The Glee Project (2×07) – Theatricality


“But be careful what you wish for ‘cause you just might get it”

Essa frase cai como uma luva pro desafio desta semana, mas eu diria que deveríamos interpretá-lano sentido inverso pra uma candidata em específico, ou seja, tenha cuidado com aquilo que não deseja, pois pode não tê-lo ao final. Após a intensa choradeira com a eliminação de Charlie no anterior, os oito competidores restantes enfrentam mais uma semana desafiadora, desta vez com a temática da teatralidade e ninguém mais apropriado que Grant Gustin pra ajudá-los. Enfim, o tão odiado Tião tem um background no teatro e considerando que as exigências são totalmente diferentes para o formato televisivo, está ali pra dividir um pouco de sua experiência.

Nunca imaginei que uma canção “I Hope I Get It” do clássico musical Chorus Line entraria na set list do programa, mas até que os competidores trouxeram algo diferente e com excessão de Michael e Nellie que estavam completamente tensos e desconfortáveis, os demais fizeram um ótimo trabalho, com destaque a Lily, Aylin – apesar de tentar mostrar-se impactada com a saída de seu amoreco –  e Ali, esta última que conseguiu usar sua expressividade a seu favor, rendendo-lhe de maneira divertida, o título de vencedora da lição de casa.

Grant ao lado de Robert anuncia que o vídeo será com a canção das Pussycat Dolls, “When I Grow Up” e que cada um representará um funcionário de supermercado que de repente transformam-se em ícones da música, ou seja, Michael será Elvis; Aylin será a Madonna; Abraham será David Bowie; Blake será Boy George; Lily será Cindy Lauper; Ali será Katy Perry; Shanna será Lady Gaga e Nellie será Britney Spears. Enquanto todos piram de alegria com o momento “Travestidos em Glee”, Nellie queima seu filme reclamando de “como em sã consciência alguém me coloca como B. Spears”. Entendo plenamente aqueles que não aguentam mais as “desculpas”, pois mesmo gostando da guria roca de TGP, é pegar ou largar e ela vem largando suas chances a semanas.

Pulando a coreografia de Zach que não apresenta grandes sinais de problemas pros competidores – pelo menos é o que a edição mostra – partimos para a sala sagrada da mega grávida Nikki e mais uma vez Michael lhe dá problemas, desta vez seguindo muito arrisca o conselho que ela lhe deu, pois ele treina e pensa demais antes de entrar no estúdio, mas desta vez não se preparou em nada, ou seja, 8 ou 80 com o Math Geek.

Abraham passou por uma situação delicada, mas nem tanto por causa de seus vocais e sim quando Nikki lhe faz a seguinte pergunta “Você se considera andrógeno?”. Ok, ninguém pode acreditar quando ele diz “Sou hetero”, mas acho que foi cutucar demais algo que realmente não precisava. Todo mundo ali precisa de um rótulo ou de um esteriótipo a ser preenchido? Sim, eu sei que precisa porque é assim que a Filosofia de Glee funciona, mas é muita apelação pro meu gosto.

Agora desnecessário, nojento e desrespeitoso foi colocar Shanna com o vestido de carne da Gaga. Ok este foi o figurino mais polêmico de todos os tempos, mas REALLY que precisava atacar tanto assim? Escolhas como estas não permitem em nada testar sua teatralidade, pelo contrário, servem como um teste de estômago, pois se o meu já estava embrulhado, imagine o da pobre coitada durante seis horas de gravação. Nellie novamente mostra resistência com sua nova persona, mas também digo que sensualizar com uma pratilheira de frutas não a ajudou em nada, ainda mais que  não foi possível que Blake seja seu Boy novamente, até porque, seu Boy George não curte a fruta da Britney Bitch.

Michael compensa todo o fracasso do estúdio, porém dos rapazes quem se destaca é Blake, mostrando-se extremamente a vontade, algo que ele associa com o convívio/abertura que tem com seu irmão que é gay. Shanna apesar de querer vomitar em cada take, sai-se bem, tanto em sua personificação quanto nos vocais, assim como Aylin que esbanja sensualidade em meio as idéias de simular a abertura das latinhas com o peitos pontudos da Diva M.

O prêmio MVP vai novamente para Ali e tenho que concordar plenamente com a escolha, pois a pequena manteve o padrão durante toda a semana, mesclando sua personalidade forte e sua expressividade. Agora a escolha do Bottom Three em termos foi óbvia, mas são as justificativas que tornam-se cada vez mais absurdas, pois agora ficará claro que daqui pra frente os mentores terão grande dificuldade em escolher “os piores”, afinal a turma deste ano apresenta um padrão bem elevado em relação ao da temporada anterior. Então Blake, Shanna, Aylin juntam-se a Ali, restando Michael, Lily, Nellie e Abraham.

Nellie é colocada na berlinda novamente por razões óbvias, já para Abraham usam a justificativa que ele “não sabe definir quem ele é” e por fim, surpreendendo a mim pelo menos, Michael é salvo, restando Lily, pois segundo Zach, a garota não soube incorporar sua Cindy Lauper interior. Lily chega a mais uma berlinda e cantando com dignidade a melancólica “Someone Like You”, porém tentar forçar uma emoção que só a Gordinha Original consegue, foi além dos limites, querida. Agora o que foi a justificativa “você estava se divertindo demais durante o vídeo?”. Posso não lá ir com a cara dela e sim, ela sempre encontra maneiras de se auto-proteger jogando a culpa nos demais, mas sempre torço que fique entre os menos só pra poder vê-la soltar as garras pra cima da Gazela, esta que fica bege com a quantidade de “f*&¨%$#@#” que saem em sua direção. Ela ganha meu voto pelo simples fato de não lamber as bolas gastas da Lady Murphy.

Fiquei um pouco surpresa com Abraham no Bottom Three, pois apesar de tudo que passou com Nikki nos estúdios ele incorporou suas peculiaridades durante o vídeo. Uma coisa que me incomoda tremendamente é este “I Love You Ryan Murphy” e a patada que leva quando Murphy diz pra “parar com o ato de Diva” foi mais que merecida. Sua performance de “Stereo Hearts” foi uma de suas melhores até então e o rapaz finalmente decidi abraçar seu “Monster Side”, após uma choradeira bem incomoda e diria até forçada, algo bem Lindsay Pearce de ser na temporada passada, Sorry Aspengers.

Nellie prova com “I’m the Only One” que seus melhores momentos são no Bottom Three, o que não ajuda em nada, afinal o que esperam dela é antes deste momento. Gazela Murphy não perdoa e pergunta quem ela teria escolhido, pois ficara nitidamente desconfortável em ser Britney por um dia. A resposta veio da pior forma: não sabe e é este constante “I don’t know” que é sua sentença de morte definitiva. Nellie ganhou simpatia do público deste o inicio, inclusive a minha, mas seu congelamento feat insegurança transformou-a numa competidora apática que não conseguiu encontrar maneiras – nem mesmo após tantos direcionamentos e conselhos – de se destacar, ficando evidente que não sabe quem é ainda e o que quer. Mesmo com uma tristeza no peito, sua saída foi justa, mas espero sinceramente que ela carregue desta experiência toda, novas maneiras de encontrar-se, pois seu talento é nato e ninguém deve tirar isto dela, nem mesmo sua insegurança.

Artigo preparado por: Mary Barros

16 thoughts on “The Glee Project (2×07) – Theatricality

  1. Nellie sempre foi a minha preferida desde o início. O seu jeito awkward de ser e a sua voz diferente e poderosíssima fez-me adora-la. Eu já estou um bocado mais conformado com a sua saída, mas mesmo assim acho que foi injusto.
    Há um favoritismo notável em The Glee Project, eles protegem Michael demais, por muito que ele erre. Ele sem dúvida deveria estar no bottom 3 esta semana. Mas Zach, Nikki e Robert vêm qualquer coisa nele, que eu, sinceramente, não vejo.
    Agora parece também que querem boicotar Nellie à força toda. Ela disse tudo quando comentou “Why do you always do this to me?” Como li num comentário por aí na internet, para Nellie, todas as semanas eram sexuality week, foi-lhe sempre imposto o papel da sexy, não a deixando brilhar como deve ser. Eu acho que o juri (se é que lhes posso chamar assim) não são imparciais, eles escolhem favoritos, e parece-me que prejudicam outros.
    Falando de outros concorrentes, destaque para Ali, que vem fazendo um ótimo trabalho, e para Blake, Shanna e Aylin, que em conjunto com Nellie seriam os meus candidatos favoritos à vitória final. Achei também a cena da carne escusada, havia muitos outros vestidos malucos de Lady G que Shanna poderia usar, mas escolheram logo o pior. Mas uma salva de palmas em pé para Shanna que conseguiu aguentar aquilo com o maior dos profissionalismos.
    Não consigo gostar de Abraham. Tal como Murphy disse, ele é diva. E a sua maneira de cantar é muito estranha. Ele por vezes faz uns sons que faz lembrar uma cadela doente…
    Esperava também mais de Lily, a sua prestação de Someone Like You foi fraca, gostei da cena de freak out dela, e de certa forma ela tinha razão quando a culpa foi de Zach, ela estava apenas a seguir as direções dele.
    O bottom 3 para este episódio seria Abraham, Michael e Nellie, e Nellie não merecia sair, ela merecia era que lhe dessem outro papel mais parecido com ela, como fazem aos outros todos.
    Mas enfim, estou grato ao TGP por me terem deixado conhecer Nellie, vou seguir as suas publicações no Youtube, e penso que ela será uma nova Lindsay, que é a concorrente de TGP que mais sucesso tem fora do reality (ela agora é estrela de musicais). Espero ouvir novidades de Nellie em breve (talvez um papel permanente em Glee, como casal principal com Blake, seria perfeito!)

    XOXO

    • Ah claro que protegem o Michael gente, é só perceber a carinha do Zach, Rob e Nikki toda vez q ele surge ou canta ou faz qlq coisa… Aquela babe face não me engana.

      Sei lá não tenho mtos favoritos, mas estou com a Shanna, afinal sempre foi minha TOP TOP junto com Nellie e dos boys o Blake, sempre gostei do grandalhão, não sometne por seu “GOOD LOOKS” rsrssr.

      Oq vc disse faz sentido sim, eles forçaram um esteriotipo de sexy-apeal com ela, algo que NÃO EXISTE, seria a mesma coisa q tentar isto no Tyler por exemplo, não tá de acordo com a personalidade, até entendo q as vezes tentavam sacudir um pouco as coisas, mudar e talz, mas não é bem por ai, ainda mais TODA A SEMANA.

      Agora é continuar seguindo o trabalho da pequena Nellie e ver quem ganha essa bomba😄

      XOXO

  2. No meio de Katy Perry, Madonna e Lady Gaga… Britney é que é eliminada… Adorei este episódio!

    Esta Season 2 de TGP está muito mais crocante do que a temporada anterior e já encontro-me mega ansioso para o episódio da próxima semana, que promete se mostrar ainda mais interessante do que este.

    Acho Abraham superficial, Lily carrancuda e Michael sonolento… Acredito que estes serão os próximos três a serem eliminados.

    Nellie, te adorava guria… Mas vai pro The Voice ou qualquer outro programa de competição vocal, pois, para ser atriz, você não tem jeito não. Sorry?

    Atts

    • Bem isto mesmo Prom Date, Nellie tem cara de The Voice e não Glee, alias é mto talento pra pouca boxxta de programa, sooo sorry mas daqui em diante se envolver ou continuar envolvido com a produção é atraso de vida e potencial.
      Ps: Ainda estou divorciada da série e tudo relacionado, principalmente as news que surgem pra Season 4.

  3. Bem ,de seguida sairam os meus preferidos, Charlie e Nellie… E agora por quem torço? Não sei… Lol. Talvez Blake.
    Compreendo um pouco a saída de Nellie apesar de ter ficado triste, já me conformei. Gostava de a ver em outro tipo de reality show, só de canto, acho que aí ela era capaz de se dar bem…

    **

    • Só agora li do Well, é isso mesmo, aí teria sucesso num reality desses, porque realmente representar não é para ela.
      E já agora, aquelas cenas de choro e lambe botas é algo que já começa a irritar, e realmente faz lembrar Lindsay. Enfim, tou curiosa para ver qual a conclusão disto tudo!

    • Hahahahah to sem opção, mas como sempre fui Nellie e Shanna, fico com a loira agora, apesar que algo me diz que ela não fica pra final, uma pena…

      Nellie não tem perfil pra TGP e foi bom ter saido mesmo, mto talento pra pouca boxta rsrssr

      XOXO

  4. Ah, primeiro ÓTIMA REVIEW!!

    Mas gente, sacanagem ficarem falando tanto assim da Nellie, ela mostrou SIM um pouco de talento como atriz em alguns momentos, claro que não foi suficiente, mas essa semana entre Abraham e Nellie, foi injusto!!
    Acho que atuar vem com o tempo, já que ela nunca foi de praticar pelo jeito, e sei que esse programa a pessoa precisa se esforçar em 1min, mas poxa, ela é tão mas tão apaixonante!!!!!!! Me apaguei demais, e odiei esse eps pelo fato dela ser eliminada agora!

    Lily se acha muito rainha, mas sua personalidade é forte e isso é bom, só acho que ela não vai chegar muito longe se continuar assim….

    Abraham pra mim é Gay, só que ele não se aceitou pra si mesmo, pq se ele não fosse, não ia se abalar com a conversa da Nikki! Mas apenas quem é sabe o quanto isso é difícil e eu entendo ele, e tb acho que foi exagero da Nikki cutucar essa ferida.
    E os “i love you” pro Ryan está irritando, aah que raiva, era pra ele ser eliminado e não minha menininha u.u!!! rsrs
    Só que foi bom demais as patadas que ele levou.

    Gostei da Ali nesse eps, a voz dela deu uma melhorada e ela se jogou e o papel de Katy foi ótimo!

    Não achei que foi exagero o vestido de carne, achei genial pelo fato que foi um desafio pra Shanna, e adorei que ela conseguiu se segurar muito bem, ficou uma linda GaGa, não tão perto da original, mas deu conta do recado ali.
    GaGa❤😛

    Eu achei muita sacanagem tanto o papel da Nellie como a filmagem pra ela, foi só pra estragar, nada a ver ela ali perto das frutas olhando pra cima, isso não ia dar certo mesmo!!! Pfvr a culpa não é dela, se dão um cenário que não traz nada de bom. =(
    Ainda estou com raiva, Nellie foi a que eu me apaguei já no 1º eps!
    E a cada semana, ela me animava ainda mais, e If I Were A Boy foi sensacional
    (http://www.youtube.com/watch?v=oG2hXRxVrjY) *—-*❤

    EU AMEI MUITO A VOZ DELA, E ESTOU REVOLTADO DEMAIS AQUI!!!
    E sei que ela merecia mais chances, pq acredito nela, e foi foda vê-la chorando e dizendo grandes palavras!!!!
    Espero que só venha coisas boas pra vida dela…

    Ryan _|_

    =)

    • Queridão longe de mim, Nellie 4 THE WIN sempre, mas Glee não é pra ela, fico até feliz, pq ela é uma POOTA cantora e considerando que quase NGM ali é, até mesmo do ORIGINAL CAST, é efetivamente um ATOR/ATRIZ, acho bom que ela foi embora mesmo, talentos como o dela e do Cameron por exemplo tem que ficar longe das garras do Gazela. FIKADIKA rsrs

      Tb achei que a Shanna ahazou no desafio, mas ainda assim acho UOH colocar carnes, é agressivo demais, enfim…

      Lily é um amor e odio, mas pro odeo, mas gente assim que bate de frente no showbiss é dificil de achar, o problema é mesmo oq disse “não deve chegar longe”, mas algo me diz q ela tá entre os 4 na finale, alias arrisco dizer que tá entre Blake, Aylin, Lily e Michael, BLAFT pra este ultimo.

      E quanto quem deveria ter caido fora neste, nem digo o Abraham, chutaria o MICHAEL, prontofalei.

      XOXO meu amado.

      • KKKKKK ri demais!!!! hehe
        Entendi, ok ok, mas eu gostei dela ué e pra mim a voz dela foi a melhor da 2ª temp.

        Nem quero ver depois que Michael e Abraham saírem, ai o bicho vai pegar!!! hehehe

        Michael é uma belezinha e a voz dele é gostosa, diferente!
        Mas esses deslizes dele está foda, vamos ver…

        xoxo linda❤

  5. Acertei que sairia a Nellie. Para os proximos episodios aposto que o Michael e o Abraham.

    Foi muito injusto ser a Lily no 3 ultimos, não merecia. E ela realmente perguntou como imitar a Cindy Lauper

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s