True Blood (5×04) – We’ll Meet Again


Os erros cometidos pelo episódio não são repetidos e True Blood nos entrega um verdadeiro episódio que dá segmento as tramas que a série vem por trabalhar nesta quinta temporada. O episódio conseguiu o feito de desenvolver algumas tramas, concluir outras, sem ficar preso em nenhuma delas e sem fazer nós perdemos o interesse pelas mesmas. Claro, sempre haverá aquela trama que lhe chama mais a atenção a outras tramas que poderiam ser descartadas, mas ainda assim o episódio soube balancear bem os destaques de cada uma no decorrer destes cinqüenta minutos.

Houve, a meu ver, duas tramas que podem ser chamadas de a alma do episódio, sendo elas o relacionamento de Eric e Pam e Sookie. Sim, meus caros, Sookie saiu do esconderijo onde sua personagem habitava e voltou a me conquistar. Sinceramente, não sei as razões pelas quais muitos desgostam da personagem, esta sempre foi uma das minhas favoritas e acho que o papel se encaixou perfeitamente para Anna Paquin, que se mostra ainda mais confiante interpretando a fadinha. Não tem como não sentir dó das inúmeras tragédias que a vida da garota já fora envolvida, Sookie demonstra isso no episódio com perfeição, em ótimos momentos de Paquin. Apenas desgostei do final, fora bem clichê esta ficar com Alcide justamente quando Eric e Bill estavam por ir visitá-la. Fora bom ver que a personagem pode voltar a nos encantar, principalmente quando esta não se mostrar presa em uma trama sem sentido com Tara.

Tara fora salva pela Pam, mas isso não fora novidade alguma, sabíamos que isto aconteceria. Não teve como não se emocionar com a relação de Pam e Eric neste episódio, primeiro fora a briga que gerou uma das melhores cenas de ambos os personagens, e, com certeza, o melhor momento destes nesta nova temporada. Depois veio a libertação, com Eric a libertar Pam do elo que os une apenas para que esta continue sua linhagem, para que esta não encare o mesmo destino que seu criador: a verdadeira morte. Neste momento me emocionei, ambos são meus personagens favoritos e ver estes ligados de uma maneira tão única e sentimental fora intensamente emocionante. Quem diria que True Blood voltaria a emocionar?

Uma conclusão ao caso Debbie Pelt fora encontrada e espero que esta trama não volte a fazer parte desta temporada. Alcides mentiu para proteger Sookie, Jessica hipnotizou Andy para fazê-lo esquecer de tudo relacionado ao sumiço da lobiscate. Com uma trama a menos, fica mais fácil para a série desenvolver as demais que está por criar.

Uma das novas tramas pertence a Andy e Jason. Sim, esta dupla gerou momentos hilários e interessantes na segunda temporada, porém ambos encontravam-se perdidos e inúteis nas temporadas a seguir. Não sei o que a série pretende ao inserir toda aquela boate administrada por fadas e nem estou muito esperançoso sobre a qualidade da trama que irá sair daqui. O que me deixou interessado fora a revelação de Hadley ao dizer que os pais de Jason e Sookie foram originalmente mortos por vampiros e não em uma enchente, assunto que gerou a confusão que nos entregou o cliffhanger deixado pelo episódio.

A trama de Terry teve um destaque maior neste episódio do que nos anteriores, porém ainda soa desconexa e, apesar de ainda ser interessante, desnecessária. Descobrimos através de alguns flashbacks que o pelotão de Terry e Patrick foram responsáveis por um pequeno massacre ocorrido no Afeganistão. Ainda não sei o que isso tem a ver com o que vem assombrando os rapazes e acho bom a série começar a dar algumas respostas antes que fique tudo ainda mais chato.

Estou meio perdido em relação à trama de Sam. Não faço a mínima idéia de onde esta pretende chegar ou precisamente se há uma verdadeira trama a circular o personagem. Os amigos metarmorfos do personagem são encontrados mortos e a causa de suas fatalidades não fora mostradas, apenas notei uma espécie de buraco, que suspeito ser de bala, na cabeça da mulher. O que será que está atrás de Sam. Será que o bando de Marcus ainda busca algum tipo de vingança com o personagem ou será que estamos perante um novo vilão?

A Autoridade também teve o seu destaque e esta continua por ser uma das coisas mais interessantes que esta temporada nos trouxe. Roman mostra-se cada vez mais determinado a extinguir com os sanguistas, nem que para isso tenha de aniquilar alguns de seus próprios ministros, que se mostram instáveis e com tendências a ir contra o ensinamento que a Autoridade prega.

Este, assim como o segundo episódio desta temporada, soube manter o clima interessante e nos apresentar de uma forma mais rica e dinâmica as tramas que a série pretende explorar nesta temporada.

More Blood:

…:: Alguém sabe a localização do SaFADINHAS’s Night Club?

…:: Lafayette bancando o Mago Negro, o mago da magia negra, ainda não mostrou o seu propósito. Isto se este realmente terá algum.

…:: Sookie sua linda, tava demorando para você ir para a cama com alguém. Agora posso dizer que entendo a razão pela qual Alcides está na série até hoje.

…:: Por falar em Sookie… Alguém mais acho que esta tem talento para ser uma bela compositora? Aposto que suas letras seriam melhores do que a de muitas canções que ocupam 1º nas paradas ao redor do mundo.

…:: “Congratulations, you’re now a Grandfather…” Pam, sua linda, sempre entregando as melhores quotes do episódio.

…:: Where is Russel???

Artigo preparado por: Well Fernandes

2 thoughts on “True Blood (5×04) – We’ll Meet Again

  1. Hey Well!
    Ae, True Blood tem salvação, não é mesmo. (:

    Gostei muito desse eps, claro que não foi perfeito, mas foi um daqueles eps que passou rápido e foi gostosinho de assistir.

    Vou começar pelas coisas que não me chamaram tanta a atenção.
    Lafa, sério? Oq estão fazendo com ele, nada a ver, acha sua historia sem graça!
    Sam, nada de importante tb, será mesmo um novo vilão? Hm, eu creio que só vem coisas chatas ai pra ele kkk, ele é um daqueles personagens que atraem só coisas ruins pra si.
    Tara, como eu disse, Pam a salvou e pelo menos ela deu uma acalmada, mas mesmo assim, ainda queria ela morta. (:
    Andy e Jason foi legalzinho essa semana, só pelo fato do Jason saber mais sobre seus pais, e achei muito engraçado aquele lugar das fadas, realmente safadinhas KKKKKKKK

    Terry já me intrigou de novo! Dá pra ver que ficou confuso, mas tb vemos que o carinha lá, que esqueci o nome, atirou nas pessoas meio como se estivesse possuído ou sei lá oq, e tb gostei da direção com aquelas cenas, muito legal! Só espero que renda alguma coisa interessante. Só que eu jamais imaginava que chegaria a ser uma coisa assim, pensei que fosse mais forte ou mais macabro.

    Sookie e Alcides aaaaahh, já sou TeamAlcides hahaha😛
    Adoro o personagem, e ainda mais com a Sookie, e nossa, que cena engraçada a dela bêbada kkkk ela realmente nasceu pra ser uma Sookie hehe
    Ficou Ciclê mesmo bem na hora dos dois se pegarem, o Eric e Bill aparecerem assim rsrs Dois “cornos”, mas o Bill é muito mais haha😛

    A conversa de Jess e Bill foi pequena e vaga, mas significativa muito legal os dois *-*

    Só que nada compara a melhor cena do eps que só Pam e Eric podiam conseguir fazer *–*
    Lindo, sim, lindo demais todo amo de Pam por Eric e toda admiração de Eric por Pam, muito foda, emocionou muito!!!

    E eu estou adorando as partes da Autoridade. Roman já me ganhou *-*
    Eu sabia que era o menino que ia morrer, estava mais que na cara, mas foi legal toda emoção que o ator conseguiu mostrar, toda raiva e toda força! PQP essa foto dele com o sangue no rosto foi demais da conta!!!
    True Blood mostrando suas cenas boas que só ela sabe fazer. (:

    Russel vai sambar muito quando aparecer, vc vai ver só, e a Sookie que se cuide hehe

    Bom, que a série continue assim, e vamos que vamos haha
    Até a próxima em True Blood Well \o’

    • Parece que sim Ander. Parece que nosso True Blood tem salvação, só espero que no próximo episódio não voltemos a dar mais uma volta na montanha-russa…

      Concordo plenamente contigo, as tramas que citou foram si a parte mais fraca do episódio, que obteve com exceções alguns momentos que se mostraram dignos e até com potencial. COmpartilho de seus sentimentos em relação a Sam, mas vamos ver o que a temporada reserva em relação ao persoangem.

      Então, está tudo muito confuso sobre Terry. Sie lá, estava por achar que estes tinham feito um pacto com o Demo ou até mesmo com o gênio da lâmpada, fora interessante sim, mas preciso de um pouco mais de informação e a série precisa encontrar uma maneira de conectar esta trama com as demais, está tudo muito solto.

      Já Sookie é uma belezinha… Sabia que esta e o Alcide iriam se ‘pegar’ em algum momento e este é o momento mais oportuno para que tal relação aconteça. mas logo Russel estragará o momento e Sookie voltará para os braços de Eric ou de Bill. Senti uma total nostalgia na cena onde está perde o controle e começa a ouvir o pernsamento de todos no Merlotte’s.

      Pam e Eric são fodas, não há palavras que possam descrever o melhor casal da série. Fiquei super emocionado com o desenvolvimento que o relacionamento destes tiveram.

      Estava por jurar que seria aquela vampira mais velha de cabelo vermelho que seria a traidora, mas não fora. Estou pro achar a autoridade, e Roman, as melhores coisas que a temporada nos apresentou até o momento e esta guerra contra os sanguistas promete incendiar a temporada.

      Bom, nos vemos na próxima semana, na esperança de que tenhamos outro bom episódio para comentar.

      Atts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s