Alcatraz (1×04) – Cal Sweeney


Mais uma vez, sem surpresa alguma, tivemos um episódio fortemente procedural, com o final focado na mitologia da série. Ao contrário do último episódio, no entanto, a história do prisioneiro da semana no passado não foi muito interessante, embora a cena do aniversário e a revelação de foi seu amigo que roubou sua caixa foram interessantes. As cenas do presente foram bem construídas, especialmente Madsen tendo que “resgatar” Cal de dentro do banco para que a polícia não o prendesse.

O episódio foi bom, mas não estou gostando de algumas coisas. Eu esperava que, no quarto episódio, Madsen já seria uma personagem com um desenvolvimento melhor, mas isso vem sendo ignorado pelo roteiro, além de fazê-la ter atitudes que não condizem com sua personalidade apresentada nos episódios anteriores: como assim ela deixa Hauser simplesmente sair com um “some other time”?; e por que ela não parece muito interessada em buscar seu avô, que ela sabe que está na cidade e que matou seu parceiro? Além disso, Hauser discutindo com a polícia pode significar duas coisas: os roteiristas esqueceram que ele deveria ser o “badass” e, assim como com Madsen, não levam a sério o desenvolvimento de seu personagem, ou ele não tem tanta autoridade como parecia ter. Foi bom, no entanto, ver que as ações do prisioneiro não foram completamente desligadas do arco principal, como no episódio anterior. Enfim, o episódio não foi excepcional, mas foi bom, e eu sei que tendo como foco o procedural, não se poderia esperar muito desenvolvimento de personagens, mas é estranho quando os prisioneiros da semana são mais tridimensionais do que os personagens principais.

O quê? Como? Onde?

Então, sobre os mistérios, tivemos alguns avanços interessantes.

* Primeiro, a sala com os cientistas. Ela poderia ter sido introduzida melhor né? Hauser simplesmente entra na sala, sem nenhuma cerimômia, como se já soubéssemos daquilo. Enfim, a questão das chaves é bem interessante e apresenta evidências contraditórias.

* Parece que o principal mistério será se eles viajaram no tempo ou não. Nesse episódio tivemos evidências em ambos os lados: enquanto novamente não vemos o prisioneiro “acordar” (parece que isso realmente vai ficar apenas com Sylvane) e nem mesmo sentir algum problema com tecnologias do presente, o que sugere que eles nunca viajaram no tempo ou pelo menos que voltaram há bastante tempo, também temos a questão das chaves, que foram cortadas a laser, mas existiam em Alcatraz, o que pode indicar viagens no tempo para o passado assim como para o futuro.

* Particularmente, continuo a acreditar que eles não viajaram no tempo, mas que não envelheceram por outro motivo. Talvez clonagem, talvez alguma tecnologia anti-envelhecimento, talvez criogenia… mas sei que se o sangue que tiram do avô de Madsen tem algo a ver com esse mistério, certamente não é preciso sangue para se produzir uma tecnologia de viagem no tempo. É interessante lembrar também que os prisioneiros, aparentemente, sumiram do nada, o que poderia indicar viagem no tempo, mas também pode ser uma bem coordenada retirada deles por aqueles que estão no comando da conspiração.

* Que besteira foi aquela cena do colar? Foi até bem feita, mas de que serviu para a trama? Será que isso se encaixa no arco maior da série? Dúvido, acho que foi só algo que os roteiristas incluíram para deixar o prisioneiro mais “creepy”, mas que saiu muito errado.

* O que tem atrás daquela porta que deixou Cal assustado? Tenho certeza que é a resposta para o não-envelhecimento dos personagens, seja clones, criogenia ou viagem no tempo.

Artigo originalmente escrito por Vinicius Vinera e publicado no Portal de Séries.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s