Covert Affairs (3×11) – Rock’n’ Roll Suicide


Antes do pequeno hiatus que esta temporada sofreu, Covert Affairs vinha por apresentar uma seqüência imperdível de episódios, tornando esta, de longe, a melhor temporada da série. Rock’n’ Roll Suicide é um episódio que possui como intenção finalizar algumas pontas e finalizar, aparentemente, todo o arco de episódios envolvendo Simon Fischer e Lena. Covert Affairs novamente apresentou um ótimo episódio, cheio de ação, drama, suspense e uma adrenalina que se tornou um ingrediente típico desta temporada.

A primeira parte do episódio teve como função nos atualizar sobre a atual situação de Annie. A loira vingou-se e matou Lena no final espetacular do episódio anterior, porém fora capturada pela FBS e permanece trancada em uma das prisões da agência secreta russa. Adorei estes primeiros minutos do episódio, as cenas de tortura psicologia, os métodos que a FBS utiliza para interrogar os seus inimigos em busca de informação, a atuação excelente de Piper Perabo. Nada, realmente nada falhou nos primeiros quinze minutos, só queria que estes tivessem durado um pouco mais e terem sido um pouco mais cruel em seu decorrer.

Mas alguém haveria de livrar Annie de seu pior pesadelo. Nunca imaginei uma parceria entre Auggie e Eyal, mas esta funcionou perfeitamente e garantiu o resgate de Annie, mas estes ainda estavam longe de estarem salvos. A segunda metade no episódio foca em como Annie e Eyal irão escapar da Rússia e é nesta parte que temos alucinantes perseguições e um desenvolvimento mais ágil. A dinâmica entre a dupla novamente mostra-se bem útil, como já visto nos demais episódios onde Eyal marcou presença, e nos faz torcer por uma fuga segura dos  personagens, mas nem tudo sai como planejado.

O final mostra uma grande reviravolta. Após uma jogada de mestre, e de inteligência, Annie descobre que seu interrogador é um agente duplo e que Simon sabia desta informação. Utilizando-se de chantagem barata, Annie e Eyal conseguem escapar novamente e conseguem sair de Moscou, mas ainda possuem um grande caminho até chegarem em território americano.

E assim, aparentemente, encontramos o fim para a melhor trama que a série já teve. Foram diversos momentos que marcaram o esta temporada e todos eles envolvem a presença de Lena e Simon, uma pena que nenhum destes dois personagens marcaram presença nos demais episódios, suas ausências serão sentidas, mas esta na hora de Covert Affairs seguir em frente e encontrar uma nova trama para nos encantar.

Audiências: A série decaiu um pouco devido ao debate presidencial, mas ainda apresenta um rating consideravelmente bom para a USA. Este episódio marcou 0.8 na demo e pouco mais de 2.7 milhões de telespectadores.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s