90210 – 4ª Temporada (2012)


Estou perdido, estou aqui, sentando em uma cadeira desconfortável, inquieto e pensando como devo começar, e como devo terminar este review da quarta temporada de 90210. Não sou uma pessoa má, estou bem longe disso. Também não sou uma pessoa muito exigente. Então estou perdido, tentando encontrar belas palavras que não demonstrem o quanto estou irritado e frustrado com a última temporada da série. Estou perdido, não está fácil encontrar o caminho, a tão especulada luz. Sendo assim, vou manter-me perdido, porém irei manter-me fiel a mim mesmo, vou escrever toda a minha frustração e irritação e quem sabe assim eu possa encontrar a tal saída, a luz no fim do túnel.

 Acontece que havia sim expectativa. 90210 sempre se mostrou uma série crescente, em todos os aspectos. 90210 errava, cometeu diversos erros em suas temporadas anteriores, mas aprendia com eles e não os repetia nas temporadas seguintes. A terceira temporada da série fora a melhor que esta apresentou, apenas falhou em não manter o mesmo ritmo nos episódios finais. A quarta temporada prometeu grandes mudanças, prometia ser ainda melhor do que as anteriores. Ah a universidade, a vida de universitário… Porém nada disso aconteceu, o que tivemos fora uma temporada sofrível, recheada de tramas sem sentido, descaracterização dos personagens e muito mais. Fora uma temporada cheia de clichês, poucos momentos memoráveis e muita coisa que poderia descer junto na descarga com toda a porcaria que habita uma privada de um banheiro público. Sim, meus caros, ao olhar todo o conjunto da obra, toda a importância e o significado que aqueles 24 episódios têm, percebo que a temporada fora pior do que imaginei e não fiquei nem um pouco feliz com isso.

 Há apenas uma trama que levarei comigo para as outras temporadas. Uma trama não, um acontecimento, porque depois desde a série deu-se a perder-se novamente no meio de tantos personagens e de tantas histórias bobas. A morte de Raj fora a única coisa realmente emocionante que a série trouxe, os momentos onde nos despedimos do personagem foram impactantes e foram, definitivamente, os melhores momentos da temporada. Porém a trama não deu uma continuidade credível, faltou amadurecimento, faltou um roteiro coeso e acontecimentos interessantes para a série manter o ritmo.

 Sim, houve algumas tramas que souberam nos distrair no decorrer da temporada, mas nenhuma que nos marcasse como o estupro de Naomi ou o fato de que Annie matou um rapaz atropelado, acontecimentos que marcaram as temporadas anteriores. Acreditei que com a saída do núcleo mais adulto da série, esta teria a oportunidade de se renovar, focar mais nos adolescentes pois estes são a alma da série, apesar do foco ter acertado certeiramente sua direção, não houve alma e muito menos coração, o que houve fora algo forçado, flácido e superficial.

 Tramas sobre drogas, atropelamento, namorada golpista, apaixonar-se pelo homem errado, carreiras musicais, incêndios e muito mais, soam descartáveis e clichês. A série sempre trabalhou com tramas clichês, mas sempre dava um jeito de tentar inová-las, de acrescentar algo que deixasse estas com um charme especial, e fora precisamente este charme que se ausentou por toda a temporada, deixando as tramas irritantes e previsíveis.

 Mas o pior foram os personagens. Annie sempre foi meu ódio de estimação, mas não sei o que aconteceu a garota que esta aproveitou as diversas falhas da temporada e cresceu, se tornou a melhor personagem da temporada e a única que não fora totalmente desfigurada pelo vai-e-vem do roteiro. Naomi perdeu um pouco brilho, mas ainda continua sendo a musa eterna e uma das razões pelas quais ainda verei a quinta temporada de 90210. Mas e o resto? Tudo dispensável, tudo mesmo, poderiam tirar todos da série que não fariam falta alguma. Adrianna e Dixon nunca estiveram piores, Navid um porre, Liam se perdeu e não consegui se encontrar de maneira alguma e só se afundou mais no final, Ted aproveitou a oportunidade e partiu fora antes que o barco naufragasse por completo. Mas Silver fora que mais me decepcionou, a personagem sempre se mostrou forte, decidida, porém o que vimos nesta temporada fora apenas um xérox do que a personagem já significou um dia.

 As inserções no elenco, os novos personagens que a temporada nos apresentou não fizeram diferença alguma. Holly fora até interessante mas o roteiro a descartou ao final da primeira parte da temporada, Austin fora uma das piores coisas que esta temporada nos apresentou, sua existência poderia ter sido mantida no limbo do esquecimento e Vanessa era apenas um cópia, muito mal feita por sinal, do que uma bitch realmente é. Concluindo, foram adições que não significaram nada, que não mostraram nada e pouco desenvolveu os personagens principais.

 Enfim, esta fora uma temporada que tenho o prazer de apagar de minha memória. Desejo mais rápido possível apagar qualquer vestígio de sua existência, para que assim uma quinta temporada possa ser iniciada sem que haja ressalvas premeditadas em relação a sua qualidade. 90210 apresentou uma temporada fraca, podemos até mesmo dizer medíocre, e a série terá muito trabalho para se reinventar, porém não lhe desejo mal, espero que esta consiga sim alcançar a revitalização e em sua quinta temporada esta possa voltar a ser aquela série simples, casual e divertida pela qual nos apaixonamos.

 

Artigo preparado por: Well Fernandes

10 thoughts on “90210 – 4ª Temporada (2012)

      • Eu nunca vou achar uma nota acima de 3 justa pra essa temporada de 90210!
        Essa temporada só os episódios 4×12 e o 4×19 prestaram.

        Numa temporada em que apenas 2 episódios servem, acho 6 uma nota altíssima. Pois é acima da média e nem se esforçando MUITO essa temporada consegue ser mediana. Ela é mais que sofrível, isso sim.

        Logo,a minha nota pra season 4 de 90210 é: 2,8!

        ps. os raros momentos bons de Annie e Naomi não são tão relevantes, perto gigantesca inutilidade dos outros personagem com suas histórias fracas e super sem sentido. Sem contar que foram diversos os episódios em que nenhuma delas estavam bem.

          • Não é ódio, são os fatos né? hahahahahahaha..
            A própria atriz que interpreta a Annie disse que essa temporada foi difícil pra ela conseguir se conectar com a personagem… Se ela diz, quem sou eu pra discordar? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…

  1. Ah eu achei a nota certa! Contando como a temporada inteira, teve sim alguns pontos altos que envolveram Naomi e Annie s2
    So espero que a 5 temp. venha pra melhorar oq a serie perdeu, e nos apresente pelo menos alguns momentos fodas como tivemos na 3 temp.
    (=

    • Então, foram precisamentes estes momentos que salvaram a temporada, mas foram só estes mesmo porque o resto…

      Enfim, também estou nesta esperança, pois como od itado popular diz: Esperança é a última que morre!

      Atts

  2. Mas nem tudo é ruim, tem uma boa notícia: trocaram a equipe de roteiristas – tirando as duas que entraram esse ano.

    Parece que quando a Rebecca Sinclair saiu, os grupo dela de roteiristas continuou. Agora vai ser um novo grupo, junto com as duas retardadas que assumiram essa temporada maravilhosa.

    E a notícia boa não para por aí, já tem 3 novos guests e isso só pode significar uma coisa: MAIS ROMANCE ALEATÓRIO! ;D

    Somado a isso tudo ainda teremos o plot dramático do Dixon, que deve durar 2 episódios e a atriz que faz a Silver disse que antes dela tentar engravidar, ela vai aproveitar MUITO o corpo que tem. hahahahahhahahahahahahha…

    Ou seja, acho que tudo que é ruim, ainda pode piorar.
    Eu garanto assistir até o episódio 100 (5×08), depois disso já não sei se vou aguentar mais.
    Que venha a season 5! ♥

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s