Dallas (1×01) – Changing of the Guard


Dallas marcou história na televisão Americana. Isto é um fato. Não é preciso ter assistido a série para saber da importância que esta teve na evolução das produções televisivas. Com mais de 300 episódios, Dallas encontrou o seu fim em 1991, porém a TNT fora extremamente criativa, ao menos a meu ver, e deu uma continuidade a trama. Esta ‘nova Dallas’ não é um remake, mas sim uma continuação da trama que teve seu final exibido há duas décadas, e a TNT investiu na produção de tal forma que conseguirá trazer três dos principais atores que atuaram na série original para fazer parte desta continuação.

 E, de acordo com que li na internet, Dallas fora o primeiro e o maior dramalhão americano. É por causa desta série que o telespectador abriu caminho para diversas outras que surgimento após o seu término. Dallas original oferecia ao seu telespectador uma trama centrada na rivalidade familiar, cheia de intrigas amorosas, intrigas por poder e assim por diante. Fiquei até por saber que um dos atores principais quis sair da série e seu personagem morrera no inicio da temporada, porém após reclamações este retornou a série e toda a temporada em que este esteve morto e as pessoas tiveram que lidar com sua morte fora apenas um sonho de sua esposa. Sinceramente, em vez disso me afastar, apenas me deixou ainda mais ansioso para ver esta nova aposta da TNT. Gosto de um dramalhão, e quanto mais crocante melhor.

 Sendo assim, possuindo esta paixão por dramalhão e sendo órfão da Família Walker, ficou fácil gostar de Dallas. A série possui uma trama descontraída, podemos dizer que é até uma trama leve para os padrões da televisão atual, e é muito bom encontrar-se descontraído e envolvido na atmosfera que a série nos traz. A rivalidade familiar fora bem construída, a trama não se mostra complexa porém se mostra suficientemente grande para se sustentar, os personagens são carismáticos, tornando ainda mais fácil gostar da série. Claro que alguns a acharão datada, pois esta não mostra nada de novo, nada que não vimos em diversas outras séries, ou até mesmo alguém ter visto na série original.

 O episódio fora bom e teve a serventia que um piloto deve ter. Fomos inseridos ao mundo de Dallas, conhecemos seus personagens e um pouco da personalidade de cada um. Conhecemos a trama, as intrigas, os triângulos amorosos e a ambição por dinheiro. Fora um episódio introdutório que cumpriu a sua função com excelência.

 Ainda não há grandes destaques no quesito atuação, porém o casting mostrou-se confortável, e vale contar o fato de que o elenco jovem é um colírio para os olhos. Acredito que aqueles que assistiram a série original devem ter entrado em um grande estado nostálgico após este piloto. Imagino-me daqui a 20 anos, perdido em algum lugar do mundo, e assistindo uma continuação de uma das séries que marcaram a minha adolescência, lembrando que esta contém aqueles mesmos atores que tanto me fizeram emocionar. Um exemplo mais básico e recente: imagine como deve a sensação de, em 2031 ou até mesmo antes, estarmos por assistir uma continuação de One Tree Hill (série que marcou minha adolescência) protagonizada por Jaime e as demais crianças que marcaram presença no final da série. Conseguiram imaginar? Deve ser um sentimento único, tornando assim esta Dallas uma série já especial para algumas pessoas.

 Sei que não é uma idéia original, 90210 fizera a mesma coisa que Dallas fez, mas é bom saber que as emissoras estão por gostar de investir nestas continuações. Só espero que Dallas não perca a essência de sua antepassada, como 90210 perdera, e que esta também se torne uma boa lembrança na memória de alguém.

 Enfim, gostei do piloto. É simples, casual e traz uma trama que é fácil se apegar e que é fácil de acompanhar. A série estreou com uma Premiere dupla, mas aqueles que me conhecem sabem que não gosto de fazer reviews duplas, prefiro avaliar cada episódio por si só. A audiência da série fora boa, sendo esta a melhor estréia, por enquanto, de um programa de TV a cabo americana de 2012, conseguindo quase sete milhões de telespectadores.

 Bom, espero que a série continue por se manter simples, porém não limitada, e enquanto esta manter-se assim, cá estarei para narrar os eventos, as intrigas, as confusões e os romances que esta nos apresentar.

 

Artigo preparado por: Well Fernandes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s