Awake (1×04) – Kate Is Enough


Awake mais uma vez nos apresentou um episódio centrado em Rex e na relação entre Britten e ele. Rex briga com seu melhor amigo e, depois de alguma insistência de Britten, confessa que foi porque ele quebrou, sem saber, a raquete de tênis que sua mãe usava e que ele carregava na sua mochila. Essa parte do episódio é bem abordada e bem trabalhada, com mais uma ótima atuação de Dylan Minnette, mas esse não foi o terceiro episódio seguido em que começamos com um distanciamento entre Britten e Rex e então, no final, eles se aproximam, apenas para no próximo episódio voltarmos ao distanciamento de novo? Eu entendo perfeitamente que não é uma situação fácil para nenhum dos dois (especialmente para Rex, afinal ele não vê sua mãe em uma realidade paralela), mas eu sinto que não está havendo nenhum avanço nesse ponto e que as histórias estão basicamente se repetindo, embora ainda estejam muito interessantes.

A outra storyline do episódio teve como destaque Kate, uma ex-babá de Rex que acaba se envolvendo nos dois casos de Britten. Nas reviews anteriores, eu reclamei que alguns dos casos era ou completamente indiferentes ao resto do episódio ou uma total perda de tempo, mas essa semana eles foram muito bem trabalhados para complexificar a situação de Britten e, talvez, nos proporcionar um melhor entendimento dos mecanismos psicológicos envolvidos nela. A história de como a vida de Kate tomou direções completamente opostas após a morte de sua irmã pode ser entendida como uma metáfora para a maneira como Britten está lidando com os resultados do acidente, especialmente porque ela foi, assim como Britten, em parte responsável pelo acidente com sua irmã. Além disso, a cena em que ela conta a Britten, na realidade em que tudo deu certo, o que a fez continuar com sua vida foi uma das melhores do episódio.

Falando dos casos, Vega está rapidamente caminhando de um personagem inútil para um muito irritante. Por que ele fica reclamando o tempo todo querendo fechar os casos o mais rápido possível se ele sabe que Britten é muito melhor que ele e consegue sempre (ou quase, lembrando o caso do mendigo) fechar o casos da maneira certa? Será que ele faz isso para irritar Britten, a mando da sua chefe? Se for isso, não parece estar surtindo efeito.

Por fim, os psicólogos estão se tornando cada vez mais interessantes. Enquanto o Dr. Lee parece mais preocupado em fazer Britten perceber que sua realidade é a verdadeira e que desista da outra realidade, a Dr. Evans parece mais interessada em descobrir o por que de Britten viver em duas realidade e os efeitos que essa situação estranha produzem em Britten. Não sei se as duas abordagens são justificáveis do ponto de vista médico, mas a da Dr. Evans me parece mais sensata, enquanto que o Dr. Lee parece muito mais com o Vega: louco para fechar um caso.

Enfim, mais um ótimo episódio de Awake e novamente não tivemos menção da tal da conspiração. Melhor assim, na minha opinião. E espero que a história saia um pouco de Rex no próximo episódio, pois também quero conhecer Hannah mais a fundo.

One thought on “Awake (1×04) – Kate Is Enough

  1. Awake continua por se mostrar uma excelente série enão há como não se surpreender com a maneira com que o roteiro lida com as duas realidades, se é assim que podemos chamar…

    Apesar de achar este um pouco mais fraco que seus antecessores, Kate is Enough também fora capaz de nos emocionar e nos deixar atento a cada segundo na telinha.

    Enfim, um grande episódio… Pena que a audiência americana não está por saber reconhecer…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s