House (8×04) – Risky Business


Mesmo com o passar de uma semana referente ao ultimo episódio inédito de House ainda me sinto decepcionado com a série. Li diversas criticas boas referentes a despedida de Thirteen porém eu não pude aceitar que uma das personagens mais promissoras da séries dissesse adeus da maneira que disse, porém não vou perder mais o meu tempo em discutir isso, vou acatar a decisão dos roteiristas e seguir em frente, na esperança de que em algum momento essa temporada, e a série em si, volte a me agradar. Risky Business continua por apresentar a mesma dinâmica já conferida nos episódios anteriores dessa mesma temporada, a relação House/Adams/Park, as tentativas do médico em restaurar a sua equipe e sua sala e um desinteressante caso semanal para tentar dar uma agitada nas coisas, ou seja, a promessa de renovação ou mudanças que a série pretendia passar nessa oitava temporada está bem deslocada, quase imperceptível.

Única sensação de mudança que a série passa ao seu telespectador é a relação de House com suas novas funcionárias. Não posso dizer que é bem uma sensação de mudança, acredito que seja mais uma sensação de novidade, personagens novos que ainda não foram explorados pela série e que ainda possuem histórias a contar. Dentre as personagens novas destaco Adams, ela tem uma personalidade mais agradável e delicada, tornando-se alvo fácil das manipulações de House e uma bela descontração em relação às atrocidades que acontecem durante o episódio, porém relevo que sua personalidade não é algo inteiramente novo para a série, pois sinto que a personagem é uma mistura de Cameron com Masters, o que pode prejudicar o desenvolvimento da mesma.

Já Park me interessou no inicio porém agora o jeitinho bizarro da personagem está por me irritar. Sinto que a personagem fora feito precisamente para ser irritante e está a conseguir esse efeito, acredito que a personagem fora feita na tentativa de criar um desafio a House, uma personagem em sua equipe que não possui medo de descumprir suas ordens e que não possui medo de lhe desafiar, porém pouco está a ser mostrado nesse assunto. O mais interessante é ver que House já sabe manipulá-las e conseguir tirar proveito disso porém o médico está por se afeiçoar com as novas integrantes de sua equipe e apenas as ajuda nesse episódio.

O caso médico novamente não fora algo que conseguiu prender minha atenção. A história do homem que quer mudar sua companhia para a China e destruir milhares de empregos no EUA não fora atrativa e nem interessante, assim com a sua doença em geral. Sinto que House não está a saber mais como inovar em seus casos médicos, isso é mais um sinal do desgaste que a série sofre e das necessidades de mudanças que está precisa passar para manter-se no ar. Sinto falta das interessantes relações que o House Team tinha com seus pacientes e até mesmo quando House se relacionava com eles, porém isso parece que ocorrera a séculos atrás.

Após tentar manipular e extrair do paciente o dinheiro para restabelecer seu consultório, House investe alto e mesmo assim consegue o dinheiro para recontratar Chase e Taub e conseguir todo o seu escritório de volta. Apesar de sentir quer há necessidade do retorno de caras antigas para ajudar no desenvolvimento das novas personagens, sinto que pouco há o que aproveitar dos mesmos, Chase quase nunca fora explorado de uma maneira convincente pelo roteiro e Taub sempre fica a apresentar tramas mexicanas e entediantes, principalmente agora que este terá dois filhos, um de cada mãe, para sustentar.

Já nos próximos episódios teremos House a voltar ainda mais em sua rotina, espero que a interação dos antigos membros da House Team e as novas integrantes seja gratificante, assim como está sendo a relação de House com as mesmas. Porém os roteiristas não podem apostar no sucesso de uma temporada inteira apenas na inserção de novos personagens, pois novidades tendem a acabar e se tornarem passado, é necessário algo mais para satisfazer o telespectador em seu oitavo ano, é necessário um pouco mais de coragem.

Artigo escrito originalmente no Portal de Séries.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s