Falling Skies (2×03) – Compass


A vida é precisamente curta nos dias atuais, cada ação possui uma reação e gera toda uma cadeira de outras diversas ações, sendo estas tão ruins quanto boas. Não importa se estamos sendo assolados por governos corruptos ou por seres extraterrestres, está é a lei da vida, a lei da natureza, e não importa em qual situação estejamos, estas sempre estarão presentes. Em Falling Skies a situação encontra-se agravante, as leis estão muito mais rígidas, a vida encontra-se muito mais curta e as cadeias de reações se mostram muito mais dolorosas. Sendo assim, vamos observar o que este episódio nos apresenta.

 Jimmy died today.

 A inesperada partida de Jimmy faz a trama desenvolver-se de uma maneira mais lenta, mais nostálgica. O personagem havia me agradado nas poucas vezes em que teve algum destaque, sua morte é completamente inesperada e serve como uma lição à aqueles que permaneceram para terminar a guerra que estão por travar contra os aliens.

 E, de certa forma, fora tudo culpa de Ben. Sim, acredito que cada um possui suas pernas e segue o caminho que quiser, mas Ben fora a grande influência na decisão de ir ‘caçar’ skitters. Será que Ben não está por conseguir perceber que o seu ódio não está por conseguir trazer bons resultados? Já atirou em Tom e agora fora parcialmente responsável pela morte de Jimmy. Mesmo que tais acontecimentos não sejam inteiramente sua culpa, Ben ainda possui a sua parcela de culpa e este percebe isso, o problema é que todos ficam por insistir que a culpa não lhe pertence.

 Cada ação gera uma reação, o ataque a Jimmy e a morte do mesmo esquentou as coisas entre Pope e Tom. Pope reconhece o perigo que significa ter Tom no acampamento, porém não sabe controlar suas atitudes e seus comportamentos perante tal, o personagem é contraditório e lhe falta apoio. Tom também reconhece o perigo que pode significar, mas está por acreditar que está tudo bem e até busca uma maneira de controlar Pope e seus comportamentos. O conflito é gerado, não resolvido e acaba por desmembrar Pope da 2ª Mass. Sim, esta ação irá trazer diversas conseqüências e espero que elas sejam exploradas positivamente.

 Já tempos um rumo a seguir, uma esperança de que talvez a sobrevivência, a resistência, não esteja assim tão distante. Uma nova vida, uma sobrevivente a procura de demais sobrevivente aparece de avião e nos dá uma direção a seguir. Charleston é onde há o maior grupo de sobreviventes, podemos até dizer que ali há uma civilização e é para este destino que a 2ª Mass caminha, na incerteza se haverá bons frutos ou apenas armadilhas no caminho.

 Este terceiro episódio era decisivo para formarmos uma opinião sobe esta nova temporada. O primeiro fora ruim, o segundo apresentou uma ótima qualidade e este terceiro mantêm o ritmo do segundo episódio, apesar de não ser tão bom quanto. Falling Skies está por manter um ritmo superior ao encontrado na temporada anterior, ainda há muito que melhorar, há muito que descartar, porém já podemos perceber que a série está no caminho certo e esperamos que esta se mantenha neste mesmo curso.

 Artigo preparado por: Well Fernandes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s