Magic City (1×04) – Atonement


E é no tormento, na tempestade, que Magic City se encontra e nos apresenta seu primeiro grande episódio. A série finalmente encontrou seu ponto de colisão e soube apresentar um episódio redondinho, com diversas qualidades, um episódio que soube desenvolver e cultivar os personagens, que soube moldar os acontecimentos de uma forma interessante e não tediosa. Enfim, isso era tudo que se esperava da série desde seu inicio e fico feliz que, mesmo que tardia, esta apresenta uma qualidade semelhante aquilo que sempre imaginei que a série seria capaz.

 O primeiro grande avanço que tivemos foi com Ike. Finalmente pudemos presenciar a sombra do grande personagem que este pode vim a se tornar. Suas atitudes foram convictas e cheias de otimismo, o personagem soube manipular os fatos e as pessoas para que estas possam fazer aquilo que se é desejado, como recuperar o corpo de Mike.

 Outro grande avanço foi com Vera. O episódio nos deu a chance de compreender um pouco mais a personagem, suas origens e seus medos. Fiquei bem mais conectado com a personagem após este episódio do que após os três anteriores, tudo que fora mostrado neste episódio nos deu conhecimento para entender melhor a trama apresentada no episódio anterior.

 Os acontecimentos mostrados pelo episódio foram bem interessantes, todos os primeiros dez minutos foram tensos com a interrupção do enterro de Mike e a seqüência dada a estes acontecimentos fora algo que manteve o episódio interessante.

 E um destes acontecimentos fora o destaque dado à família de Victor, que antes havia sido apenas comentada de forma rápida. O resgate de Maria de Cuba promete ser bem mais interessante do que esperava e este promete ser uma das grandes tramas que farão parte desta temporada de estréia.

 O ataque a Danny e o pequeno assalto ocorrido no quarto de Stevie gerara uma curiosidade ao decorrer do episódio. Sinceramente, achei que era apenas um ladrão qualquer atrás de algo valoroso que lhe rendesse algum dinheiro, mas quando a cena final nos mostra as benditas fotos que Stevie tirou com Lily ficamos com a certeza de que algo grande irá acontecer e até criei certa expectativa em relação a isso.

 Porque sabemos que não se pode brincar com Ben Diamond e sair ileso. A forma com que o personagem fora construído neste episódio soou bem menos forçada do que nos demais, o que me fez aderir e conhecer um pouco mais da personalidade do grande vilão. Os acontecimentos envolvendo este, a prostituta e Ike foram interessantes, sua metáfora fora interessante e o fato de que Ike está cada vez mais se endividando com Ben torna as coisas ainda mais excitantes.

 Este fora um bom episódio de Magic City, ainda há alguns fatores que merecem alguma atenção e alguma melhora, porém agora vi que todo o potencial que senti ao assistir o piloto não será totalmente ignorado pelos roteiristas e que se o desenvolvimento da história mantiver o ritmo encontrado neste episódio as coisas apenas irão melhorar daqui para frente.

Artigo escrito por: Well Fernandes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s