Touch (1×05) – Entanglement


Não gosto de assistir promos. Isto é um fato. Pois sempre que assisto algum acabo me decepcionando com o episódio, a cabo por criar expectativas onde não deveria haver e acabo por me tornar aquela pessoa insaciável, onde não é bom o suficiente ou que algo é apenas bom. E fora isso que aconteceu com este quinto episódio de Touch, cometi o erro de assistir o promo e acabei por criar expectativas que o episódio não conseguira cumprir. Não fora um episódio ruim, manteve o mesmo nível que a série vinha por apresentar, porém tudo aparentava que teríamos um episódio magnífico e isto não fora atendido. Concluindo, não posso ver uma promo senão fico ranzinza em relação ao episódio.

Esta semana Touch nos apresentou pequenos desenvolvimentos em sua trama principal e nos apresentou mais uma ligação procedual entre vários indivíduos distintos e distantes. O destaque do episódio é a forma com que Jake muda sua forma de comunicação, esta continua ter como base elementos numéricos, porém estes agora encontram-se mais escondidos e não tão esclarecidos. A parte procedual do episódio fora composta por diversas tramas simpáticas, algumas até merecem certo destaque, como o da garota de El Salvador e o do médico e a garota do trem, porém outras soam demasiadamente clichês e previsíveis.

Cada vez mais temos detalhes sobre o que aconteceu com Arthur, porém tenho de reclamar que já estamos no quinto episódio e ainda nada sabemos sobre o personagem, o mistério está por se prolongar demais e pode acabar por ficar desinteressante. Aliás, o desenvolvimento da serie em relação aos personagens principais está por ser demorado, mas se não entendi erroneamente, faz apenas uma semana desde o piloto, então podemos concluir que todos estes episódios se passarão com o prazo de uma semana, o que pode estar por explicar o desenvolvimento demorado da série. Mas ainda assim isto não é uma desculpa, já poderíamos estar bem mais avançados na trama principal do que estamos.

É interessante a forma como a relação de Jake e Martin se desenvolve, é possível ver um ínfimo progresso, porém não deixo de ficar com a sensação de que esta se encontra estagnada. Martin decidiu percorrer novamente as dicas dadas por Jake, porém isto fizera com que perdesse a audiência que havia sido marcada, uma audiência que é decisiva na decisão do estado de quem deve possuir a custódia de Jake. Posso até reclamar que esta está estagnada, mas ainda assim nos entrega momentos belíssimos como os últimos minutos do episódio.

Enfim, um episódio que foi interessante, pouco trouxe de novidade mas ainda assim fora interessante. Só que a promo prometia muito mais, e aí encontramos a minha decepção. Touch está por conseguir se manter interessante, mas se a série deseja crescer no conceito de seu público é preciso arriscar, a produção da série é competente o suficiente para nos trazer muito mais do que está a nos ser entregue. Arrisque Touch, arrisque e nos traga um pouco mais do que algumas revelações vazias e desenvolvimento praticamente nulo.

Artigo escrito por: Well Fernandes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s