Eureka (5×07) – Ex Machina


Volto a dizer: toda a trama que deu inicio a esta temporada, os acontecimentos na Matrix e suas derivações, fora a melhor coisa que já aconteceu a Eureka. Sendo assim, é fácil dizer que esta está por ser, de longe, uma das melhores temporadas da série, o roteiro está por saber aproveitar todas as possibilidades que surgiram com a criação do arco inicial, explorando assim os personagens, relacionamentos e sentimentos.

Este fora mais um ótimo episódio que esta temporada nos trouxe. Um roteiro mais adulto e mais consciente está por ser nos entregue nesta temporada. Sendo assim, fica mais fácil observar o desenvolvimento de alguns personagens e o roteiro encontra também a possibilidade de explorar situações que nos entreguem detalhes desconhecidos sobre os mesmos. Visto o caso de Jo, toda sua negação em relação à suposta existência de Holly e sua discordância em ajudar Fargo e o resto da trupe a salvar a alma digital da garota se deve ao fato de que esta teve um pequeno trauma de infância ao observar o pai não conseguir seguir em frente perante a morte de sua mãe. Fora legal trazer este lado bem mais sensível da personagem tão badass que conhecemos e a família de Jo sempre fora um bom local para contar histórias, mesmo que na grande maioria das vezes estas ficaram restritas a pequenas menções.

A romance de Holly e Fargo realmente está me surpreendendo pela forma com que vem sendo trabalho. Quem acompanha a série desde os seus primórdios conhece Fargo como a palma da mão, sabe das bizarrices e das esquisitices que este é capaz de aprontar e vê-lo encontrar alguém à sua semelhança, no caso Holly, fora algo que adorei. Realmente estou gostando desta vibe Holly digital, espero que realmente eles encontrem uma maneira de fazer estes dois terem um final feliz, pois ambos merecem serem felizes jogando RPG, assistindo Senhor dos Anéis ou fazendo as mais malucas experiências juntos.

Mesmo sendo um episódio centrado em Fargo, o alivio cômico do mesmo ficara pela responsabilidade de Henry e de Carter. Toda a pequena traminha sobre os poderes que a Z Waves podem trazer para o seu receptor fora interessante, as caras e bocas de Ferguson estavam ótimas, e Henry se deu super bem partindo para a comédia.

Devido ao fato de que não houve nenhum comentário em nenhum dos reviews desta temporada, fico por me perguntar se estou elevando demais o nível da série, se só eu estou por achar que esta temporada está por ser incrivelmente fantástica. É um pouco difícil achar algum review em Português da série, então tratem de perder uns minutos e deixarem a sua opinião a qualidade que esta temporada está apresentando. Ou será que eu sou realmente a única pessoa que assiste a série?

Artigo preparado por: Well Fernandes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s