Gossip Girl (6×01) – Gone Maybe Gone


Muito se esperou, muito se especulou, porém agora temos a certeza: esta será a última temporada de Gossip Girl. A série sempre foi seguida de altos e baixos, idas e vindas, porém fora responsável por marcar toda uma geração de adolescentes órfãos de The OC e Dawson’s Creek. Por mais que seja difícil despedir-se da série, é chegado o momento, o último momento de brilhantismo que a série teve fora na temporada anterior, mas esta se mostrou datada em alguns aspectos, reafirmando a opinião geral de que a fórmula da série está desgastada.

Sim, a fórmula da série encontra-se extremamente desgastada, e não é de hoje que este problema é identificado. A terceira e a quarta temporada da série foram fracas se a comparamos em relação às demais, o que fizera a série perder boa parte de seu público. Porém a quinta temporada deu uma reerguida na série, trouxe um ar renovado e o anuncio da temporada final fez alguns fãs retornarem ao Uper East Side. Mas será que vale a pena retornar nesta fase da série? Acredito que os últimos vestígios da qualidade que um dia vimos em GG já fora mostrado na temporada anterior, o que teremos agora é uma grande enrolação, histórias bobas, e tudo mais o que for possível para completar os onze episódios que foram encomendados para esta temporada final. Bom, pelo menos era isso que eu achava que esta temporada seria.

Agora, após finalizar a premiere, eu não acho mais o que falei acima. Agora eu tenho a certeza absoluta de que esta temporada de GG será um porre. Há diversas razões, ambas apresentadas por este episódio, que me fizera chegar a tal conclusão. Nada neste episódio funcionou, nada mesmo, não parecia uma season premiere, muito menos a season premiere de uma série que está prestes a encontrar o seu fim.

Vamos por partes, a trama apresentada pelo episódio que mais gostei foi… Oops, não houve alguma. O episódio girou o tempo todo em encontrar Serena, sem desenvolver nada de interesse ou desenvolver algo capaz de prender nossa atenção. O fato de Serena achar, pela milésima vez, que encontrou o homem de sua vida e que vai mudar de comportamento é um tanto quanto irritante. Porém ainda assim é melhor do que termos esta se drogando e se prostituindo em busca de mais drogas por aí.

Depois temos Chuck e Blair, o casal mais promissor que a série já tivera um dia, mas que agora se encontra destroçado após tantas modificações de caráter. De quem será que fora a idéia bizarra de deixar o casal separado mais uma temporada? Juntava-se os dois logo, mas não, Chuck não pode ficar com Blair enquanto tiver seus problemas pessoais para resolver. Sinceramente… Passo.

Agora vamos falar de Nate e a identidade de GG. Primeiramente tenho que dizer que fora um tanto quanto estúpido de Nate trocar suas preciosas informações pelo paradeiro de Serena, todos sabem que esta aparece mais cedo ou mais tarde. Mas o que mais me espantou fora a falta de interesse dos demais personagens, quando Nate diz a Blair e Chuck que fez um trato com GG nenhum deles se manifestam para tentar saber do que se trata, principalmente pela razão de que se trata da identidade da GG. Achei um absurdo, e nem me venham falar que eles estavam preocupados com a Serena, pois todos nós sabemos o quão multi-tarefas este grupinho é.

Dan e Georgina não tiveram impacto neste episódio. Não há o que reclamar, mas também não há o que elogiar. Esperava bem mais da dinâmica entre os dois quando isso fora nos prometido no final da temporada anterior.

Mas o pior ainda estava por vir e este atende pelo nome de Rufus e Charlie. Totalmente sem cabimento, sem razão e completamente desnecessário. Por ser a última temporada, GG deveria focar nos seus protagonistas, arranjar soluções para os diversos problemas de suas vidas e para os seus relacionamentos. O que queremos com Rufus e Charlie? Sinceramente GG, isto foi apelação level master e não me agradou nem um pouquinho, o episódio em si não me agradou nem um pouquinho.

Estou muito decepcionado, estou realmente decepcionado. Acreditei seriamente que esta temporada seria ruim, porém ainda havia aquela esperança dentro de mim que dizia que eu iria quebrar a cara e que iria me surpreender, mas isto esteve longe de acontecer. Sendo assim, nada mais justo do que já tomar conclusões precipitadas e acreditar que toda a temporada será ruim. Não sei se será mesmo, só sei que não tenho mais esperanças.

Audiências: Gossip Girl teve uma premiere decepcionante, que provavelmente deve ter dado a certeza aos produtores de que fizeram a melhor escola em terminar a série neste temporada. Fora apenas uma demo de 0.4 e pouco mais de 700 mil telespectadores.

7 thoughts on “Gossip Girl (6×01) – Gone Maybe Gone

  1. Kill me now, mas eu discordo completamente! É a melhor season premiere desde a 3ª temporada. Isto sim é a Gossip Girl que eu conheço. Josh Schwartz, o criador, assinou o roteiro deste episódio, coisa que não acontece desde o fim da terceira temporada, e notou-se muito bem. O roteiro estava inteligente, com bastantes referências culturais, como Charlie ir para a NBC (a atriz foi mesmo) e o Country Strong (Leighton esteve nesse filme). A dinâmica do grupo esteve ótima, e a rivalidade entre Blair e Georgina esteve fantástica. O drama Chair era bem desnecessário, só que desta vez houve bastante tensão sexual, o que melhorou bastante as coisas.
    Encontrar Serena foi uma tarefa mais difícil desta vez. Claro que Nate vai usar o que tem contra Gossip Girl mais cedo ou mais tarde, e claro que ele vai adicionar a pequena moça à sua coleção de conquistas, é uma questão de tempo.
    Estou feliz que agora Georgina seja do elenco regular. As teorias de Georgina para o paradeiro de Serena eram bastante engraçadas. Assim como a humilhação dela e Blair ao saberem que afinal Serena não se ia casar. Essa parte sim, surpeendeu-me. Cheguei a pensar mesmo que Serena ia casar. Achei a “birra” dela válida desta vez. Afinal, ela fez borrada, e todos lhes deram com os pés, ela apenas fez o que todos queriam, se afastou. E depois foi preciso o verão inteiro para se aperceberem que ela estava desaparecida? O casal principal da série terminou hoje. Não, não digo Chuck e Blair, mas sim Serena e Blair. Elas são o principal casal da série, e as minhas teorias apontam que elas não vão ficar com mais ninguém no fim, a não ser uma à outra.
    Gostei também do mistério Bass, o que andará Bart a esconder?
    A única coisa repugnante do episódio foi Rufus/Ivy. Tenho muita pena de Dan por os ter apanhado em flagrante.
    A última temporada promete, e espero que com o tempo mudes de ideia quanto à qualidade da mesma, porque na minha opinião, esta premiere me fez lembrar os antigos tempos… As audiências são mesmo decepcionantes…
    XOXO

    (Ah, já vi 90210 e a premiere de GG está kiloooooooometros melhor, comparando uma com a outra, GG é Emmy worthy)

    • Que bom que gostaste, mas infelizmente não posso dizer o mesmo.

      Você mencionou que a série lhe remeteu aos tempos de ouro de GG, sim, a mim também veio esta lembrança, só que não da mesma maneira. O que encontramos aqui fora personagens que nunca amadureceram, personagens que correm dos seus problemas em vez de enfrentá-los cara a cara. São exatamente os mesmos personagens de quatro anos atrás, e não consigo encarra isso como algo positivo.

      Não achei que fora tão difícil encontrar Serena, Georgina conseguiu desde primeira e se Blair, Chuck e Nate tivessem pensado um pouco mais também conseguiriam encontrá-la sem a ajuda de GG.

      Sim, a dinâmica entre Georgina e Blair salvou algumas partes do episódio, mas esta dinâmica já se apresentou diversas vezes melhor em outros episódios da série.

      Já os mistérios Bass não me atraem mais. Depois da patifaria que fora para descobrir que Daddy Bass estava vivo, o resto apenas me decepcionou.

      Sinceramente, não sei o que esperar desta temporada, mas mesmo tendo diversos momentos ruins ao logo de toda sua trajetória, sempre terei uma lembrança doce de GG.

      Atts

      • Sim, penso que a grande falha de GG é a circularidade da trama, ou seja, não houve evolução desde o primeiro episódio, e penso que tudo vai acabar da maneira que começou.
        Mas considerando o que GG nos tem apresentando, este até foi um bom episódio. Acho que a série recuperou algum do toque humorístico que se tinha perdido, e era uma das coisas que faltava muito na série.
        Eu concordo, GG vai sempre deixar uma lembrança doce, afinal foi a série teen desta geração, por muitas falhas que tenha, tem sempre um lugar guardado no coração, e pode ser que o derradeiro final não desiluda.
        XOXO

  2. Olá Well, tô aqui de novo e…………………… CONCORDO 100% COM VOCÊ!

    Achei esse episódio monótono demais. Os episódios de GG (quando são bons) seguem a mesma fórmula: começam mornos, mas depois do meio pro final esquenta e o final é bombástico.
    E por ser a premiere da final season, eu fiquei esperando aquele momento em que o episódio ia empolgar e explodir a minha cabeça, mas infelizmente não aconteceu. =/ Por isso fiquei decepcionado e frustrado. Depois de uma finale escrota como foi o 5×24 eu já sabia que essa temporada não seria das melhores já que Chair está de volta com seu plot eterno de “eu te amo, mas não podemos ficar juntos” e a maioria dos personagens está descaracterizado. Mas mesmo assim e por ser fã da série eu ainda dei crédito e tinha mínimas (quase nulas) esperanças de ver algo bom nessa premiere. Mas não rolou.

    Chair insuportável e sem química alguma. A Blair perdeu seu brilho TOTALMENTE por causa do Chuck (que nem na season 3).
    Bart Bass e seus mistérios que ninguém liga: ZzzzzzzZZzzzzzzzz
    Ivy foi TOTALMENTE descaracterizada. Quem entendeu a personagem quando ela entrou, sabe que ela não é vilã.
    Lily e Rufus: ZZZZZZZZzzzzzzzzzZZZZZZZZZZ
    Nate mais planta que nunca. E já com possível romance da temporada; =p

    As poucas coisas que eu tiro de positivo desse episódio são:

    1. Os seios perfeitos da Serena, deixando as cenas mais bonitas
    2. O Dan e Georgina como alívio cômico. Eu realmente ri deles dois. Gosto dessa química deles, desde a season 3.
    3. Os foras que a Blair levou da Serena e do Dan. O Dan falou tudo o que estava engasgado na garganta de MUITA gente desde a finale passada. Blair trocou alguém que gostava dela de verdade e faria tudo por ela, por uma ideia do que ela acredita ser o Chuck. Ela trocou o Dan por um relacionamento baseado em desculpas. Eu ODEIO Chair, eles estragaram a série. Ninguém mais aguenta esses dois juntos. E o pior é que são sempre as mesmas histórias, os mesmos diálogos. Não sei como tem gente que aguenta a ladainha desses dois.
    ps. O quão ridículo é ver o Chuck falando que desistiria de tudo pela Blair? Mas o engraçado é que ele só não está com a Blair pq ele não quer abir mão do seu império! PORRA, ISSO NÃO FAZ SENTIDO NENHUM E AINDA TEM GENTE QUE ACREDITA NESSE CASAL! PQP

    E pensar que a finale da season 5 era pra ter sido Dair e que tudo foi mudado de última hora por uma das executivas/roteiristas só pra agradar os fãs de Chair, me irrita DEMAIS. E eu achei muito merecida a audiência medíocre que o episódio teve. Acabaram com Dair por causa de um público que nem se dá ao trabalho de ver a série. Bem feito pra esses roteiristas de merda. MUITO BEM FEITO! =@

    Concordo do a nota. E as poucas expectativas que tinha, foram extintas. =/
    Até semana que vem! ;D

    ps. Você já viu 90210? Porque se não viu, se prepara pro AVALANCHE de vergonha alheia que você vai sentir. Conseguiu ser pior que essa droga de episódio de GG, pra tu ver como foi ruim. Tô puto! =pppppp

    • Seja bem vindo de volta Lucas… E cá estamos mais uma vez para comentar mais uma temporada de GG.

      Bom, também concordo com todos os pontos em que citou, tanto os positivos como os negativos.

      Em relação a Chair, também não aguento mais. Está pior do que casal de novela das oito, sempre a mesma enrolação, sempre as mesmas falhas no roteiro. Chuck sempre dizendo que desiste de tudo, mas nunca desistindo. Cansei, só estou por ver a temporada por se tratar de uma temporada final, assim como 90210, pois acredito que esta também irá morrer ao final da atual temporada.

      Sobre 90210, aguardem… Grandes emoções estão por vir… Lembrando que a série está com tanta relevância para minha opinião, com tanta relevância, que está inserida no Bloco The CW, não deixe de ir lá conferir hein…

      Atts

  3. Well!!!!!!!
    OMG! Pq vc me entende tão bem u.u HAHAHAHA
    Concordo contigo em tudo!!!

    Rufus e Ivy? FALA SÉRIO!!! ridículo!! u.u

    Concordo sobre Blair e Chuck, pq dos dois ficarem separados? coisa mais sem sal, puts muita raiva u.u

    Todos atrás da Serena? Novamente tudo girando em torno dela e ela não estava nem ai pra eles u.u

    Dan e Georgina ? Nossa, esperava MUITO MAIS!!!!!

    Ridículo o Nate com seu acordo aaaaai que droga viu u.u

    Eu tento ser mais de boa com a série, não quero ser tão chato por ser a última temporada, mas está complicado mesmo, vejo que só os fãs da série podem ver algo de bom nisso…
    Nem minha Blair linda salvou o eps =/

    Sobre 90210 nem vem, não foi tão ruim como essa, foi sim fraca, mas nada tão exagerado, e eu não gostei de estar no Bloco da CW =/
    Mas enfim rsrs

    até mais Well \o

    • Que bom que concordaste comigo, fora mesmo uma premiere abaixo das expectativas e apenas demostrou os maiores pontos fracos da série. Mas agora não tem mais escapatória, teremos que ver até o final.

      Sobre 90210, adiantando um pouco o conteúdo da review, fora uma premiere com qualidade similar, porém a premiere de 90210 teve um diferencial e isto fora significativo para a diferença entre as notas das duas.

      Atts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s