Magic City (1×05) – Suicide Blonde


Em Suicide Blonde, Magic City volta a apresentar pequenos defeitos e pequenos feitos. Este não chega a ser tão bom quanto o seu anterior, mas aproveita-se da mesma trama mostrada pelo mesmo e as desenvolve de uma maneira peculiar. O problema é que a série não consegue ser impactante, há seus momentos bons, há seus personagens bons, porém ainda assim a série não está pro conseguir reproduzir aquele momento em que perdemos a fala e a consciência, aquele momento em que nos faz perceber o quão especial a série. Na ausência destes momentos a série continua por manter uma rotina normal, é uma série boa, até o momento, porém não é uma série especial e imperdível, ao menos até o momento.

 Ike continua sendo o melhor personagem da série. Este mostra um evolutivo crescimento a cada episódio porém ainda há pequenas falhas que merecem ser trabalhadas para tornar o personagem ainda mais grande do que este já é para a série. Seus diálogos com Klein e sua discussão com os contadores de Meg foram, sem duvida, os melhores momentos do episódio, momentos que expressaram facilmente a grandeza do personagem. Porém em sua pequena discussão com Silver o que vemos é um personagem normal, sem força para persuadir uma prostituta de que esta corre sério risco de vida.

 Aliás, não estou por conseguir compreender a negação que Silver teve por todo o episódio. Senti que fora um pouco forçado toda esta história de ser uma mulher livre, que não irá fugir e assim por diante. Mas bastou um atentado a sua vida para esta decidir fugir de Miami, será que esta precisou correr um risco real de vida para as ameaças fazerem sentidos ou será que o roteiro usou-se desta negação apenas para enrolar-nos por um episódio? Enfim, no final temos Silver partindo e Ike a assassinar um dos capangas de Ben.

 Vera se perdeu um pouco neste episódio, principalmente quando o roteiro confundiu as religiões e acaba por cometer uma pequena gafe. Tenho quase a certeza de que Vera fora a um terreiro de Candomblé, ou até mesmo Umbanda, para tentar recuperar sua fertilidade, aquilo não tinha nada parecido com Vodu. Tirando esta gafe, nada demais fora inserido de importante, falta a Vera um crescimento, uma personalidade mais forte, algo que marque mais a personagem.

 Klein está cada vez mais próximo de descobrir algo sobre Ike e este investe em Danny para tentar descobrir algo que lhe possa dar o direito de executar o julgamento do século. Ainda estou em duvida se Danny irá trair o seu pai ou se Ike utilizará desta relação para destruir Klein. De qualquer forma, alguém sairá prejudicado.

 Pensei que com a qualidade apresentada no episódio anterior, a série estaria por encontrar o seu rumo e que deste episódio em diante estaríamos perante uma diferente série. Mas isto não aconteceu, Magic City continua tendo os seus momentos bons, mas como disse anteriormente, falta algo capaz de nos chocar, de nos deixar maravilhado, e enquanto este evento não acontece a série continua por ser indiferente.

Artigo preparado por: Well Fernandes

5 thoughts on “Magic City (1×05) – Suicide Blonde

  1. Eu assisti o piloto, achei interessante, mas não tinha tempo nem ânimo pra continuar. Esse tipo de série costuma ter um desenvolvimento “lento”, estilo Mad Men. Mas agora, vendo a foto dessa loira, estou cogitando retomar, kkkk

    • Sim, o desenvolvimento é bem lento, mas ainda assim falta algo a série…

      E esse loira não é a unica… Vera é tão linda que em perco nas cenas em que esta aparece, nem que seja para fazer uma macumba básica.

      Atts

      • Eu tenho um problema com séries de época. Mad Men, não consigo passar do 4º episódio. Boardwalk Empire, depois de muita enrolação, assisti toda a primeira temporada, achei ótimo, mas acompanhar semanalmente não dá. Devido ao desenvolvimento mais lento, deixo acabar a temporada e aí procuro coragem pra assistir tudo de uma vez. Ainda não vi a 2ª temporada. E a impressão que fica é que Magic City é farinha do mesmo saco. Uma pena eu não conseguir apreciar semanalmente séries tão bem recebidas pela crítica.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s