Breaking Bad (5×05/06) – Dead Freight/Buyout


5×05 – Dead Freight

“Estamos apenas começando” – Walter White.

Como é fácil acreditar nessas palavras. Não sei o limite de Walter, ou mesmo do que ele é capaz. O protagonista é um microcosmo da própria série: Todos sabem os fins, mas os meios são incrivelmente inesperados.

Na cena pós-créditos, Walter vai até o cunhado chorar seus problemas conjugais, choradeira essa que demonstra e esconde o que está acontecendo entre ele e Skyler.  Nesse ponto achei ter visto o protagonista da primeira temporada,  cheio de medos e assustado, apenas para me surpreender no momento em que ele concretiza o plano de grampear o escritório. Foi interessante a forma com a qual a série usou do histórico do personagem para surpreender. Essa cena deixa claro que Walter não tem mais espaço em qualquer aspecto da sua vida, é Heinsenberg quem comanda agora.

Mike, Jesse e Walter interrogam Lydia em um galpão abandonado. A escolha desse clichê vem para inteirar a transformação deles em gangsters, em reis do crime. Graças ao grampo no escritório, descobrem que Lydia não colocou o GPS no barril de metilamina (eu descobri que há incompetentes na policia em qualquer lugar do mundo). Com o medo da morte, Lydia conta que há um grande carregamento da matéria-prima chegando de trem e que há um grande ponto cego em que seria possível roubá-la.

Todo o Brainstorm que envolve a forma de roubar a carga é muito bom, principalmente por mostrar como Walter está embebido do desejo de violência que Mike já possui. Foi muito bom ver Jesse se opondo a violência em todos os momentos em que os companheiros as escolhem, sendo o contraponto humano de Walter.

Toda a cena do roubo é um exemplo do como Breaking Bad sabe explorar a tensão dos seus acontecimentos.  É um daqueles momentos de golpe em que a série se tornou tão boa, que demonstra como a inteligência de todos se completa quando é realmente necessário e o quão fiel Jesse é ao seu mentor.  Tudo sem precisar reafirmar com diálogos. É só Breaking Bad não subestimando seu expectador.

Passado o golpe e com a metilamina em mãos é que o menino da cena pré-creditos aparece em sua motoca (havia esquecido ele).  O aceno do garoto é tão inocente quanto possível, ao contrario do tiro que recebe no peito. Todd pega a arma, como em um reflexo, e atira. Esse é o ponto em que tudo chegou: Não há mais inocentes, todos são culpados, mesmo que seja pelo azar (lembrando que Walter entrou nessa espiral de destruição pelo azar de ter tido câncer).

No fim, “Dead Freight” funciona como um quase filler, com apenas a ultima cena agindo para avançar a trama. Uma cena incrível, mas apenas ela. Um quase filler de Breaking Bad, um incrível quase filler.

5×06 – Buyout

Finalmente houve o confronto entre o Heinsenberg o Walter, aquele Walter que só queria o dinheiro para o tratamento e cuidar da família. E como é bom ver esse conflito.

O episódio começa com as conseqüências do assassinato do menino morto. Walter e Mike  cuidam da moto enquanto Todd desenterra o menino, Jesse está do lado de fora suprimindo sua raiva.. A trilha sonora pontual só aumenta o peso das ações. Cada peça retirada da moto é um momento de silêncio angustiante.

É bem claro que essa morte foi forte para o Jesse, a bussola moral do grupo. Uma votação sobre o que fazer com o Todd começa, e votam por não fazer nada, mantendo o Todd por perto para poderem vigiá-lo. É importante perceber a impotência de Jesse, como ele não consegue nem se livrar do homem responsável, essa impotência talvez seja o principal motivo de Jesse querer parar com a produção. Com o cerco se fechando sobre Mike, este também quer sair, apenas Walter se mantém irredutível em continuar a produção.

Porque continuar? A oferta de cinco milhões não é o suficiente? Qualquer um que acompanhe a série sabe que não. Todos sabemos que a ambição de Walter não tem mais nada haver com dinheiro (ele já queimou dinheiro e explodiu um carro antes), ele quer poder. Pela reunião de incríveis fatores, Walter conquistou seu lugar no crime e perdeu a sua família, a ironia é que ele entrou para o crime para cuidar da família. Agora o crime é tudo que lhe sobrou, mas faltava era o aspecto pessoal da decisão de continuar cozinhando, mesmo diante uma quantidade absurda de dinheiro. Quando Jesse pergunta o porquê é que esse aspecto surge.

Walter era passivo diante dos seus alunos e da forma com a qual o subestimavam.  Foi assim que o nosso protagonista viveu durante muito tempo, até o diagnostico. Naquele ponto Walter se tornou um agente, aquele que tem o controle da própria vida. Pode ser pela mistura de sorte e habilidade, mas ninguém mais pisa em Walter, ninguém o subestima mais. Quando o Sr. White contou a história da empresa que ele fundou, percebemos que a irredutibilidade dele com relação a parar de cozinhar nada tem haver com dinheiro, mas sim com o desejo de não voltar a ser o passivo Walter. Ele percebeu o quão bom é ser Heinsenberg.

Não deve ser fácil desistir daquilo que nos torna especiais. Não deve ser fácil escolher voltar a ser desrespeitado por adolescentes imbecis, ou voltar a ser ludibriados por aqueles que víamos como amigos. É assim que entendo quando Walter tenta roubar a metilamina, ou queima os pulsos tentando fugir (mesmo arrancar os pulsos seria algo justificável para mim, como expectador).

No fim, Walter tem uma arma apontada para a cabeça. É possível ver pelo olhar que é Heinsenberg que está ali, calmo e forte, como sempre foi. Percebi que o dialogo com Jesse e toda a cena com Skyler foi uma grande vitória do rei do crime. Quando o mike apontou a arma e veio aquele olhar calmo, percebi que Heins tomaria o controle da situação, afinal, é o que ele faz.

 

2 thoughts on “Breaking Bad (5×05/06) – Dead Freight/Buyout

  1. BREAKING BAD TEM UM NÍVEL PERFEITO!!
    E OS ATORES AJUDAM MUITO A FICAR MAIS FODA AINDA!!!

    Esse jantar de Skyler, Jesse e Walter foi tenso e demais!!! *-*

    Walter sempre se superando \o/

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s