Death Valley – 1ª Temporada (2011)


Atualmente a televisão sofre de uma infestação sobrenatural. Todas as emissoras possuem, ou tentaram possuir, suas séries centradas em criaturas místicas e seres do mundo das trevas. A The CW possui o seu The Vampire Diaries e a HBO traz True Blood, ambas centradas em vampiros, a MTV nos apresenta Teen Wolf, que mostra o universo dos lobisomens, e até mesmo a AMC possui sua série sobrenatural, a poderosa The Walking Dead, que nos apresenta um mundo pós-apocaliptico infestado por zumbis. Todas estas séries possuem seus méritos, seus dramas e seus defeitos.

 Com todas as grandes séries renomadas citadas acima, o que destaca em Death Valley que nos faz querer assistir mais uma série sobre o mundo sobrenatural? Simplesmente o fato de que Death Valley não se assemelha a nenhuma das séries citadas acima. Sim, esta envolve completamente o mundo sobrenatural, porém esta encontrou uma abertura extremamente cômica e despretensiosa em relação a este assunto, tornando-se diferente de qualquer outra série sobrenatural que esteja no ar atualmente.

 Death Valley é uma comédia tipicamente americana. É uma série exagerada, recheada de palavrões, momentos obscenos e um humor tipicamente adolescente. É uma comédia trash que se utiliza de um roteiro ágil, despretensioso e engraçado para compor seus episódios. A série nos apresenta o dia-a-dia de uma força tarefa que tem como objetivo a captura, ou a morte mesmo, de seres sobrenaturais que invadiram a cidade. Estamos por falar de lobisomens, vampiros e zombies, tudo em uma série só.

 A série tinha todos os elementos possíveis para se tornar uma grande piada, e, de certa forma, esta é uma grande piada, porém uma piada que conseguiu encontrar a sua graça por todo o caminho que percorreu. O roteiro beirava o absurdo em diversos momentos, tivemos diversas coisas bizarras a acontecer como lobisomens serem astros de filmes pornográficos, vampiras que fazem programa porém recebem em sangue e não em dinheiro, zombies explosivos e vampiros que controlam zombies. Enfim, foram tramas absurdas porém que conseguiram se mostrar engraçadas e descompromissadas e esta era a premissa da série desde o seu principio.

 Os personagens que a série nos apresentou mostraram-se ótimos com o decorrer da temporada. São todos estereopados, que seguem a risca suas personalidades egocêntricas e possuem, para a nossa alegria, diversas atitudes irracionais. A série soube exatamente como formar as parceiras e deixar o roteiro mais engraçado, duplas como John e Carla, Billy e Joe, Dashell e Kirsten possuem personalidades que se completam ou se diferenciam, como no caso de Billy e Joe, o que traz uma ótima dinâmica entre as duplas.

 A série não possui uma mitologia própria. Não há uma razão propriamente dita pela qual os monstros começaram a surgir ou o por que destes existir. Tudo o que sabemos é que estes tem de morrer, não podem machucar humanos e quanto menos melhor. A função da Undead Task Force não é saber a história destes, é atirar primeiro e perguntar depois.

 Enfim, se procura uma grande série sobre seres sobrenaturais, Death Valley certamente não será a sua série. Agora se procura uma diversão sem compromisso, uma piada pesada, porém extremamente engraçada, sobre pessoas e criaturas estranhas, Death Valley certamente deve ser uma série que tens a obrigação de conferir.

 A MTV ainda não nos entregou uma posição sobre o futuro da série. Sendo assim, não é do conhecimento geral se a série terá uma segunda temporada.

 Artigo preparado por: Well Fernandes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s