So You Think You Can Dance (9×11) – Top 10 Performs & Top 8 Reveals


Depois de uma semana especial dedicada a obra de Mia Michaels, So You Think You Can Dance volta a sua programação habitual e com o recém formado Top 10, agora é a vez destes trilharem seus caminhos solo, considerando que as parcerias feitas até a semana anterior seriam desfeitas. Quando chega nesta fase, meus olhos brilham, pois isto quer dizer que veremos teremos a companhia dos All-Stars. Nossos amados ex-competidores das Season 1-7 – nesta semana só faltaria um representante da Season 8 –  tem a oportunidade de aparecer novamente, desta vez ao lado dos competidores deste ano, o que como Nigel mesmo diz, os fará incorporar a experiência destes talentos, não só do programa, mas agora do mundo da dança e do entretenimento.

Cat Deeley, como é de praxe dá as boas vindas ao painel de jurados, que desta vez conta com a presença de Benjamin Millepied, bailarino e coreografo francês, mais conhecido por estrelar e coreografar “Cisne Negro”, filme no qual rendeu o primeiro Oscar a Natalie Portmane, além de que os dois tiveram seu primeiro filho, além de casarem este ano.

Em comemoração ao lendário Gene Kelly, que completaria cem anos na última quinta-feira, dia 23 de agosto, Tyce Diorio preparou um especial rotina para o Top 10, alias o próprio coreografo estava no palco, acredito eu porque Cole estava com alguma limitação física nesta rotina.

Rotina #1: Tiffany & Brandon (Season 5)
Gênero: Disco
Música: “You Make Me Feel” (Disco Fries remix)—Cobra Starship feat. Sabi
Coreógrafo: Doriana Sanchez

Review: A primeira rotina de Disco da temporada não poderia ter sido melhor do que esta, ainda mais contanto com o forte apoio de Brandon, runner-up da Season 5. Tiffany se desprende de seu parceiro George, provando que mesmo compondo o casal mais entrosado deste ano, já apresentava certa superioridade, principalmente por ser uma das mais versáteis aos diferentes estilos. Doriana Shancez retorna com mais uma rotina de tirar o folego de tão ágil, porém o grau de dificuldade elevasse quando a coreografa sinaliza que haverá onze elevações. Tiffany is on fire e com tudo a seu favor, desde seu tamanho, leveza, coragem e expressividade técnica e corporal até sua parceria com Brandon, que não teve trabalho algum ao executar com perfeição as onze elevações exigidas. De fato um dos melhores números do gênero do programa e acredito que nunca tenha visto uma competidora ser lançada tantas vezes pra cima, pra baixo, pra um lado e pro outro, como Tiffany foi. 

Nota:A+

Rotina #2: Witney & Nick (Season 1)
Gênero: Jazz
Música: “Sing It Back”Moloko
Coreógrafo: Travis Wall

Review: Normalmente quando o nome Travis Wall emerge como responsável por uma coreografia, podemos esperar algo grandioso. Desta vez, apesar de ter sido sim mais uma grande criação, acredito que Jazz não seja lá tanto sua praia. Nick, o primeiro vencedor do programa, contribui como parceiro de Witney nesta fantasmagórica performance, que mescla sensualidade e técnica. Apesar de não ter um conceito tão envolvente, a rotina apresenta ritmo e impacto, proporcionando bons momentos de destaque para a loura, principalmente com algumas elevações e certa teatralidade.

Nota: B+ 

Rotina #3: Cole & Anya (Season 3)
Gênero: Cha-cha-cha
Música: Glad You Came”—The Wanted
Coreógrafo: Dmitry Chaplin

Review: Mesmo feliz que o Cole tenha respondido a um twitter meu, fiquei triste com seu fraco desempenho esta semana, pois nem o fato de ter como parceira Anya, a responsável pelo termo “hot tamale train” – criada e distribuída por Mary Murphy a todos os competidores que superam todas as expectativas, superando todos com sua performance – pareceu ajuda-lo, mas vamos dar desconto a aquele, que na minha opinião, tem sido o mais consistente dos rapazes desde a primeira semana. Apesar das dificuldades durante os ensaios, Cole fez o seu melhor no aspecto técnico, porém foi este excesso de “pensar nos passos e transições” que o impediu sua conexão com Anya, perdendo um pouco do jogo de sensualidade que poderia ganhar a seu favor.

Nota: C-

Rotina #4: Lindsay & Jakob (Season 6) 
Gênero: Broadway
Música: “Dancin’ Dan” (Me and My Shadow) from Fosse
Coreógrafo: Spencer Liff

Review: Seja bem vindo ao mundo das sombras da Broadway, uma deslumbrante experiência de entretenimento e dança jamais vista. Spencer Liff superou-se 200% na criação desta rotina e ninguém melhor que Jakob, o rei das extensões, para potencializar o melhor de Lindsay, que sem dúvida alguma ganha o titulo de “zebra” na competição, afinal para além de seu gênero, poucos imaginariam que se adaptaria tão bem a cada semana. Benjamin, com toda sua classe francesa definiu bem o que foi esta performance – “Like a crescendo”.  Lindsay apesar de estar ao lado de um dos melhores dançarinos que já passaram por SYTYCD, não se deixou abalar, mostrando maturidade e perfeita sincronia com sua sombra dançante. Com belos efeitos da tela branca e o jogo de luzes, ganha merecidamente o primeiro ticket para o trem de Mary Murphy nesta temporada.

Nota: A+

Rotina #5: Will & Kathryn (Season 6)
Gênero: Bollywood
Música: “Ooh La La” from The Dirty Picture
Coreógrafo: Nakul Dev Mahajan

Review: Fica difícil criticar rotinas Bollywood, pois elas são sempre divertidas e cheias de energia, principalmente quando alguém tão fofo e adorável como Will executa o gênero esta semana. Will é um dos favoritos do publico este ano, porém é uma figurinha caricata e brincalhona, cheia de caras e bocas e isto, mesmo que sutilmente, incomoda os jurados (Nigel na maioria das vezes). Ficou complicado julgá-lo, pois é um estilo bem de acordo com sua personalidade, mas ao lado de Kathyrn cumpriu seu papel com muita energia, diversão e expressividade, mas vale ressaltar como ele irá se portar daqui pra frente em rotinas que exigirão mais seriedade e comprometimento, afinal esteve numa posição confortável ao lado de sua fiel e semelhante Amelia, enquanto esta durou no programa.

Nota: B-

Rotina #6: Cyrus & Jaimie (Season 3)
Gênero: Contemporary
Música: “Outro”—M83
Coreógrafo: Travis Wall

Review: Entendo que Cyrus é o José (Season 7) da vez, cuja falta de experiência e treinamento é compensado pelo carisma e força de vontade, e que há um certo protecionismo por parte dos jurados, coreógrafos e do próprio publico, mas só espero que sua inexperiência não comece a eliminar competidores com qualidade e potencial evolutivo. Jaimie conseguiu potencializar um talento oculto em Hok durante a Season 3, afinal ela é contemporânea e ele é street-dance, então desta vez a parceria faz jus, porém não justifica como Travis Wall  “jogou seguro” com as exigências a Cyrus nesta rotina, este que mais uma vez serviu como um bom parceiro, ajudando nas belas transições e elevações de Jaimie. Nigel ainda tenta contemporizar sua escolha pelo Animator, dizendo que admira o empenho do rapaz e etc, mas enfim, este pode ter sido seu melhor momento no programa claro, mas não justifica todo o resto.

Nota: C-

Rotina #7: Chehon & Lauren (Season 7)
Gênero: Lyrical Hip-hop
Música: Pretty WingsMaxwell
Coreógrafo: Dave Scott

Review: Lauren foi apresentada como uma jazzista, mas acabou mesmo se destacando no gênero hip-hop, o que só nos remete a icônica rotina “Transformers” da Season 3. Desta vez, a veterana será parceira Chehon e em uma rotina lírica de Dave Scott, assim terão o trabalho de libertá-lo de sua técnica, afinal este estilo exigirá mais swing e funky do bailarino. Considerando quão tenso esteve em suas primeiras semanas, Chehon tem sido um dos que mais tem evoluído, porém ainda precisa se entregar alguns por cento a mais, principalmente quando têm ao seu lado uma das All-Stars mais descontraída e cheia de gingado do programa. E claro, a dica que Nigel sempre lhe deu ao final de suas rotinas: encontrar formas de comunicar-se com o publico, o que acho que com esta performance até que conseguirá arrancar alguns sorrisos, como ele mesmo distribuiu durante a rotina.

Nota: B-

Rotina #8: George & Allison (Season 2)
Gênero: Jazz
Música: “Bahamut”—Hazmat Modine
Coreógrafo: Tyce Diorio

Review: Posso não ser lá grande fã do Tyce e suas criações, mas ele até que tem se saído bem feliz este ano, mas esta de longe foi uma boa rotina, o que não ajudou em nada George, que precisava de fato de algo que lhe permitisse consistência e conexão com a audiência. O grande problema é que nem se a coreografia fosse um pouco melhor, elevaria a situação do competidor. Com Allison da Season 2 ao seu lado, George tenta forçadamente se conectar com ela, mostrando uma personagem mais impactante e sedutora, porém nem mesmo o uso do bastão como terceiro membro da ação contribui. Cada movimento parecia ser simplesmente executado passo a passo e não fluido, o que é uma pena, pois sabemos quão excelente ele pode ser.

Nota: C-

Rotina #9: Eliana & Alex (Season 7)
Gênero: Contemporary
Música: “Bang Bang (My Baby Shot Me Down)”—Nancy Sinatra
Coreógrafo: Stacey Tookey

Review: Esta rotina poderia ser classificada como “Quarteto Fantástico“, afinal somando Stacey Tookey, Eliana, Alex a e voz de Nancy Sinatra, só poderíamos ter a melhor apresentação da temporada até então. Pela primeira vez em cinco semanas, vimos a real essência de Eliana, muito disto por que ela não podia alçar seu próprio voo devido à inexperiência de seu antigo parceiro Cyrus. Alex infelizmente teve que abandonar a Season 7 após romper o tendão de aquiles, mas nas curtas três semanas que esteve presente, literalmente explodiu nossas mentes com a rotina de hip-hop ao lado de Twitch. Desta vez sua parceria com Eliana se mostra mais simétrica ainda, considerando a especialidade clássica de ambos. Numa bela cenografia, os dois se movimentam como se fossem um só corpo e é partir desta relação, trouxeram maturidade, talento e força de igual pra igual. Merecidamente recebem aplausos de pé de todos os presentes, pois não é todo dia que se tem a oportunidade de presenciar uma pintura em forma de dança.

Nota:A++

Rotina #10: Audrey & Twitch (Season 4)
Gênero: Hip-hop
Música: “Sincerely, Jane”—Janelle Monáe
Coreógrafo: Dave Scott

Review: Quando se tem Twitch a seu lado, pode ter certeza que fará parte de uma rotina divertida, cheia de gingado e personificação da história criada pelo coreografo, neste caso Dave Scott. Mostrando uma relação de amor e ódio entre dois zumbis que dividem o mesmo caixão, Audrey mesmo que intimidada em fazer jus à presença de um dos preferidos de SYTYCD, mostra-se corajosa desde trancar-se num caixão sozinha até pra se soltar ao som da deliciosa canção da Lady Monáe, trazendo muita expressividade, carisma e sincronia.

Nota: A-

O triste momento da despedida chega novamente, então Cat chama o Top 10 ao palco para entregar os resultados da votação da semana anterior. Witney e Audrey ficam entre as mulheres e George e Chehon ficam entre os homens, colocando a ex-dupla novamente no Bottom, deixando claro que o publico reluta semana a semana a apertar o botão para votar em Witney e Chehon. O nome de Audrey era mais do que obvio dentre as menos votadas, pois com exceção da primeira ótima semana que teve ao lado de Matthew, a pequenina competidora só vinha decaindo.

George por outro lado é ume excelente solista, possui uma técnica impecável, porém sua falta de conexão com o publico e sua dificuldade em combinar técnica com personalidade o colocam mais uma vez na berlinda. Chehon pode ter tido este mesmo problema no inicio da competição, mas agora vemos um diferente dançarino, muito mais à-vontade em sua própria pele, conseguindo entregar-se na performance, tirando um pouco da tensão, esta existente para um bailarino clássico como ele.

Levando todos estes fatores em questão e mesmo com os quatro a se apresentar no “Dance 4 Your Life”, fica mais do que claro quem será eliminado esta semana, assim mesmo sendo um dos mais queridos e adoráveis, diremos adeus a George e Audrey.

Agora o ranking da noite:

Melhor dupla: Eliana & Alex

Pior dupla: George & Allison

Melhor performance masculina: Chehon

Pior performance masculina: Cyrus

Melhor performance feminina: Eliana

Pior performance feminina: Audrey

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s