Bloco Séries Animadas – Semana 23


South Park e Family Guy em lados opostos nessa semana.

Family Guy (10.18) – You Can’t Do That on Television, Peter

Family Guy me irritou nessa semana. Eu até entendo que as pessoas por trás da animação prefiram não dar nenhuma sequência aos episódios, começando cada um como se nada tivesse acontecido nos episódios anteriores, mas ir daí a ficar repetindo lições de moral que nunca vão dar em nada é muito chato. Mais uma vez, tivemos uma trama principal em que Peter ignora tudo e todos e se foca apenas nas suas vontades, levando a situação a um ponto extremo que o faz refletir sobre como deveria dar mais atenção a sua família. Essa poderia ser a sinopse de vários episódios de Family Guy e em todos eles Peter supostamente aprende alguma coisa, mas se no próximo episódio tudo já é esquecido e ele novamente age de maneira egoísta, para que se incomodar em fazer uma trama assim e para se incomodar em assistir? A storyline secundária também foi muito sem graça, com várias piadas sobre a aparência de Meg e um interesse dela pela medicina que, assim como a lição que Peter aprendeu no final, vai desaparecer no próximo episódio. Essa storyline de Meg me lembrou do segundo episódio dessa temporada, em que ela finalmente confronta toda a família sobre a maneira como eles a tratam, o que só me deixa mais triste por perceber o potencial que animação tem e que desperdiça tanto em episódios como este.

South Park (16.04) – Jewpacabra

Depois da profunda decepção que foi o episódio de Family Guy, nada melhor do que um excelente episódio de South Park para curar as amarguras. Foi um episódio com uma ótima história recheada de momentos hilários. A história centrou-se em Cartman (é impossível errar quando o centro é Cartman) e seu anti-semitismo. Tudo começa quando ele inventa a existência de “Jewpacabra”, um monstro que não gosta de Páscoa e de crianças cristãs, apenas para que ele possa caçar todos os ovos sozinhos. Mas a situação muda quando “experts” no Pé Grande são consultados e acabam convencendo Cartman da sua própria mentira.

O episódio é recheado de momentos hilários, como a abertura com o Kyle pegando cereal e vendo Cartman conversando com sua mãe ou a cena em que Kyle fala das pessoas estúpidas começarem a acreditar e corta para Butters na cama e quando ele diz que o Jewpacabra não poderia entrar no seu quarto e corta para Cartman em cima da cama dele. Até mesmo pequenos detalhes me fizeram rir nesse episódio, como o toque de celular do Kyle.

A cena do sonho de Cartman também foi engraçada e a animação dela foi excelente, uma das melhores que já vi em South Park. Como todo episódio da série, neste também abundam críticas, especialmente para a estupidez do “Finding Bigfoot”, refletida na constante fala de Kyle (“As pessoas que acreditam nisso estão mentindo ou são estúpidas”), e para o anti-semitismo de Cartman, sobrando até mesmo para o Deus vingativo e cruel retratado no sonho de Cartman.

Só achei estranho, muito estranho aliás, o final. Fiquei esperando um corte, uma piada ou qualquer coisa mostrando que Cartman estava brincando ou mentindo, mas não. O episódio realmente terminou com Cartman pedindo desculpas a Kyle e dizendo que se converteu ao judaísmo. Não é assim que South Park costuma terminar e talvez foi exatamente para subverter essa convenção interna da série que isso foi feito, mas ainda não sei o que pensar desse final. Será que vai haver continuidade nos próximos episódios ou isso foi um caso específico, algo semelhante a quando Kenny morria todo episódio para voltar à vida no próximo? Enfim, independente disso, foi uma episódio muito bom, e quando a série junta Cartman e críticas a baboseiras pseudocientíficas, eu fico feliz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s