensão para saber se Brody iria ou não cometer algo que o comprometesse esteve presente.

Porém houve sérias mudanças entre as suspeitas de Carrie na temporada anterior e a certeza que a CIA tinha neste episódio. A espionagem liderada por Peter, Saul e Carrie mostrou mais consistente, melhor executada e planejada. A inserção de Peter na trama é promissora, o personagem possui uma química singular com Carrie, é interessante o suficiente para nos cativar e as possibilidades de um romance com a protagonista deixaram a dinâmica entre os personagens mais promissora.

O episódio poderia ser considerado perfeito se não fosse dois detalhes: Dana Brody e Mike. Até consigo entender na onde a série pretende chegar ao mostrar o envolvimento de Dana com o filho do vice-presidente, ao menos acredito que entendo. Porém não estou por conseguir entender a importância de Mike e das suspeitas que outros fuzileiros estão por levantar em relação à morte de Tom Walker e a razão pela quais este errou o seu alvo.

As suspeitas dos fuzileiros até poderiam ter a sua importância caso o vídeo com Brody assumindo um ato terrorista nunca tivesse sido encontrado. Mas agora a CIA já possui o vídeo, sendo assim esta trama fica, aparentemente, sem função e seu desenvolvimento se mostra sem propósito. Porém não vou criticar tão acidamente a trama, Homeland já provou ser uma série capaz de nos surpreender em todos os sentimentos e tenho a impressão que algo está por ser planejado, apenas não faço a mínima idéia do que seja.

O episódio tornou-se imperdível em seus últimos dez minutos. A relação Carrie e Brody, a dinâmica do casal, as suspeitas, os diálogos pré-ensaiados, fora tudo colocado de uma maneira com que preparasse o telespectador para o clímax que o episódio traria ao seu final. Estava por sentir falto das cenas que envolviam ambos os personagens, a dinâmica e a química da dupla fica em evidência quando ambos estão por manter uma conexão.

A cena no bar serviu apenas como prelúdio do que estaria por vir, serviu para mostrar o quão bem Carrie conhece o seu trabalho e aquele que está por investigar. O climax veio ao final, no quarto do hotel, quando Carrie confronta Brody, acusa-o de terrorismo e saí vitoriosa ao conseguir prender o congressista. A força desta cena vai além de qualquer palavra que eu possa escrever por aqui, fora simplesmente algo que todos nós ansiamos desde o primeiro momento em que a verdadeira identidade de Brody foi revelada, não há como não se satisfazer com Carrie a proclamar tudo o que realmente merecia ter sido dito. Ela estava certa desde o começo, ele lutou, foi chamada de louca, mas ainda assim estava certa e ninguém merecia este fantástico momento mais do que a personagem.

You’re a traitor and a terrorist, and now it’s time to pay for that.

Não há como saber o que virá a seguir, há tantas possibilidades que podem ser exploradas, tantos rumos que a série pode tomar. Enfim, mais uma vez temos uma mudança radical no segmento da temporada, mudança que fora capaz de nos deixar ainda mais aflitos em saber o que virá a seguir. Sei que ainda há muita história pela frente, sei que a guerra contra o terrorismo está apenas por começar, mas esta vitória pelo lado americano já traz uma sensação de tranqüilidade. Mas a CIA não se pode dar o luxo de ficar tranquila  a guerra está apenas começando e logo um contra-ataque será feito.

Audiências: A série manteve os números bem semelhantes aos de semana passada, alcançando 0.8 na demo e pouco mais de 1.7 milhões de telespectadores.

4 thoughts on “Homeland (2×04) – New Car Smell

  1. WELL!!!!! SOCORRRRO!!!! QUE EPS FOI ESSE?????
    (Se prepare pra um comentário exagerado e desorganizado haha)

    Carrie porra pq , pq pq não conseguiu segurar mais!!!!!!!!!! =X
    Ai caralho hshuahsushu
    Eu gostei e não gostei do final, tipo eu queria isso há muito tempo, mas não dessa forma, mas pqp oq foi a cara da nossa diva no final? AI QUE PERFEITO, LINDA❤
    Adorei o confronto entre os dois, Brody fdp finalmente tomando no c….
    *——————–*
    Deve imaginar minha felicidade né? hehehe =P

    Ah que chaticeeeeee Dana e Mike zzzzzzzzz pfvr, não precisava de tantos minutos assim, e aquele boa noite por sms foi completamente RIDICULO! hahaha😛

    Adorei o novo personagem, a Carrie já ficou toda com o pé atrás haha ri demais =)

    Enfim, adorei adorei adorei esse eps, pq a série me surpreendeu, porra estamos no 2×04 e ela joga essa bomba de inicio??? Nem sei oq esperar daqui pra frente, mas alguma coisa me diz que o Brody vai sair dessa u.u! enfim kkkk vamos ver, louco louco por mais e mais de Homeland *-*

    • Pensei exatamente em ti quando a bomba explodiu e Brody acabou sendo preso… Pensei: o Ander deve ter adorado este momento.

      Mas enfim, adorei o episódio do começo ao fim, apenas Dana e Mike atrapalharam um pouco a dinâmica do mesmo mas nada tão grave.

      Assim como ti, não faço a minima ideia dos rumos que a série tomará, só lhe garanto que algo muito bom está por vir.

      Atts

  2. acabaram com a serie, o antiheroi é a figura principal no enredo, sua luta entre fazer o bem ou o mal nao podera mais ser explorada, o personagem ja esta praticamente jogado na lama. A louca pra min ta de papel secundario, essa de guerra ao terrorismo na vida real, acredito que influenciou para que brody começasse a se dar mal. Logico que nao iriam colocar um terrorista se dando bem na historia. Se Brody vier a ser um ajudante na luta contra o terrorismo a serie perde sua identidade. Pena que muitos curtem esse tipo de coisa, cultura muito americanizada, que no caso, nao me refiro a serie.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s