Breaking Bad (5×01) – Live Free or Die (Season Premiere)


Ascensão! Foi esse o termo que me passou pela cabeça durante os quarenta e dois minutos de exibição dessa incrível Premiere.

No momento em que Walter disse aquele “I Won!” houve um auto-reconhecimento do personagem. Foi ali que o nosso protagonista percebeu a mudança que aconteceu em si, que Einsenberg deixou de ser um lado da personalidade que ele teme, para ser o dominante. Esse retorno parece fazer questão de provar essa minha interpretação.

Quem viu o piloto da série pode se lembrar de Walter sendo humilhado pelo dono da lava – rápido e um adolescente metido. Porque alguém acha que pode humilhar outra pessoa? Pela certeza da impotência alheia, por que não se teme a retaliação do próximo. Walter aceitava provocações não por um código moral ou por sua paciência, mas porque ele era completamente impotente sobre o mundo que o cercava. Quem viu o mesmo episódio lembra que, depois do diagnostico, Walter começa a se rebelar contra o seu status quo (ao bater no garoto que provocava o Junior). Esse é o primeiro momento de liberdade do desejo da mudança, do poderoso agente chamado Einsenberg, que agora deixou de ser um impulso para ser o raciocínio.

O episódio foca nas conseqüências da Season Finale. Nem tudo foi devidamente resolvido, pois Gus tem um laptop contendo imagens que podem incriminar Walter, Jesse e Mike, que cai nas mãos da policia. Esse estranho grupo tem de destruir esse laptop antes que ele seja visto e todos sejam expostos. Repare como desejo destrutivo de Walter começa a se manifestar no momento de ter a idéia para resolver toda a situação. No fim, é Jesse quem tem a genial idéia do imã, capaz de apagar o HD do computador. Mesmo assim, é Walter quem arquiteta tudo e torna o plano impecável.

Há ainda uma cena incrível que sacramenta a mudança do Walter ao longo da série: no momento em que Saul tenta se desligar do protagonista. Repare no como a câmera foca os dois personagens em contra-plongé (de baixo para cima) e escolhe por focar Walter decidido, enquanto Saul desvia o olhar e novamente foca o Walter. É uma forma técnica de a série colocar uma disputa de poder entre os personagens, nesse ponto é claro que Walter não é mais o que era, pois agora ele não aceita ameaças, desistências ou fraquezas. Agora ele está no controle.

No outro plot, Skyler tem a primeira vitima do seu envolvimento direto com as atividades do marido. Ted continua vivo, mas apavorado diante do poder que a senhora White já possui. É-me muito bom ver que a personagem se encontra na sua própria jornada de transformação, percebendo que intenções pouco importam nesse universo em que certo e errado tem uma linha muito fina. Talvez Skyler tenha se sentido um pouco como fez Walter se sentir no começo do episódio, ao dizer que tinha medo dele, porque Ted disse exatamente a mesma coisa.

Sinceramente, “Live Free or Die” teve uma simetria desconcertante entre seus plots, ótima evolução dos personagens, assim como uma incrível evolução da narrativa. Não sei que nota dar para o episódio, pois não tive nenhum outro para colocar em comparação, sendo assim, coloco a nota mínima que acho que ele merece. Caso reveja e me ache injusto, em um impulso, mudarei.

P.S: Curioso demais para ver como as coisas chegarão ao como à cena inicial mostrou

Artigo escrito por: Murillo Martins

3 thoughts on “Breaking Bad (5×01) – Live Free or Die (Season Premiere)

  1. AH! MORRI/ APENAS!

    Lembro que nessa mesma época do ano passado, eu ficava a olhar as notas de Breaking Bad e era sempre alta demais!!! E sempre ouvia todo mundo falar bem da série e tudo mais, assim dei uma chance e olha com certeza eu estava perdendo tempo e encontrei uma série única, diferente e sensacional!!!!

    Agora sim posso vim comentar com uma satisfação enorme!!!!
    Breaking Bad tem esse seu lado foda, que só ele consegue fazer, e eu não esperava nada mais que um grande eps como esse!

    Os minutos iniciais sempre são de grande importância para o eps e completamente intrigantes!
    E esse foi completamente FODA! Quero muito saber como Walter chegou onde está, desesperado pelo jeito, não sei, muito curioso, talvez só desenrole isso mais para os finais dessa temp.

    Você disse tudo sobre o Walter o quanto o personagem cresceu da 1ª temp. até agora, quem ele se tornou!!! INCRÍVEL!

    Skyler é completamente foda, eu adorei todos os momentos dela na 4ª temp. *-*
    E não sei se ela vai ter mais peito pra tanto poder, agora que vê o Ted com aquela situação ‘-‘ E com medo dela.

    Eu adoro o Mike e bom saber que ele não morreu, iam perder um grande personagem, e ainda mais um amigo de Jesse ;D

    Bom demais, toda tenção que foi esse eps, passou rápido demais!!!
    Quero muito mais, o ruim é pensar que esse ano só teremos 8 grandes eps. =(

    VAI QUE VAI BREAKING BAD!!!!!! *-*

  2. All the Hells Breaks Loose… Breaking Bad is back, bitches!!!

    Simplesmente a melhor série da atualidade, retornou em grande, um episódio tenso e bem articulado, mostrando as razões por quais esta série é realmente fantástica.

    Não há como dizer se Walt aind aestá vivo, como tú mesmo disseste Einsenberg tornou-se dominante, viste a fantástica cena deste com o advogado.

    Enfim, as expectativas eram altíssimas e Breaking Bad não decepcionou…

    Excelente Review…

    Atts

    • Desconcertante! Virei criança vendo BB.
      É muito estranho quando assisto qualquer coisa sem pausar.
      Essa temporada tem tudo para ser a melhor da série!

      Obrigado Well.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s