Dallas (1×07) – Collateral Damage


Está na hora de controlar os danos, fazer uma vistoria rigorosa nas situações, encarar os problemas e sofrer as consequências. Este sétimo episódio traz problemas a serem resolvidos e novos problemas a serem criados, fora um episódio digno de Dallas, cheio de intrigas, de relacionamentos amorosos e de um arrebatador sentimento de orgulho.

Já havia comentado em um review anterior que o que move Dallas é o orgulho e a ambição que seus personagens possuem. E pudemos observar isto novamente na ação de Rayland e em John, porém orgulho de ambos não o levaram a lugar nenhum, apenas Rayland conseguiu alcançar um pouco do seu propósito.

Começamos por Rayland, que após ser humilhado por Bobby na última semana, faz a sua vingança e ameaça prender Bobby por lhe ter agredido. Claro que prender Bobby não era a intenção de Rayland, mas este queria humilhar Bobby ao fazê-lo pedir desculpas, mas a verdadeira intenção de Harry era fazer Bobby descobrir algo tenebroso do passado de Ann, e nesta parte o seu plano fora um total fiasco.

Começo a encontrar-me curioso em saber o que Anne fez. O roteiro está nos deixando acreditar que isto envolve alguma criança morta, algum acidente pela qual Ann se sente culpada. Gostei do desenvolvimento que Bobby e Ann obteve neste episódio, fora simples, bonito e até mesmo emocionante.

Não consigo gostar de Christopher. Acho o personagem superficial, forçado e muito irritante. Adorei quando o roteiro o trollou e em vez de um único bebê, Rebecca está grávida de gêmeos. Gosto de Rebecca, porém gostaria de ver esta em uma posição mais passiva-agressiva, mostrando um lado mais forte de sua personalidade.

Outro personagem que não me agrada é Elena. Esta sofre da síndrome de protagonista boba e sem sal. Nem mesmo com esta se aliando a John Ross em busca de salvar a pele do garoto parece ser interessante, e ver esta ser disputada por John e Christopher não soa interessante, nem de principio.

Na ausência de JR e seus planos mirabolantes para dominar o mundo, John domina a série. Sua ligação com Vicent, seu plano para se livrar de Veronica, e a forma com que as coisas tendem a sempre dar errado parta si. Tentou usar de sua influência para retomar o controle do petróleo de Southfork e não conseguiu e agora está por ser suspeito do assassinato de Veronica, John insiste em cometer erros e mais erros e uma hora ou outra terá que enfrentar as consequências.

Enfim, Dallas mantém-se interessante e constante, apresentando dramas e histórias capazes de se conectar com o telespectador.  A temporada ruma em direção ao seu final e promete trazer bastante emoção, principalmente quando tivermos Jr e Bobby cara a cara e a situação em Southfork ficar ainda mais impossível de ser sustentada.

Artigo preparado por: Well Fernandes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s