Shameless (2×03) – I’ll Light a Candle For You Everyday


Já estava por ficar amedrontado, os dois episódios inicias desta segunda temporada de Shameless foram bons mas não conseguiram passar-me os mesmos sentimentos que senti ao acompanhar a série no ano passado. O meu maior medo em relação a esta temporada era a demasiada expectativa que estava por vir a sentir, a série estava entre as que mais ansiava o retorno e estava a espera de algo ainda mais fantástico do que fora encontrado no ano passado. Como disse anteriormente, os episódios não foram ruins, eles apenas não passaram aquele misto de sentimentos que era comum encontrar nos episódios da primeira temporada. Porém agora sinto que esse medo se fora, I’ll Light a Candle For You Every Day traz de volta esse misto de sentimentos e fez me sentir maravilhado com o que presenciei.

I’ll Light a Candle For You Every Day manteve o ritmo cômico dos episódios anteriores porém decidira partir para um ritmo mais dark, apresentado um composto drama para completar as histórias que antes iniciaram-se descontraídas. Adoro a forma com que a série explora os seus dramas, Shameless possui uma forma peculiar de trabalhar com suas histórias, uma forma única de trabalhar os seus dramas.

Começarei por comentar a principal trama do episódio, a trama envolvendo Frank e Dottie. Iniciamos com Frank a continuar seu plano em busca de conseguir ser o herdeiro da pensão que Dottie receberá e ele está disposto a fazer qualquer coisa para conseguir alcançar o seu objetivo. O drama do episódio começa a se desenvolver quando Frank rouba o anel de Jody e pede a mão de Dottie em casamento, nunca esperei ouvir um discurso tão lindo provindo de Frank, realmente me comovei e até consegui acreditar nas intenções do personagem. Mas suas intenções são completamente despedaçadas segundos após tal ato, Frank fora capaz de fingir não ter ouvido o bipe médico de Dottie tocar e até ligou para hospital dizendo que a mesma já havia falecido.

O drama maior fora quando Dottie pede para Frank lhe matar ao fazer sexo, claro que havia dinheiro envolvido. Dottie morre e por alguns momentos realmente podemos acreditar que isto fora algo que conseguiu influenciar a personalidade do personagem, por alguns momentos podemos mesmo acreditar que existia algo entre este e Dottie além de interesse. Mas Frank é um personagem único e suas reações não seriam únicas a tal perca, ele consegue expressar seus sentimentos de dor porém não deixa de se aproveitar das situações alheias para proveito próprio.

Quem também teve problemas com a morte fora Debbie, após esta visualizar a morte do namorado da Aunt Ginger, esta fica fixada com as promessas de morte e a começa a enxergar em todos os lugares. São storylines como este que mostram o quão infantil a menina ainda tende a ser, por mais que esta possua algumas responsabilidades, e por vezes uma mentalidade, avançada para outras meninas de sua idade, o roteiro sempre nos força a lembrar de que esta é apenas uma garota e que ainda possuem pequenas duvidas e desconhece muitos dos fatores que compõe a vida.

Outra história que possui um ritmo cômico e depois se torna um pouco dramática é a trama de Fiona. Não vou comentar toda a história da bolsa pois acredito que esta tenha sido apenas para completar o episódio, mas irei comentar toda a sua relação com seu antigo paquera da escola, Craig. Na verdade nem chega a ser isso que irei comentar e sim a busca que a personagem estar por travar na tentativa de tirar Steve de sua cabeça. Está obvio desde o inicio da temporada que esta procura em outros homens o que encontrava em Steve ou apenas procurar ficar com outros homens na tentativa de superá-lo. A cena final onde está entra em contato com Steve apenas dá a certeza que esta ainda não o esquecera e que todos esses rolinhos amorosos foram apenas tentativas frustradas de esquecê-lo.

E acredito que Steve esteja por passar pela mesma coisa, sabemos que este era quem estava mais envolvido no relacionamento, sempre a demonstrar os seus sentimentos sem medo de se decepcionar. A cena que mostra este ao atender seu telefone de Fiona se relacionando com outra mulher apenas fortalece a minha teoria de que este está por sofrer do mesmo mal que Fiona e acredito que esta ligação tenha sido apenas o inicio, acredito agora que logo teremos Steve retornando para perto de Fiona.

Outra trama que teve seu inicio neste episódio e promete explodir durante os próximos é o possível casamento de Karen com Jody. Imagino qual será a reação de Lip ao saber que tal acontecimento está prestes a acontecer, será que finalmente este irá admitir para si mesmo e para os outros que seus sentimentos por Karen estão além de uma simples amizade? Também estou por me perguntar qual a intenção do roteiro em mostrar este sempre na faculdade, principalmente quando este se envolve em um projeto militar para ajudar Ian a passar na escola do exército.

Outra trama que se mostra no episódio e a de Kev, este está com vontade de comprar o Alibi Room e isso traz alguns conflitos em sua relação com Veronica. Gosto da relação destes dois personagens e, principalmente, gosto de Ethel então desejo alguma sorte para Kev em seu novo empreendimento e espero que isso seja responsável por alguns grandes momentos no futuro.

E assim finalizamos o melhor dos três episódios exibidos nesta segunda temporada até o momento. Como disse anteriormente, este fora capaz de nos trazer aquele misto incrível de sentimentos e nos fez rever a razão pela qual somos completamente apaixonados por esta série.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s