The Newsroom (1×08) The Blackout Part I: Tragedy Porn


Este episódio possui uma única função: mostrar-nos o quanto o mundo do jornalismo se transformou no mundo do entretenimento. Neste episódio temos o confronto entre o IDEAL x COMERCIAL ainda mais evidente, trazendo a nós grandes momentos e discussões importantes, com diálogos impactantes, fortes e dinâmicos.

A série debate neste episódio o fato de uma notícia deixar de ser notícia e virar entretenimento. A série faz uma leve critica a jornalistas e jornais que apelam para o emocional do telespectador ao apresenta uma noticia que pode causar certo choque, jornalistas que acabam por centrar metade de seus programas repetindo o que já estão passando nas demais emissoras, dando aquele tom novelesco e dramático ao assunto e deixando para trás notícias que realmente importam.

Isto pode ser visto facilmente em dois momentos: a cena onde o anuncio da queda de audiência é feita e a pequena discussão entre Sloan e Mac. A falta de Inteligência Emocional dos telespectadores acabou por transformar a forma com que a notícia é feita e é entregue ao mesmo. A cobiça pela desgraça alheia acaba por deixar o telespectador cada vez mais burro, por assim claramente dizer. Por vezes culpamos jornalistas, mas a trama deste episódio deixou claro, devemos sempre nos lembrar de que não são executivos, atores, diretores que moldam a televisão, e sim somos nós que a moldamos, porém, infelizmente, não estamos por fazer progresso algum.

O episódio também nos mostrou um avanço na trama de Charlie que nos fora apresentado no episódio anterior. Esta trama é a mais promissora que está por ser trabalhada na série e esta não foge, em momento algum, de uma realidade possível, caso já não seja isto que está acontecendo. O fato do governo americano ter uma maquina que absorve qualquer informação através de celulares e computadores pode ser questão de seguranças para alguns, porém para outros é uma invasão de privacidade que não pode ser tolerada e é esta informação que é repassada a Charlie pelo seu misterioso informante, o Dr. Hancock, e este faz parte de um seleto grupo de pessoas que sabem da existência deste aparelho.

É fácil entender as razões pelas quais esta máquina fora criada, assim como é fácil entender as razões pela qual Hancock quer que sua existência seja revelada. A grande surpresa veio quando este revelou que o TMI também está por hackear computadores e a grampear telefones para descobrir as suas ‘notícias’. Este trunfo pode significar a vitória do News Night 2.0 perante os ataques de Leona, uma vez que o seu filho está envolvido diretamente com a maneira suja de adquirir grandes furos jornalísticos.

Fico feliz pelo fato de que a série mostrou um pouco mais de maturidade neste episódio. O fato de que não ficamos focados em relações amorosas e que Neal não ficou por tentar soar como um louco varrido fora interessante, deixara o episódio mais dinâmico. Só estou por ficar cansado do fato de que Will continua por punir Mac pela sua traição, a relação de ambos está por precisar de um desenvolvimento mais significativo e isto está por ficar repetitivo.

Todo o sacrifício que o News Night 2.0 está por fazer, remetendo ao tempo onde notícias era apenas entretenimento, tem como alvo a chance de residir o debate presidencial que está prestes a acontecer. Esta já é uma das cenas que mais desejo acompanhar e espero que a série mantenha-se corajosa, audaciosa e destemida e nos apresente uma cena fantástica protagonizada por este momento. Só a cena onde Maggie critica a plataforma de uma das candidatas me arrepiou por inteiro, não tem como não ficar ansioso pela continuação disso.

Entre tragédias pornográficas e julgamentos polêmicos, um blecaute fora o sinal que Mac precisava para seguir adiante com o News Night 2.0. A trama ainda não acabou, este é o primeiro episódio da série cuja trama trará um segmento direto no próximo episódio.

Mais uma vez The Newsroom apresenta um magnífico episódio, a série continua por prender a minha atenção e me fisgar com o seu talento nato de expor a realidade e de criticar a mesma.

2 thoughts on “The Newsroom (1×08) The Blackout Part I: Tragedy Porn

  1. Mais um episódio fantástico,e pra mim foi tão bom quanto o anterior.E uma coisa que eu adorei nesse episódio é que não colocaram a trama do Jim e da Maggie no meio de momentos tensos que nem no anterior.
    A mensagem que esse episódio passou foi ótima,porque a verdade é que os jornais de hoje em dia só colocam notícias ridículas e matérias ridículas porque quase todas as pessoas assistem,que nem eu parei pra assistir meia hora do Fantástico esse domingo,e 20 minutos eles ficaram falando sobre fantasmas,a matéria seguinte dessa foi sobre galinhas que botam 2 ovos,e depois uma fala,que não considero matéria de 30 segundos sobre o dono do Wiki Leaks falando que o site tem que continuar no ar e a verdade tem que ser mostrada para todos,eu cheguei a ver o discurso dele inteiro,e foi maravilhoso,e os cara não me falam nem 1 minuto sobre isso,é uma coisa que prova que de norte a sul no mundo acontece que o jornalismo não são mais notícias e sim entretenimento.
    Espero ver mais a Jane Fonda na 2ª temporada porque pelo amor de Deus aquela mulher dá uma aula de atuação,e faz o personagem dela que é bom virar maravilhoso,essa trama do Charlie com o News Of The World promete e muito,vai ser o que colocará o News Night 2.0 por cima do entretenimento e ao lado da notícia.
    E espero muito o próximo episódio,e o debate que só aquela cena da Maggie,como você mesmo disse,me arrepiou inteira.

    • Ah nem me fala, The Newsroom está por dar um show de qualidade, com diversas mensagens e criticas importantes, que outras séries não se dão o luxo de fazer.

      Jane Fonda é realmente fantástica e também espero uma prestação maior de Leona nestes últimos episódios, provando que sua persoangem é ainda mais magnifica que já aparentou ser.

      Atts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s