Hart of Dixie (1×15) – Snowflakes & Soulmates


Hart of Dixie precisa urgentemente de uma revolução, os argumentistas precisam perceber que é na parte humorística que tem de apostar, um dos pontos fortes da série e da própria Zoe, que por sinal tem andado desleixada no que diz respeito à comédia. Outro dos aspectos que a série tem de melhorar é no desenvolvimento das personagens e da história em si, se no inicio bastava alguns lamirés do passado e das ânsias de cada personagem, nesta altura da série já se exige desenvolvimentos e histórias concisas, deixem de introduzir novas personagens e desenvolvam realmente as histórias das personagens principais. Neste momento a sensação que tenho é que a série está sem rumo, tão depressa dá um passo em frente como a seguir anda dois para trás, o romance de Didi e Lavon é exemplo disso mesmo, se num episódio parece estar tudo bem no seguinte estão a romper. Só digo isto decidam-se argumentistas, coloquem uma história coerente e sigam-na sem medo.

Como já devem calcular fiquei um pouco desiludida com o episódio, a introdução dos pais de Lavon só serviu de pretexto para o rompimento de namoro entre Didi e Lavon, que mais uma vez deixa as suas indecisões e a paixão por Lemon falar mais alto. Toda a história da separação e reconciliação dos pais foi dispensável, serviu para ocupar tempo, à falta de melhor argumento. Quanto a Zoe também resolve entrar no espírito familiar e tentar contactar com o seu pai, mas as coisas acabam por não correr como esperado. O casalinho Lemon/George acaba por ter grande protagonismo neste episódio, uma vez que resolve fugir para casar, pois bem mas como seria de esperar, toda a viagem e todos os minutos apenas serviram para George perceber que afinal quer um casamento com direito a tudo, ou seja voltamos à estaca zero. Seria estranho os argumentista perderam uma festa desta dimensão. Resumindo nada de importante aconteceu no episódio, se não o viram pode passar para o seguinte com a esperança que seja bem melhor. Apenas uma nota, não estranhem se virem o Lavon sem a Didi.

Melhor: Difícil escolher, mas talvez Brick e Didi, que ainda me conseguiram divertir.

Pior: Falta de desenvolvimentos, o avança e recuo constante na série, falta de comédia.

Artigo originalmente publicado em Portal de Séries.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s