The Newsroom (1×07) – 5/1


Sorkin decidiu e tocou na ferida, não na ferida em si, mas sim no momento onde está começa a se curar. O ataque de 11 de Setembro é um marco na história mundial, é uma dor que o EUA, a tão arrogante e prepotente potencia mundial, não sentiu só, o mundo compartilhou a perca das quase três mil almas em um dos maiores e mais cruéis ataques terroristas da história. A bolha estourou e a América tremeu, sentiu pela primeira vez toda a sua força, toda a sua voz, sendo ignorada, sendo impotente. Não é necessário gastar linhas e mais linhas, parágrafos e mais parágrafos relatando a importância deste ataque no desenvolvimento de uma nova geração, no desenvolvimento de uma nova cultura, de um novo povo, todos nós conhecemos este drama e sabemos de suas conseqüências, não apenas para a população americana, mas também para a população mundial.

Acredito que será impossível fazer este review sendo imparcial, existem momentos na história da humanidade que requerem nossa atenção, até mesmo a nossa dedicação em tentar entender como tais eventos podem se tornar reais. O ataque de 11 de Setembro feriu o tão precioso orgulho americano, fora responsável por uma guerra e por mortes, po desejo de sangue, desejo de ter o seu orgulho de volta. Quando o Presidente Obama anunciou a morte de Bin Laden, muitos questionaram se este era um fato verídico, ou se era apenas uma lenda urbana na busca de cicatrizar uma ferida que ainda se encontrava exposta.

Focando no maior momento do governo e da população americana desta década, The Newsroom apresenta, por um ângulo diferente, o momento antes do óbito de Bin Laden ser anunciado pelo Presidente dos Estados Unidos. A série se superou em mostra uma tensão, uma expectativa jamais antes mostrada, cobriu com precisão um dos maiores eventos jornalístico da década.

Porém não fora só na cobertura jornalística dos eventos que a série se destacou, a série também soube expressar as mais diversas emoções das mais diversas pessoas sobre este incidente, tornando ainda mais crua e real. Não há um momento em si que mereça um destaque maior, há pequenos detalhes, pequenas cenas que demonstram o quão emotivo fora este momento para a nação americana. Seja este na cena de Charlie, com Don no avião ou até mesmo na cena onde uma garota que perdeu entes queridos no ato terrorista percebe que a morte de Bin Laden não será responsável por cobrir o vazio que a ausência destes lhe trouxe.

Ainda houve outra história por trás da morte de Bin Laden. O misterioso amigo que Charlie está por ter contato gerou um interesse e um mistério instantâneo, mostrando que há pessoas de alto escalão que estão interessadas no trabalho de Charlie, e conseqüentemente de Will, e que ainda há mais histórias promissoras a serem trabalhadas, envolvendo a própria emissora e o TMI, tablóide da mesma.

Os momentos finais foram perfeitos em todos os possíveis sentidos. Arrepiei-me inteiro ao ouvir a declaração não oficial do âncora sobre a morte de Osama, para logo em seguida a série mostrar o vídeo original do belíssimo discurso de Obama sobre o que este feito significa para uma nova geração da América. Não teve como não sentir o impacto emocional que a cena teve a pretensão de trazer. O final perfeito para um episódio que soube ser, em sua maioria, perfeito.

Só não darei a nota máxima para episódio pois este, infelizmente, pecou em alguns momentos. Momentos em que teve a maluca idéia de que era necessário desenvolver o relacionamento de Jim e Maggie. As constantes interrupções a densidade do episódio que esta trama proporcionou quebrou o clima algumas vezes, tirando a atenção para trabalhar histórias simplistas e básicas.

Poderia ficar por aqui e escrever mais algumas dezenas de palavras sobre a intenção deste fantástico episódio e a influência deste grande evento para a nação americana. Porém vou finalizar por aqui, a leitura tenderá a se tornar monótona e até mesmo repetitiva caso entre em detalhes de todos os ótimos momentos que este episódio apresentou. Basta apenas dizer que este fora um episódio que nunca esqueceria, não enquanto The Newsroom não surja com um ainda melhor.

Artigo preparado por: Well Fernandes

4 thoughts on “The Newsroom (1×07) – 5/1

  1. AH, não estou conseguindo encaixar essa série na minha programação!!!! =(
    A série deve estar incrível, suas notas pra ela são sempre altas!

  2. Esse episódio foi o meu favorito da série,uma coisa que eu sempre achei sobre Newsroom é eu amar o fato de eles incluírem coisas que aconteceram nela,mas sempre achava que se ela tivesse algum mistério ou drama não-amoroso interligado com os acontecimentos reais a série ficaria fantástica,e foi isso que aconteceu com o “call me late for dinner”,e me deixou ansiosa,um pouco mais que o normal,para o próximo episódio.
    Eu absolutamente amo tudo relacionado a idéias políticas,sejam elas Fascistas,Socialistas,Capitalistas ou Terroristas,e esse episódio apresentando a morte do Bin Laden me agradou muito por ter tocado nesse assunto,a declaração do presidente no final,tudo se encaixa,menos o fato de tentarem colocarem o romance do Jim e da Maggie no meio,que é minha única reclamação do episódio,mas no final o Will mesmo chapado conseguindo dar o discurso,que foi por questão um belo discurso,foi algo que deixou o episódio épico.
    Outra coisa que me agradou muito foi as pequenas partes de humor na série,e gostaria que elas continuassem,só que fossem assim,pequenas,nos episódios anteriores já tinha percebido isso,mas nesse episódio foi mais presente,mas conseguiu me agradar igualmente.
    Continuo amando essa série como sempre,e mais do que ansiosa para o próximo episódio

    • Concordo plenamente contigo, em todos os sentidos e em todos argumentos que colocaste.

      O mistério que se criou neste episódio deixou-me em extase em relação aos próximos e espero que este mistério nos traga muita coisa boa.

      Já também adoro o humor’despercebido’da série, que cada vez mais se aprimora em detalhes e consegue tirar sorrisos amarelos de nós.

      Atts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s