Community (3×17) – Basic Lupine Urology


Massimo Canevacci diz que a comédia tem como característica exagerar situações cotidianas para mostrar que elas têm algo de estranho e absurdo. Basic Lupine Urology nos relembra que essa característica também funciona para as paródias.

Dessa vez, Community criou um episódio inteiro em baseado na série policial dos anos noventa, Law and Order. Mesmo que essa série tenha sobrevivido por muito tempo, gerado muitos spin-offs, passado por inúmeros atores e roteiristas, a estética de Law and Order continua característica de um procedural policial dos anos 90, com sua fotográfica cinza, câmera tremula, temas pontuais em elipses anunciadas e frases de efeito. Essas características não tornam qualquer procedural mais “real”, mas servem para deixar as cenas mais tensas e manter o expectador preso. O fato que é que o expectador está tão habitado (me incluo aqui) com a estrutura procedural, que nem notamos o que ela tem de irreal e, até, ridículo. Nada disso é uma novidade para o fanáticos por séries, pois tantas outras já fizeram paródias de procedurais. O que difere Basic Lupine Urology de outras paródias é a atenção ao detalhes.

A premissa que justifica toda a parte de investigação do episódio é a sabotagem do projeto de biologia do grupo de estudos.  Toda a cena é ótima por conseguir inserir com sucesso os elementos pontuais (a conversa comum antes da descoberta do “corpo”, a música em crescendo, a faixa de cena do crime) e estéticos (a câmera tremida, diálogos arrastados e longos planos). Engraçado como a personalidade dos personagens mudou a partir do momento em que Shirley cita séries policiais.

Depois da introdução (incrivelmente bem feita), integrantes são divididos entre os investigadores e promotores, como também é dividido Law and Order.  Troy, Abed, Britta e Shirley formam o grupo de investigadores , enquanto Jeff e Britta são os promotores de justiça. Como na série original, os primeiros minutos se focam na busca dos suspeitos enquanto a parte final se concentra no tribunal. A primeira parte acerta em tudo, com o exagero perfeito para tornar engraçado e manter a trama interessante, todas as cenas são conhecidas de quem acompanha séries de investigação, passando do interrogatório a sala de autópsia. Destaque para Britta como a técnica em informática, que é uma paródia incrível das técnicas praticamente clarividentes das séries policiais (Alguém alem de mim pensou na Penelope de Criminal Minds). Note como a câmera filma a mão de Todd antes de Abed citar, como a foto do Inhame morto é uma Polaroid (comum na década de 90), como a câmera acompanha os personagens na cena de perseguição, esses são exemplos dos detalhes que elevam o episódio.

A segunda parte é igualmente bem sucedida ao arranhar um dilema moral, quando o militar Todd é indiciado (As investigações de policiais tendem a arranhar questões morais, sem realmente se aprofundar), re-inserir personagens que pouco apareceram no episódio e pôr uma virada inesperada no final. O único problema é que toda a cena da “morte” de Starburns foi meio pesada e não sei se ela se justifica como paródia de Law and Order, pois não acompanho a série.

Todos esses elementos poderiam soar gratuitos, mas o episódio insere as características da faculdade e dos alunos entre as lacunas da investigação, fazendo com que toda a “personalidade” de Community transpareça e se imprima.

Enfim…mais um episódio incrível.

P.S: Rachei de rir com Pelton girando bambolê.

P.S 2: Michael Ironside esta ótimo, principalmente quando confronta o professor Cane.

Artigo preparado por: Murillo Martins

3 thoughts on “Community (3×17) – Basic Lupine Urology

  1. Aeee!!!!
    Finalmente Community me ganhou de novo. *—*’
    E foi muito foda esse eps, Annie é minha gata e foi sensacional tudo que ela fez haha’
    Tudo foi tão bom e rápido que eu estava pedindo bis no final kkkk’

    COMO EU RI DO PELTON COM O BAMBOLÊ! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Sabe tb o que me fez gostar tanto desse eps, deixar dois personagens “apagados” :B

    Que agora a série volte pra esse padrão. *-*

  2. Épisódio muito bom.
    Annie ganhou muito muito destaque nos ultimos episódios e fez por merecer essa atenção.
    Deixando de lado o episódio do ex da Britta, tenho gostado muito da sequência de episódios. Agora é baixar espectativas, pois acho que farão um episódio mais relax.

    Até mais!

  3. Ótimo episódio, ótima referências, ótima review…

    Community consegue se superar cada vez mais, não há como não elogiar a série após um excelente episódio como este. Assim como também não há como rir ao ver Pelton brincando com o Bambolê, quero ver mais episódios centrados no persoangem.

    Enfim, Community fez por merecer um A+ esta semana…

    Atts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s