Alphas (2×01) – Wake Up Call (Season Premiere)


Alphas fora uma grata surpresa que a Summer Season nos trouxe no ano passado. Apesar de não me acostumar imediatamente com a idéia proposta pela série, com o tempo fui me aderindo a esta inovação que a série trouxe, explicando detalhadamente a origem de cada ‘poder’ e sem mostrar-nos nada de surreal como estamos mais acostumados. A primeira temporada manteve um ritmo crescendo e finalizou em um espetacular cliffhanger. Sendo assim, facilmente a série se tornou uma dos retornos que mais aguardava nesta Summer Season e, felizmente, esta voltou exatamente como me lembrava.

 No começo estranhei, mas agora, após refletir por algum tempo, aprecio o rumo que a série tomou para os grandiosos eventos do último episódio. Acontece que Rosen fora taxado como louco, que tudo o que este falava era imaginação do doutor. Achei interessante colocarem tal duvida na civilização mundial, alguns acreditaram nas palavras de Lee, porém para os outros se tratou apenas de mais um maluco dando trabalho em rede nacional.

 A temporada começa precisamente oito meses após os atos do Dr. Rosen e os primeiros vinte minutos do episódio serviram para nos introduzir a situação de cada um dos membros da Alpha Team. Cameron e Bill continuam trabalhando em busca de outros alphas, alphas que usam suas habilidades em proveito próprio no mundo do crime, mas desta vez este obedecem Nathan. Gary está por trabalhar em outro departamento do governo, porém, após problemas devido ao seu autismo, este é enviado a Binghamton. Já Nina fica por conquistar pessoas alheias na rua enquanto Rachel sofre para retomar o controle de seus poderes.

 O restante do episódio teve como função nos apresentar a trama da temporada e reunir o Alpha Team. A rebelião na prisão nos rendeu bons momentos e soube trabalhar bem as habilidades de cada um dos alphas ali presentes, gerando assim uma trama com um alto nível de suspense e que nos trouxe algumas surpresas ao seu final. Acontece que toda esta rebelião fora planeja por Stannis desde o começo, como um plano para soltar os prisioneiros de Birghamton e colocar Lee de volta a ativa.

 Nesta temporada voltaremos a trabalhar o grande embate da série: Humanos x Alphas. Dr. Rosen acredita que ambos podem viver pacificamente, porém o governo continua a insistir em tratar os alphas de maneira sub-humana, gerando assim uma ação semelhante dos alphas, que começam a ver os humanos como inimigos mortais. Algo me diz que nesta temporada teremos mais tempo para lidar com a trama principal da série, uma vez que esta fora a responsável pelos melhores momentos da temporada de estréia.

 Após a fuga em massa de perigosos prisioneiros de Birghamton, a presença de Lee e sua Alpha Team se tornaram mais do que necessária, porém Lee decide que não será o mesmo ingênuo que fora no passado. Lee luta por igualdade entre ambos os genes, e poderá fazer muito mais coisa estando a comando da prisão e da equipe responsável por trazer estes alphas perdidos, criminosos e até mesmo os rebeldes.

Esta fora uma boa premiere de Alphas. A série retornou precisamente como me lembrava e mostra um potencial para apresentar uma temporada superior a sua anterior. Infelizmente não terei tempo para dar continuidade aos reviews da série aqui na Casa, mas procurarei sempre estar por atualizar vocês sobre o desenvolvimento desta temporada. Temporada que, por sinal, já começou demasiadamente interessante.

A Casa de Séries não terá reviews semanais desta série, sendo este um caso excepcional devido ao fato de ser Season Premiere. Caso tenha interesse em dar continuidade aos reviews da série basta nos enviar um email para casadeseries@gmail.com com o review deste ou do próximo episódio.

 Artigo preparado por: Well Fernandes

2 thoughts on “Alphas (2×01) – Wake Up Call (Season Premiere)

  1. Só agora consegui pôr-me a par da série e chegar a este episódio, e não quis deixar de vir aqui comentar. Realmente uma série de um estilo que eu já começava a sentir falta, com cenas intensas e espectacularmente bem construídas de acção e suspense, muito bem feito quase todo o guião dos episódios. E digo quase porque os episódios em que a história fugiu ao principal tema da Red Flag, foram os menos interessantes. E mesmo dentro destes não consegui deixar de apreciar muito alguns deles… Depois de um espectacular final de primeira temporada a segunda começou MUITO bem, promete muito.
    E tenho de dizer que Gary entra para a minha lista de personagens preferidos, sem dúvida!🙂

    Aconselho a quem ainda não viu! **

    • Fez muito bem colocar-se a par desta série e concordo precisamente com tudo o que disseste sobre a série.

      E tenho que dizer que Gary é um dos meus personagens favoritos também… Ryan está simplesmente incrivel.

      Atts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s