90210 (4×15) Trust, Truth and Traffic


OMG! Será que bati minha cabeça ao acordar ou será que tenho que ir para o Seattle Grace urgentemente e ter uma consulta privada com Shepard? Ou será que pela primeira vez nesta temporada 90210 fora capaz de nos apresentar uma boa seqüência de episódio? Trust, Truth and Traffic segue a linha deixada pelo seu antecessor e consegue novamente convencer o telespectador que ainda vale a pena continuar por assistir a série.

O episódio fora focado em três grandes tramas principais e duas pequenas tramas paralelas, foram tramas diversificadas que alternaram entre o cômico e o dramalhão mexicano que a série é especialistaem produzir. Entreas tramas apresentadas destaco a resolução para o pequeno ato de vandalismo feito por Austin e Dixon e critico severamente a dispensável traminha de Ivy.

E é pela dispensável traminha de Ivy que irei começar os meus comentários. Em um episódio onde a todas as tramas, exceto essa, tinham um função interessante para o desenvolvimento da série, Ivy nos apresenta algo falso e uma trama basicamente entediante e chata. Já Naomi, além de fazer figuração na trama de Liam, teve seu próprio destaque e mostra o quão perdida esta se encontra na faculdade e precisa convencer um monitor da classe de Física que é capaz de ser aprovada na matéria. Gostei mais do fato de que esta exige de si mesma uma aprovação e que não recorrera para as maneiras ainda mais fáceis de conseguir tal aprovação.

Agora falar das tramas grandes que o episódio tivera, vamos começar com a mais fraca, depois enrolar um pouco com a mais açucarada e finalizar com o que de melhor o episódio pode nos oferecer. E começo por falar da dupla aventura, ou seja, Liam e Vanessa. Ainda não estou por entender o que a garota pretende ao levantar o bar e a moral de Liam, sei que há algo por trás de todas as atitudes mas ainda assim não estou por conseguir enxergar suas intenções e realmente espero que a série seja capaz de surpreender-me nesse quesito.

Já o triângulo envolvendo Navid, Adrianna e Silver chegam a uma previsível conclusão. É uma pena que Adrianna tenha afugentado Greg da vida de Silver, este é bem mais agradável do que o cara pálida do Navid, porém ao menos temos a amizade de Ade com Silver a retornar e ainda estou por decidir se isto é algo bom ou ruim.

Já gostei bastante da resolução que se deu para a trama de Dixon e Austin. Todos nós já sabíamos que estes não seriam os responsáveis pelo incêndio que destruiu a mansão das Kappas, porém nunca imaginei que Bree havia sido a responsável por tal ato, principalmente que esta iria armar para culpar Dixon. Mas gostei mesmo do fato de que Austin protegeu Annie de revelar ao seu irmão, e a policia, sobre o sistema de acompanhantes, ou prostituição na língua mundana, em que esta estava por trabalhar. Mas o melhor fora o fato de que teremos umas férias da chatice de Austin, ao menos assim espero, uma vez que este fora preso. Outro ponto que tenho de comentar é o fato que mesmo protagonizando a melhor trama do episódio, não consigo gostar de Dixon, o personagem me irrita apenas por existir e quando este começa a abrir a sua boca e a fazer suas criancices me sinto ainda mais irritado.

Como disse no primeiro parágrafo fora novamente um bom episódio, soube dar continuidade as tramas e soube até conduzi-las bem. Apenas espero que esse ritmo tenha a decência de se aprimorar e que não voltemos a acompanhar episódios falhos que nem a maioria dos que foram apresentado nesta temporada.

Artigo originalmente publicado no Portal de Séries.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s