So You Think You Can Dance (9×02) – Auditions Los Angeles


Los Angeles sempre foi e sempre será a cidade com a gama mais elevada de competidores, principalmente do gênero clássico e contemporâneo. Mary, Nigel e o queridíssimo Jesse Tyler Fergunson compõem o painel de jurados durante estes dois extensos, intensos e excêntricos dias de audições.

Toda a temporada relembramos de alguém que ou tentara diversas vezes ou que chegara bem próximo ao Top 20, mas infelizmente fora cortado. Este é o caso de Alexa, que disputou a ultima vaga com Ryan na Season 8. Agora muito mais preparada, a bela jovem contemporânea impressiona a todos, mas diria que foram as habilidades “extra-curriculares” da versátil Eliana Girard que realmente deixaram os jurados curiosos. Dona de um currículo variado, Eliana fez parte da trupi do espetáculo do Cirque Du Solei que homenageou o Rei Elvis, mas enquanto achavam que sua habilidade de contorcionismo e elevação eram relacionadas ao “voo com fitas”, pelo contrário, uma das grandes especialidades da rapariga é  “pole dance”. Muitos podem já julgar o talento da candidata, porém acredito que sua audição foi uma das melhores em LA, afinal como Nigel mesmo disse:

“You’re playing the song with your body”

Aqui está uma dupla que mesmo não tendo mais idade para participar do programa, roubou a cena. Os “Ninja Twins” são gêmeos quase idênticos que moram, fazem compras, enfim, fazem quase tudo juntos. A química e o sincronismo entre Nick e James é perfeita e além de conquistar de imediato a plateia e os jurados com seus trejeitos e bordões, é  performance, cheia de paixão, energia e entretenimento que realmente os torna mais UNIQUE. Realmente serão duas pessoas que nunca conseguiremos esquecer tão cedo.

Outra jovem contemporânea que emociona é a lorinha Sam Lenarz, que vive a dura realidade de ter sido expulsa de casa há seis meses por sua mãe, sendo então acolhida pela família de sua melhor amiga. Mesmo sem o apoio de sua verdadeira família, algo que fica visível em sua postura um pouco enrijecida durante a audição, Nigel age como um verdadeiro Lord estimulando a jovem a acreditar e por maiores que sejam as dificuldades atuais, vislumbra que ela tem um grande potencial que merece ser liberado. Outro que tem um ar jovial e doce que reluz no palco é Megan Branch e estas duas são fortes candidatas, principalmente no quesito evolução durante a Vegas Week.

Tivemos claro o uso da super manjada canção “Somebody That I Used To Know” e desta vez ela foi usada durante uma performance de sapateado, excelente por sinal, apesar de seu estilo surfista de bigode não dizerem muito sobre. Ainda assim, Caley mostra que é muito mais que um moço que curte a vida a sua forma descontraída, arrebatando a todos com sua versatilidade, fazendo os jurados apostarem que pode entregar muito além do que seus rápidos e rítmicos passos.

Este ultimo bloco foi sem dúvida o mais inusitado e diferenciado do programa, a começar com o filho abandonado do Bruce Lee. Cole Horibe parece ter saído de um remake filme do Karate Kid e mesmo que sua dança seja confundida com luta, decidiu abraçar seu estilo, o que rendeu um nível de excelência até então não apresentado, principalmente por que arrisca alguns movimentos que fogem um pouco das artes marciais. Será que ele conseguirá nocautear a Vegas Week ou deverá se limitar somente como um Bruce Lee dançante?

Depois de alguns competidores de Ballroom ganharem o ticket da Mary para o “Hot Tamale Train”, chega à vez do artista de circo David Matz. Sua apresentação teve uso de um “prop”, ou seja, trouxe ao palco uma argola gigante para auxiliá-lo durante sua audição. O momento foi tão único e belo que foi praticamente impossível para os jurados criticarem, afinal “preso” a argola, Nigel e a turma não conseguiram avalia-lo.

Nem vou gastar muito com este babaca, pois o tempo prova que por mais que as pessoas tentem mudar, certos aspectos nunca desaparecem. Lembram que há cinco anos um arrogante italianinho com notáveis habilidades para Dança de Salão resolveu escandalizar mostrando-se peladão em rede nacional? Pois bem, Jonathan volta ao programa e desta vez com cabelos raspados. Mesmo com um perfil mais comedido nas respostas, quando resolve efetivamente dançar vemos que não houve muito avanço, até por que ele sempre será um Gogo Boy Europeu, algo que fica comprovado quando não consegue acompanhar o ritmo da coreografia, sendo eliminado..

Resolvi guardar as duas audições que mais me impressionaram, a começar pelo bailarino Stephen. Quando comenta que daria uma performance de ballet diferente do ballet ballet, ninguém, muitos menos Nigel, conseguiria imaginar que alguém daquele porte se colocaria num papel tão ridículo perante todos. Indignado com a formação clássica de mais de quinze anos, Nigel ordena que Stephen recomece sua rotina, dançando como realmente se deve e é aí que a magia acontece, fazendo-o levar um pontapé no momento em que recebe seu ticket pra Vegas.

O ser humano por vezes motiva-se a desafiar a gravidade  e este é o caso da família Mason. Marshea é um antigo conhecido do programa, afinal deixara todos os jurados impressionados com sua paixão e talento durante as audições da Season 8. Seis semanas o destino lhe pregara uma peça, alias não sei se seria o destino e sim um carro desgovernado. Viajando com sua irmã mais nova Jasmine, Marshea por extinto de irmão mais velho evita que o carro bata na lateral do copiloto, colocando-se frente a frente com o impacto.

Sobressaindo do status “Dead on Arrival”, Marshea ficou em coma por alguns dias e apesar de ter seu pescoço praticamente destruído, conseguiu sobreviver e o mais importante, superou-se em sua recuperação, esta que o colocou novamente para concorrer ao SYTYCD, desta vez com sua irmã. Jasmine apresenta-se primeiro com uma audição de jazz super envolvente e apaixonada, mas é Marshea que deixa todos de queixo caído, levando inclusive Mary a emoção, pois é sobre humano sua capacidade de mover-se e dançar após seis semanas que quase tiraram sua vida.

“Dance makes you a Figther”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s