Supernatural (7×23) – Survival Of The Fittest (Season Finale)


Essa foi, sem dúvidas a temporada oscilante de Supernatural. Em comparação com a sexta, me espanta ainda o fato da série ter conseguido ser renovada. Eu sei que existem muitos hunters fiéis aos Winchester, mas eles deveriam ter ganhado um final bem emocionante para guardarmos os bons momentos da série no coração. Mas já que foi renovada, porque reclamar, certo?
A sétima temporada não ganhou o rumo esperado, ficando perdida ao longo dos 23 episódios, tendo poucos que considero excelentes, me deixando revoltada na maioria das vezes. A vibe de recuperar o melhor do passado dos irmãos foi sensacional, mas ficou tão repetitivo algumas horas que perdia toda aquela sensação de nostalgia. Senti falta de Sam ter um envolvimento emocional com alguém, nem que fosse por meros dois episódios, pois viver com Lúcifer foi o bastante para ele e um momento de alegria cairia muito bem. E cheguei a conclusão que Frank foi o maior tapa buraco da história de Supernatural, pois nem um fim definido o personagem recebeu.

Carry on my wayward son, there’ll be peace when you are done
Lay your weary head to rest, don’t you cry no more

Mas, falando da season finale, eu posso dizer que episódio foi muito bom. Dick, Crowley e Castiel salvaram o que poderia ser uma trama sem graça, nos fazendo rir nos momentos certos, sem forçar a barra. Fiquei aliviada por estar equivocada com relação a uma possível tortura de Dick sobre Crowley. Achei muito extrovertida o tipo de relação entre eles e sou apaixonada pelas ironias do demônio, com aquele sotaque perfeito. O memorando do rei do inferno não interrompeu o chefe dos leviatãs a continuar com seus planos mais malignos, espalhando por toda empresa várias cópias da sua figura pelo local. A cena daquela garota se contorcendo e babando me deu ânsia, sério!

Meg e Castiel representaram a outra parte boa do final de temporada e eu não esperava que ela fosse se manter tão honesta ao anjo e aos Winchester. O fato dela reclamar em estar de saco cheio de ser babá de Castiel e demonstrar um medo fora do normal com relação a Crowley foi ótimo para a personagem, pois construíram uma boa lógica para sua participação na série e um término que faça sentido, não algo como aconteceu com Frank. Sabemos que agora ela está sob custódia de Crowley, mas não sabemos o quanto isso custará a ela. Eu super aprovaria seu retorno, pois a demônia acrescentou demais a trama com sua presença, oferecendo um novo ritmo aos irmãos. As cenas com Castiel, honestamente, foram impagáveis.

Misha Collins merece todos os prêmios. Tendo participado de poucos episódios, eles foram suficientes para comprovar que Castiel não pode sair de Supernatural. Misha é um ator brilhante e ama estar na família SN. Ele é uma parte que se tornou essencial e é quase inviável abrir mão dele novamente. Toda a sua lentidão, com jeito de criança perdida, fazendo aqueles lanches nojentos para Sam e Dean e ter aparecido (não para nós) pelado com o corpo cheio de abelhas para o Winchester mais velho, são as duas vias do anjo que pode ser a mais útil das armas, mas um bom amigo hilariante e que tira qualquer um do sério com seu processo de ingenuidade. Só de saber que ele continuará pipocando no seriado, fico feliz da vida.

Eu não esperava que Bobby fosse abrir mão do seu lado fantasma, de verdade. Eu considero a morte dele a maior burrada da temporada, pois os irmãos já perderam todas as pessoas queridas que amavam e o caçador mal humorado não deveria ser uma opção de morte para gerar agonia entre Sam e Dean. Castiel foi o primeiro a “morrer”, logo no começo da temporada, e fiquei revoltada com o que aconteceu com Bobby. Não há coração de hunter que aguente. O processo de retornar o personagem, de certo, foi para corrigir a falha, mas como não tinha muito a se fazer por ele, o eliminaram de vez. Transformá-lo em fantasma vingativo não seria algo interessante, pois os Winchester terão novos inimigos e se preocupar com o fantasma perturbador do velhote só atrapalharia as coisas para o lado deles. Confesso que chorei com a partida – na realidade em chorei com todas as cenas convenientes – do caçador e espero que Sam e Dean consigam superar isso mais facilmente, pois metade dos episódios dessa temporada foi guiada pelo luto e dualidade de sentimentos do Winchester mais velho.

Uma salva de palmas para o personagem mais querido, mais amado, mais estiloso, mais simpático, mais sexy e mais inesquecível: o Impala. Quem estava com saudades? Eu contabilizava nos dedos a volta desse carro lindo e, quando vi um spoiler no tumblr, do carro batendo e estilhaçando uma redoma de vidro, entrei em desespero. Eu não esperei menos de 24 horas para baixar o episódio para saber o que aconteceria. Fiquei inquieta imaginando quem estaria lá dentro. A sorte é que era a Meg, mas vamos convir que Sam terá que dar uma arrumadinha nos arranhões e amassos na lataria porque temos um Dean extremamente possessivo e, com certeza, morto de saudades em desfilar com o saudoso Impala. Nem preciso afirmar que adoro as tomadas de imagem que fazem sempre que o saudoso retorna a série, só faltou tocar Back In Black, o Impala’s Song. 

A série terminou como começou: Castiel e Dean no purgatório. Como eles sairão de lá, só John Winchester sabe. A única coisa que não gostei é o fato de deixarem Sam sozinho mais uma vez. Já notei que cada temporada é dever intercalar qual é a vez do irmão ficar sem o outro, mas o Winchester mais novo nem soube lidar com seus demônios e agora está solitário. Quando digo solitário, é solitário mesmo! Sem Bobby, sem Castiel, sem qualquer figura que poderá auxiliá-lo a deduzir onde seu irmão parou após o extermínio de Dick. Me deu um aperto no coração só de imaginar Dean sofrendo tudo o que ele sofreu na viagem maldita ao inferno. Ele não precisa enfrentar o pesadelo de novo e espero que ele saia logo dali com Castiel.

Confesso que fiquei curiosa com as próximas investidas de Supernatural, após esse término de muitas perguntas soltas no ar. Eu ainda acho que Dick não morreu, mas vai saber. Eu espero, do fundo do meu coração, que a próxima temporada supere essa, em qualidade e trama. Estamos na oitava temporada, algo que nunca imaginei que fosse acontecer com SN, e quero e exijo que supere todas as expectativas dos hunters que continuarão, assim como eu, na sola dos Winchester, vibrando a cada momento, xingando em outros e se descabelando. O que seria da nossa vida sem ouvir Carry On My Wayward Son em toda season finale? A temporada pode ter sido uma droga generalizada, mas esse é nosso momento de glória. Não sou capaz de abdicar dessa sensação!

Encerro aqui essa review e espero encontrá-los na próxima temporada para descobrirmos como Sam tirará o irmão e Castiel da lamaceira do purgatório.

Artigo escrito por: Stefs Lima

4 thoughts on “Supernatural (7×23) – Survival Of The Fittest (Season Finale)

  1. Um resumo bem rápido desta Season Finale: 38 Minutos de enrolação e comodismo; 2 Minutos que realmente prestam.

    Mas vamos ser sincero, apesar de ter achado este Season Finale bem fraquinha não ter como não ficar ansioso pela próxima temporada… Dean está no Purgatório e espero que este não saia deste logo nos primeiros episódios.

    Enfim, a nova temporada tem tudo para começar legal e se desenvolver de uma maneira positiva. Só não pode cometer o mesmo erro que esta, começar de uma maneira positiva e bacana e ser finalizada de uma maneira tediante e até mesmo previsivel, com exceção da parte de Dean e Cas indo para o Purga.

    Atts

    • Eu estou louca pra saber o que vai acontecer no Purgatório ainda mais pq o Castiel ‘aparatou’. Se ele abandonar o Dean eu vou socar a tela do pc hahahahaahahahah

  2. Eu parei no 7×14 , e não estou com nenhuma vontade de continuar os eps, acho que vou perder tempo. =(
    E agora já que tu acompanhou até aqui rsrs, me responde uma coisa, acha que eu tenho que ver o restante da temp.? ‘-‘

    • Hey, Ander, sei bem do seu dilema, hahaha mas como fã da série direi pra vc continuar, pois tem alguns episódios que se salvam no percurso sabe? Mas não espere nada genioso, pq infelizmente essa temporada deixou as surpresas de molho haahhaahah

      Beijão!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s