Grey’s Anatomy (8×19) – Support System


Grey’s há tempos não é aquilo que estamos acostumados a ver, porém uma coisa Tia Shonda sabe muito bem fazer: emocionar. E isto ela alcança em diversos momentos durante o episódio, mostrando o lado escuro de Cristina Yang, mas sem dúvida aquela que lhe traz luz por maior que seja a dificuldade é sua melhor amiga, sua pessoa: Meredith Grey.

Correndo em paralelo, o grande acontecimento da temporada será o dia dos exames dos internos, ou seja, Grey, Yang, Avery, Karev e Kapner enfrentaram a borda médica que os avaliará aptos ou não a exercerem seu papel oficialmente dentro da área de especialidade que escolheram seguir, porém por incrível que pareça, aquela que sempre fora a Dark & Twisted da turma é a mais preparada, afinal Grey sobrevivera ao “Método Torres de Ensino”. Desesperados com a alta quantidade de informação que teriam que memorizar de diversos casos médicos, Karev seguido de Avery e Kapner abusam da memória de elefante da Little Grey, obrigando-a a ler todos os relatórios para assim ajudá-los a “estudar”, o que só mostra o quanto não sabem o que fazer com sua personagem, que ora esta a sombra de Sloan, ora a sombra dos internos.

Por motivos que logo mais entenderemos, Sloan assume o papel de Hunt como Chief provisoriamente, porém o cargo de poder parece colocá-lo nas alturas por demais, deixando seus colegas, principalmente Derek irritados. O caso médico de “Support “System” bate de encontro um pouco com outras situações que acontecem na vida dos médicos do Seattle Grace, mas basicamente trata-se do caso do Sr. Sheridan, que sofre de Sindrome do Intestino Curto, que devido a gravidade acabou colocando em risco seu intestino grosso, o fígado e pâncreas, ou seja, somente se este conseguir um doador, terá chances de sobreviver. Mesmo afastado do alto cargo de Chief, Webber ainda mostra quem manda quando decidi passar por cima da “autoridade” de Sloan para salvar a vida do Sr. Sheridan, algo que ocorre quando este consegue com sucesso proceder com a cirurgia de transplante do intestino grosso.

Outra que busca algum tipo de suporte é Altman, que após cair em si que realmente é uma viuva resolve, mesmo que a sua forma, tentar distrair-se agendando uma “Girls Night Out”. Mesmo que para descontentamento de Torres e Bailey, Robbins convence a mulherada a deixar seus interesses pessoais de lado e assim dar suporte a sua amiga.

Sua colega de elenco Ellen Pompeo levou certo tempo para me convencer como personagem, mas de fato Sandra Oh nunca desapontou como a robótica e fria Cristina Yang. Para aqueles que acompanham a série desde os primórdios, Yang e Bailey sempre foram às personagens mais interessantes e bem construídas da trama, nos rendendo momentos impactantes e inesquecíveis, alias quem conseguem esquecer Yang a tentar rasgar o vestido em seu fracassado casamento com Burke ou mesmo Bailey a ser arrastada debaixo da cama pelo louco atirador?

Neste episódio vemos um lado vulnerável e despedaçado de Yang, ou seja, desde que descobrira da traição de Hunt no anterior, escolhe se enfurnar no apartamento, questionando-o sobre cada detalhe sórdido ocorrido. Os flashbacks são colocados belissimamente em conjunto com a terrível discussão dos dois

Muitos dizem que o homem por maior que seja a dor da traição, gosta de saber detalhes, até físicos do outro, porém as mulheres também, apesar do sofrimento gerado, “gostam” de saber as características da outra. Depois de muito rodear, Owen acaba narrando como conhecera a Fulana, esta que nem se recorda o nome, explicando que estava acompanhando uma vítima que chegara ao hospital. Com a cabeça estourada devido à discussão com Yang, deixa-se levar pelos flertes da mulher no bar, o que resulta num angry drunk sex.

Numa cena desesperadora, Yang se debate na cama a chorar e é em momentos como este que vemos quão grandiosa é a atuação de Sandra, principalmente por que sua personagem esconde-se profundamente em sua personalidade distante e fria. Não podemos negar que de fato ela ama Hunt, mas como ele mesmo diz “Loving you hurts to much” e com este momento entre os dois, percebe-se que ambos podem não estar tão preparados, principalmente devido às limitações de cada um como indivíduo. Depois de muito perguntar “Why Why Why?”, Yang recebe a resposta que tanto queria, mas que acaba por destruí-la ainda mais: “I was hurt”, ou seja, novamente veem a tona o aborto e o fato dela não querer filhos e mesmo sem perceber, Hunt encontrou na traição uma forma de feri-la assim como ela fez no momento que decidiria interromper a gravidez.

Derek por conhecer de longa data a dinâmica das “Twisted Sisters”, questiona o estranho afastamento de Yang e Hunt, algo que nunca acontecera, principalmente com Yang, que é Control Job Freak. Meredith acaba contando ao marido que ficara sabendo da traição pelo próprio Cave Man, dando espaço a sua melhor amiga caso ela queira lhe contar a respeito, mesmo que esteja implícito que Meredith já saiba de tudo.

Mesmo incomodado com a intromissão de Sloan em todos os casos que ocorrem no hospital, Derek mostra sensibilidade estimulando sua mulher a ligar a person dela. Melhor amigo, alma gêmea ou como a série intitula, “my person” serve como aquela pessoa que estará ao seu lado no seu melhor, porém o verdadeiro teste se dá quando estas no seu pior. E foi assim que as “Twisted Sisters” consagraram a amizade, seja com a primeira “tequila shot” ou mesmo quando Meredith deu de presente a Cristina um cérebro dentro de um potinho com formol. Greyang é uma das amizades mais belas na tv atual e se Grey’s Anatomy não entrega a mesma performance de anos atrás, de fato as duas não decepcionam, principalmente juntas e mesmo quando não estão a dividir cena, causam mesma emoção e sinceridade.

“Cristina, eu sei que você não quer falar sobre aquilo. Mas estou aqui. Então, eu só quero ficar no telefone com você até que você queira desligar. Eu estou aqui. Estou aqui.”

O simples fato de saber que haverá alguém ali do outro lado do telefone disposto a ouvir somente sua respiração, quando as palavras por vezes faltam, traz a melhor das sensações. Sei bem o que é isto, pois tenho “my person”, que por sinal tenho o prazer de agora poder chamar de colega de equipe. Se precisou dos momentos finais para me emocionar, não poderia deixar de agradecer a Stefs Lima, minha pessoa, aquela que assim como as duas médicas se entendem, compreende e dividi o Bright & Dark Side, estando comigo em diversos momentos, mesmo que estes não sejam muito favoráveis as vezes, não é mesmo?

“Você é a minha pessoa […] Porque você é a única que me conhece. Escuramente, me conhece de verdade… Porque se me abandonar agora, não vou conseguir”

Mostrando que tem capacidade de ser centrada e determinada, Grey mais uma vez mostra seu lado bondoso e abnegado, propondo aulas preparatórias para ajudar seus amigos e colegas de profissão durante o grande exame final, como ela mesmo diz, agora eles irão aprender o “Grey Metod, pois nada custa passar aquilo que sabe a Karev, Avery e Kapner, sem contar com a presença surpresa de sua melhor amiga Yang, que resolve deixar o apartamento após a partida de Hunt, fiinalmente decidindo dedicar-se novamente a sua grande paixão: a medicina.

Artigo publicado por: Mary Barros

2 thoughts on “Grey’s Anatomy (8×19) – Support System

  1. Fiquei um pouco decepcionado com este episódio… Toda a maneira com que este fora editado deu a entender que algo grandioso estava prestes a acontecer com Owen e Cristina, e acabei ficando um pouco decepcionado quando apenas a separação dos dois é anunciada, esperava algo mais dramático…

    Já o resto do episódio conseguiu ser interessante e engraçado… Agora vamos esperar e ver o que o resto da temporada nos aguarda…

    Atts

  2. Pingback: Supernatural (7.20) – The Girl With the Dungeons and Dragons Tattoo « A Casa das Séries

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s